CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Enviar mensagem

Adicionar pergunta

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Compre do Pequeno: Sebrae lança campanha para o fortalecer a economia

O Sebrae Nacional lançou este mês o Movimento Compre do Pequeno Negócio, iniciativa que estimula a sociedade a consumir produtos e serviços fornecidos por micro e pequenas empresas (MPE). O objetivo principal é usar a força dos pequenos negócios para fortalecer a economia. O Brasil possui mais de 10 milhões de MPE, o que representa mais de 95% do total dos empreendimentos brasileiros. A ação estabeleceu como data oficial o dia 5 de outubro, dia em que foi instituído o Estatuto da Micro e Pequena Empresa. Também conta com um hotsite, no qual os empreendedores podem cadastrar suas empresas e os consumidores conseguem pesquisar produtos vendidos e serviços prestados perto de ...

Ler mais ou responder
O segredo das marcenarias italianas

Quem atua no setor moveleiro provavelmente sabe que a Itália é o país líder mundial na fabricação e exportação de móveis. As grandes indústrias moveleiras italianas iniciaram suas atividades como marcenarias e fabricam produtos com forte identidade, baseada na inovação estética e na experimentação de novos materiais. Com o avanço tecnológico dos últimos 50 anos, a indústria italiana de móveis seriados tornou-se ainda mais competitiva e, devido à valorização dos produtos com aspecto artesanal, consegue produzir peças como se fossem realizadas na marcenaria. Relatório elaborado para o Sistema de Inteligência Setorial (SIS), do Sebrae/SC, tem como objetivo analisar o modelo de atuação dessas empresas e indicar práticas aplicáveis nos pequenos negócios de marcenaria, aqui ...

Ler mais ou responder

Os pequenos negócios respondem por mais de um quarto do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Juntas, as cerca de 9 milhões de micro e pequenas empresas no País representam 27% do PIB, um resultado que vem crescendo nos últimos anos. Os dados inéditos são revelados pelo presidente do Sebrae, Luiz Barretto. “O empreendedorismo vem crescendo muito no Brasil nos últimos anos e é fundamental que cresça não apenas a quantidade de empresas, mas a participação delas na economia”, afirma Barretto. Em 1985, o IBGE calculou em 21% a participação dos pequenos negócios no PIB brasileiro. Como não havia uma atualização desse indicador desde então, o Sebrae contratou a Fundação Getúlio Vargas para avaliar ...

Ler mais ou responder
Encontro em MG reunirá redes de centrais de negócios

Estão abertas as inscrições para o 5º Encontro Nacional de Redes das Centrais de Negócios. O evento reunirá empresários de diversos segmentos de todo o Brasil nos dias 10 e 11 de setembro em Belo Horizonte (MG). A iniciativa contribuirá para o fortalecimento da parceria entre as Centrais de Negócios e Redes, viabilizando negócios por meio de atividades que incentivam a troca de experiências, o conhecimento e as alianças estratégicas. Trata-se de uma grande oportunidade de realizar negócios entre os segmentos e fornecedores. Por meio da discussão de ideias, que proporcionam ampliação de mercado do seu negócio e as práticas empreendedoras, podem incentivar o desenvolvimento dos pequenos ...

Ler mais ou responder
Governo: o maior cliente

Empresas menores estão conquistando um grande cliente com dinheiro no bolso e apetite para compras. Em 2013, a participação dos micro e pequenos empreendimentos nas listas de compras do governo federal engordou 33%, em comparação a 2012, conforme dados do Ministério do Planejamento. Dos R$ 68,4 bilhões gastos pela União no ano passado, R$ 20,5 bilhões foram para os pequenos empresários, valor que corresponde a 30% de todas as aquisições de bens e serviços. Estima-se que essa fatia chegue a 50%, até 2017, com a criação de novas legislações de incentivo ao setor. Para 2014 e 2015, especialistas apostam em um crescimento no volume de contratos em áreas como construção civil, tecnologia, ...

