CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

MERCADO DE ORGÂNICOS NO MUNDO DA BELEZA: UMA OPORTUNIDADE PARA AS MPE

No mercado da beleza, a preocupação com o impacto causado pelos produtos escolhidos para tratamentos estéticos é reflexo do novo comportamento do consumidor, que está mais preocupado com o meio ambiente. Na indústria cosmética, essa preocupação pode ser refletida em um mercado crescente de produtos orgânicos, veganos e naturais.

Ler mais ou responder
Pesquisa Financiamentos de Pequenos Negócios 2015 revela preferência e dificuldades dos empresários

2.980 empresários foram entrevistados sobre as suas opções preferidas de aplicação, crédito e seguros. Como empresários usam os principais produtos bancários? Essa pergunta motivou pesquisa com 2.980 donos de pequenos negócios. Eles foram questionados a respeito das suas opções de crédito, aplicações e seguros, bem como sobre os canais de atendimento mais usados. Entre os resultados, destaca-se o fato de que 19% dos entrevistados nunca abriram uma conta corrente, enquanto 55% deles já usaram o cheque especial. Ainda de acordo com a pesquisa, esses empresários preferem se relacionar com o banco por canais de autoatendimento. ...

Ler mais ou responder

Os pequenos negócios respondem por mais de um quarto do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Juntas, as cerca de 9 milhões de micro e pequenas empresas no País representam 27% do PIB, um resultado que vem crescendo nos últimos anos. Os dados inéditos são revelados pelo presidente do Sebrae, Luiz Barretto. “O empreendedorismo vem crescendo muito no Brasil nos últimos anos e é fundamental que cresça não apenas a quantidade de empresas, mas a participação delas na economia”, afirma Barretto. Em 1985, o IBGE calculou em 21% a participação dos pequenos negócios no PIB brasileiro. Como não havia uma atualização desse indicador desde então, o Sebrae contratou a Fundação Getúlio Vargas para avaliar ...

Ler mais ou responder

Segundo o último estudo divulgado pela Fundação Centro de Estudos do Comércio Exterior – FUNCEX, que trata do tema à epígrafe, o número de microempresas (ME) exportadoras, em 2012, foi de 4.725 e o de empresas de pequeno porte (EPP), de 6.110, totalizando 10.835 empresas. Juntas, exportaram o equivalente a US$ 2,1 bilhões, com as ME respondendo por US$ 167,6 milhões e as EPP, por US$ 1,93 bilhão. O valor médio exportado no ano por cada ME foi de US$ 35,5 mil e por cada EPP, de US$ 316,4 mil, o que resultou em um valor médio anual de US$ 193,9 mil para cada um dos pequenos negócios. Comparando-se com o ano anterior, houve retração de 6,4% no número de MPE exportadoras, com as ME registrando taxas mais negativas ...

Ler mais ou responder

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, apresentou hoje a evolução do crédito no país. De acordo com ele, o mercado de capitais evoluiu muito nos últimos anos e a bolsa de valores brasileira está entre as dez maiores do mundo em volume de recursos e investimento. Durante a reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), o ministro disse ainda que a composição do crédito direcionado pelos bancos públicos, que vai para a agricultura e a indústria, por exemplo, tem volume forte para manter a economia em níveis aceitáveis, principalmente em momentos de crise. “Estamos com uma taxa de juros reais, que era mais alta no passado, ...

Ler mais ou responder

A votação do Projeto de Lei Complementar 221/12, que estava prevista para acontecer ontem (29) na Câmara dos Deputados, foi adiada para a semana que vem. O texto muda o Estatuto da Micro e Pequena Empresa (conhecido como Lei do Supersimples - Lei Complementar 123/06). O adiamento foi solicitado pelas lideranças dos partidos políticos após terem sido realizadas mudanças na última versão. A proposta é enquadrar mais empresas no regime simplificado de recolhimento de impostos e com isso tornar mais justa a competição entre pequenas e grandes empresas. Segundo o Sebrae, o projeto pode reduzir em até 40% a carga tributária de mais de 400 mil pequenas empresas que fatura até R$ 3,6 ...

