CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

10 dicas para abrir um minimercado

Minimercados são estabelecimentos de pequeno porte com boa variedade de itens que atendem as necessidades básicas de abastecimento doméstico de alimentos. Geralmente estão localizados em bairros e por isso são também conhecidos como Mercado de Vizinhança.   O fato de as lojas serem próximas das residências torna este tipo de empreendimento promissor por atender as necessidades básicas e de urgência dos consumidores. O número de vezes que um consumidor visita um minimercado por semana é de 5 vezes/semana. Nas grandes redes de supermercados e hipermercados esse número é bem menor.   10 passos para abrir um minimercado   1- Conheça bem o negócio

Ler mais ou responder
Minimercados: fornecedores e mix de produtos

Os fornecedores são:1- Fabricantes;2- Produtores rurais;3- Atacadistas;4- Distribuidores da indústria alimentícia;5- Distribuidores de refrigerantes, cervejas, águas e bebidas;6- Ceasas. De forma geral, o fornecimento de produtos para esse segmento não apresenta restrições e muito menos há limitações de quantidade de compra e nem existem cotas.Diante desse cenário, no qual existem várias alternativas e facilidades de fornecimento, o pequeno varejista pode optar por melhores condições de preço e qualidade de produto. De acordo com o Estudo Setorial Minimercados, ele pode negociar, diretamente com o fornecedor, descontos com encomendas maiores, planejando antecipadamente a seleção de produtos e quantidade, garantindo uma boa variedade para seu cliente.A publicação do Sebrae Nacional menciona o estudo da GfK segundo o qual ...

Ler mais ou responder
Minimercados: cenário geral

Publicação elaborada pelo Sebrae Nacional aborda diversos aspectos do universo dos minimercados brasileiros. De acordo com dados da Receita Federal do Brasil, organizados pelo Sebrae, em todo o país são mais de 300 mil estabelecimentos entre minimercados, mercadinhos ou armazéns. Este post inaugura uma série de textos com os principais tópicos abordados no documento. Dados divulgados pela ABRAS (Associação Brasileira de Supermercados) revelam que, em 2012, o segmento movimentou R$ 34 bilhões no Brasil. O mercado de vizinhança ou loja de vizinhança, como é chamado o pequeno varejo alimentar, é representado por minimercados, mercadinhos ou armazéns e é assim classificado por possuir de um a quatro checkouts, ou seja, de ...

Ler mais ou responder