Ler mais ou responder
Ainda há tempo de aproveitar as oportunidades da Copa

A menos de 10 dias para a Copa do Mundo da FIFA 2014 é importante compreender quais as expectativas para os pequenos negócios, e como eles podem aproveitar o potencial de consumo que será gerado com o evento para os próximos anos. Esse resultado se deve ao aumento da visibilidade do país, já que milhares de espectadores acompanharão os jogos pela internet, revistas, jornais e televisão. Projeções do Ministério do Turismo indicam que por volta de 6,2 milhões de pessoas circularão pelo país durante o torneio. Desde o anúncio da escolha do Brasil como sede do Mundial, há muitas expectativas quanto aos resultados do evento para a sociedade e para as empresas ...

Ler mais ou responder

Cerca de 2,5 mil propriedades rurais da Coopercentral Aurora Alimentos e mais de 400 micros e pequenas empresas urbanas fornecedoras de insumos à cooperativa vão participar do Programa Nacional de Encadeamento Produtivo do Sebrae. Convênio assinado entre as duas instituições é o primeiro do Agronegócio no país e a ter uma cooperativa como empresa-âncora, requisito básico para esse tipo de parceria com o Sebrae. Os investimentos são da ordem de R$ 11,7 milhões no período de quatro anos, custeados pelo Sebrae (70%), Aurora (25%) e parceiros (5%). As ações do Encadeamento Produtivo aperfeiçoarão as cadeias produtivas de suínos, aves e leite da Aurora. O convênio foi assinado pelo diretor-técnico do Sebrae, Carlos Alberto ...

Ler mais ou responder

Boletim elaborado pelo projeto Sebrae 2014 destaca a dificuldade enfrentada por artistas para terem seus projetos viabilizados. O patrocínio de empresas privadas e a procura em editais públicos segmentados são algumas das alternativas buscadas pelos artistas atualmente. Mas com a ascensão e forte influência das mídias sociais e da internet a busca pelo financiamento coletivo torna-se mais uma oportunidade. No processo de captação de recursos via financiamento coletivo é possível estabelecer uma aproximação com o público desde o planejamento do negócio, já que este depende dele para ser executado. O perfil colaborativo do processo remete à famosa “vaquinha”, em que cada um colabora com uma parcela, para que o montante final seja alcançado. É o engajamento das pessoas ...

Ler mais ou responder

Os empreendedores e pequenas empresas da indústria do turismo ganharam um canal exclusivo para relacionamento com o Banco do Brasil, instituição que irrigou o setor com financiamentos da ordem de R$ 4,28 bilhões no ano passado. Trata-se de uma nova área no site Empreendedor (bb.com.br/empreendedor), lançada nesta semana, com informações direcionadas a micro e pequenos empreendimentos. O espaço traz informações sobre produtos, serviços oferecidos e soluções oferecidas pelo banco ao microempreendedor e pequenas empresas. Entre elas, operações de recebimentos, pagamento de salários, aplicações, cartões, seguro e previdência e crédito. Em destaque, a linha FAT Turismo Investimento, reforçada este ano com R$ 260 milhões do Fundo de ...

Ler mais ou responder
Pequenos negócios podem adotar práticas de gestão sustentáveis

Os negócios sustentáveis levam em conta, na tomada de decisão, os aspectos econômicos, sociais e ambientais para geração de produtos e serviços e consolidação de marcas. Significa dizer que consideram, diariamente, medidas baseadas no chamado tripé da sustentabilidade. Abaixo, você confere algumas medidas para incluir práticas de gestão com foco no tripé da sustentabilidade: Trabalhe com desconto para pessoas que participam de projetos sustentáveis; Ofereça uma promoção em que, na compra de uma ecobag, o consumidor ganhe desconto no preço de determinado produto; Crie um cartão de fidelidade sustentável. A cada dez compras realizadas com uma ecobag, o cliente recebe abatimento nos preços dos produtos; Desenvolva um programa de pontos que atrele atitudes sustentáveis a benefícios ...

Ler mais ou responder