Ler mais ou responder

Trabalhar o marketing da sua empresa através de uma eficiente gestão em comunicação é possível. Ter uma comunicação visual agradável e vendável, se destacar entre os concorrentes, fidelizar clientes e atrair novos públicos são somente algumas das vantagens que uma micro e pequena empresa pode possuir se o empresário voltar os olhos para estas áreas. As micro e pequenas representam 98% das empresas brasileiras. Porém, muitas quebram antes mesmo de completar um ano. O fato é que entre os principais fatores estão a falta de planejamento, gestão empresarial, marketing e comunicação. De acordo com o artigo “Onde estão as micro e pequenas empresas no Brasil”, realizado ...

Ler mais ou responder

Já se sabe da importância do marketing e de boas estratégias de comunicação para as MPE. Além desta importância, o empreendedor pode dizer que fazer ações bem planejadas de comunicação permitindo o desenvolvimento de sua empresa é absolutamente possível, confira o post Mkt e Comunicação para MPE: o mito da impossibilidade. Confirmando que é possível desenvolver ações eficazes para uma micro e pequena empresa, Lucas Sales mostra um case de sucesso que a 9ideia desenvolveu para a Dental Gold, empresa paraibana de planos odontológicos. Case de Sucesso - “Em 2003, nos pediram para que fizéssemos uma campanha institucional, que, ao mesmo ...

Ler mais ou responder

Cristiani Dias Consumidor Moderno Pesquisa realizada pelo Instituto Fractal de Análises de Mercado aponta que o número de bancos utilizados por pequenas e médias empresas recuou de 1,62 para 1,48 nos últimos três anos. Enquanto a concentração dos negócios financeiros desses dois perfis de companhias continua muito forte. Com isso, o índice de concentração aumentou, nesse mesmo período, em 3,2 pontos percentuais. Esse cenário integra o Painel da Indústria Financeira - Small Business, desenvolvido pelo Instituto, que agrega ainda o comportamento das PMEs em relação aos níveis de satisfação, fidelização, importância da imagem e valor dados aos bancos. A amostra da pesquisa conta com 4.510 entrevistas realizadas junto a empresas ...

Ler mais ou responder

A pontualidade de pagamentos das micro e pequenas empresas atingiu 95,6% em abril/13. Isto significa que durante o mês passado, a cada 1.000 pagamentos realizados, 956 foram quitados à vista ou com atraso máximo de sete dias. Foi a terceira alta mensal consecutiva do indicador após ter recuado de 95,9% (dez/12) para 94,7% (jan/13). Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a pontualidade de pagamentos das micro e pequenas empresas também cresceu, já que em abril/12 havia sido de 95,3%. De acordo com os economistas da Serasa Experian, a retomada gradual do crescimento econômico doméstico e o recuo da inadimplência dos consumidores têm contribuído para melhorar os níveis de pontualidade ...

Ler mais ou responder

[caption id="attachment_1409" align="alignright" width="360"] Você se preocupa mais em ser um bom empresário ou ter status?[/caption] Para sócios de muitas empresas, assegurar a representatividade pessoal (status) perante à coletividade é mais significativo do que os próprios resultados operacionais. Alguns empresários, em especial aqueles de relativo sucesso, se preocupam em demasia com a preservação da autoimagem, dado o status que a atividade empresarial o confere. Só se preocupa com seu negócio, caso sua  representatividade esteja ameaçada. Como coletividade entende-se o conjunto de colaboradores e seus familiares; fornecedores (bancos, industrias, atacadistas, representantes); concorrentes; e principalmente, sua associação de classe empresarial. Há empresários que concentram suas energias em seu negócio e contribui para a coletividade em geral. ...

Ler mais ou responder

[caption id="attachment_1387" align="alignright" width="297"] Empresas de todos os portes devem estar comprometidos com o desenvolvimento social e sustentável[/caption] Na Teoria da Firma, a lei é clara: as empresas devem sempre buscar minimizar custos e maximizar margens de lucro. Assim, o lucro é resultado operacional, consequência empresarial positiva, mas obviamente não é tudo. O atendimento a aspectos sociais e comunitários também deve ser buscado por empresários de todos os portes, não somente as médias e grandes empresas. Para certos empresários, itens como a geração e manutenção  de empregos (postos de trabalho), diversificação e a contribuição para a economia local (município), regional e nacional são tão importantes quanto a geração de ...

Ler mais ou responder