CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Títulos de capitalização podem ser considerados investimentos?

Títulos de capitalização podem ser considerados investimentos?

O tema de educação financeira tem sido bastante difundido nos últimos anos no Brasil e assuntos como uso correto do cartão, melhores modalidades de empréstimos e investimentos se tornaram cada vez mais acessíveis da população em geral. No entanto, algumas dúvidas ainda são muito comuns em relação ao mercado financeiro e uma das que se destacam é: títulos de capitalização são bons investimentos?

De maneira simplificada, o título de capitalização pode ser considerado uma “economia programada” em que todos os meses, a instituição bancária retira, de forma previamente autorizada, uma quantia da conta corrente do titular e compra este título. Durante o período de vigência, o titular da conta concorre a sorteios de prêmios e, quando o prazo terminar, é possível ter de volta todo o dinheiro que aplicou.

A venda de títulos de capitalização são muito comuns entre bancos, e é regularizada pela Susep (Superintendência de Seguros Privados, ligada ao Ministério da Fazenda). Mas, será que este “tipo de economia” é realmente um bom investimento? Confira:

Rendimento. Muitos brasileiros chegam a acreditar que o título de capitalização possui o mesmo rendimento que a poupança. Atualmente, a poupança tem rendido 0,11% ou 0,12% ao mês, isto é, 1,40% ao ano, segundo dados do Banco Central (BC). No entanto, isso não é verdade.

Ao comprar um título, o dinheiro é dividido em três partes: cota de sorteio, onde parte do dinheiro é destinado a custear os prêmios; cota de carregamento, onde parte do dinheiro paga a taxa do banco e cota de capitalização, em que somente a terceira parte sofre alguma rentabilidade. Portanto, muitas vezes, o título de capitalização não rende nada. 

Liquidez. O termo liquidez refere-se à velocidade e facilidade com a qual um valor pode ser devolvido ao investidor. No caso do título de capitalização, a maioria dos bancos exige que o dinheiro fique preso por, no mínimo, um ano. Contudo, mesmo após esse prazo, o resgate antecipado resulta em multas de desconto no valor integral. 

Portanto, se você procura por uma boa liquidez em seus investimentos, os famosos títulos de capitalização não têm nenhuma, sob risco de perder dinheiro. 

Melhores investimentos. É fácil identificar que os títulos de capitalização não são bons investimentos quando fazemos um comparativo desta modalidade com outras opções, como CDBs, LCIs, LCAs, Tesouro Direto e outros. Além disso, essas opções oferecem muito mais segurança, pois são cobertas pelo governo nacional ou pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC). 

Portanto, se está pensando em fazer um bom investimento, fuja dos títulos de capitalização. Mas se você já tem uma aplicação nesta modalidade, é possível bloquear a cobrança no app do seu banco e aguardar a data do resgate. 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Carolina GlogovchanBoas respostas

Jornalista por formação e profissional atuante em conteúdos para link building, redação comercial, institucional, releases e matérias jornalísticas, além de revisão. Domínio de técnicas SEO para posicionamento de termos e curiosa sobre diferentes assuntos.