CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

O Tamanho do Comércio Eletrônico

O mundo das compras no e-commerce cresce desenfreadamente. Facilidade, praticidade, maior leque de opções, oferta de preços diferenciados. São diversos os motivos pelo qual esse método de compra tem cada vez mais ocupado espaço no varejo.  Confira abaixo o infográfico da Ivesp (traduzido pelo Dr. Ecommerce) sobre o tamanho do e-commerce, desde seu surgimento.

Ler mais ou responder
Crescimento do e-commerce no Brasil

Infográfico mensura as modificações e o crescimento que o comércio eletrônico brasileiro teve em apenas uma década Foto: Divulgação Em uma década o e-commerce cresceu exponencialmente no Brasil. Vários fatores contribuíram para este aumento, dentre eles a inclusão digital, que fez as classes C, D e E ter mais representatividade nas fatias do consumo. Com ...

Ler mais ou responder

Nesta edição do boletim Oportunidades & Negócios fala sobre o crescimento da classe C e como e o que tem mudado no consumo da mesma. Desde a criação do Real e a estabilização da economia, o poder aquisitivo da população brasileira aumentou de forma significativa. Ainda que o salário da maioria não permita extravagâncias, pelo menos já é possível perceber o que se pode comprar em prestações a perder de vista. Segundo o Ibope (2010), a classe C já representa 54% do total de brasileiros, com 2,7 milhões de novos membros entre 2010 e 2011, o que transforma a pirâmide social em um losango, altera hábitos e desafia as empresas a se ajustarem a esse ...

Ler mais ou responder
Comércio eletrônico brasileiro cresceu 43% em 2011

Dados do ano passado mostram que país foi responsável por 59,1% das vendas on-line na América Latina Estudo feito pela América Economia Intelligence mostrou que o comércio eletrônico brasileiro cresceu 43% em 2011, atingindo mais de US$ 25 bilhões. Os números positivos fizeram com que o país alcançasse o posto de primeira nação latino-americana a conseguir que as vendas on-line atingissem 1% do seu Produto Interno Bruto (PIB).  O estudo apontou o Brasil como responsável por 59,1% das vendas no comércio eletrônico na América Latina e Caribe, seguido por México (14,2%), Caribe (6,4%), Argentina (6,2%), Chile (3,5%), Venezuela (3,3%), América ...

Ler mais ou responder

O Sebrae Nacional divulgou no dia 9/11 informações sobre a atuação das redes e centrais de negócios no país. De acordo com levantamento realizado no período de maio a outubro de 2011, o Brasil possui 1.129 redes e centrais de negócios, entre as quais 778 estão ativas. Além disso, a maioria é ligada ao setor de comércio, com 458 empresas organizadas em redes e centrais, seguidas por empresas dos setores de serviços (130), agronegócios (97) e indústria (53). Os dados foram divulgados durante o II Encontro Nacional de Redes e Centrais de Negócios, realizado nos dias 9 e 10 de novembro em Natal (RN). O representante da Unidade ...

Ler mais ou responder

Por Luciana Pecegueiro O Brasil é uma grande promessa de futuro por suas dimensões geográficas, produtivas e sociais continentais. Mesmo sendo um dos Países em Desenvolvimento em evidência no mundo, o Brasil ainda tem um grande movimento emigratório. As décadas de 80 e 90 acumularam muitas crises econômicas e milhões de brasileiros buscaram uma oportunidade de emprego e crescimento no exterior. Alguns têm muito êxito, mas muitos trabalham muito com a promessa de melhorar de vida. Além da vontade de crescer, uma coisa é comum a todos: a saudade do Brasil, sua cultura e temperos. Em Barcelona tive a oportunidade de ver essa saudade em uma das feiras ...

Ler mais ou responder

Por Luciana Pecegueiro A empresa pode nascer pequena, começar a conquistar os vizinhos, o bairro, a cidade. Mas conforme o mercado cresce, toda empresa se depara com um dilema: como chegar até o cliente com a estrutura que tenho? Atualmente, a Internet permite que uma empresa fique exposta ao mundo. As micro e pequenas empresas podem muitas vezes não competir por preço, mas diferenciam seu produto, seu atendimento e geram demanda além das fronteiras geográficas anteriormente exploradas. A compra de matérias-primas e a venda dos produtos de uma pequena empresa a partir de/para milhares de quilômetros de distância pode parecer uma tarefa difícil e restrita às médias e grandes empresas. E com certeza ...

Ler mais ou responder

Com simplicidade e originalidade o problema de abrir sachês de ketchup gerou um produto com grande potencial de mercado Luciana Pecegueiro Furtado Da Unidade de Acesso a Mercados [caption id="attachment_561" align="alignleft" width="150" caption="As bisnagas que propiciavam a proliferação de bactérias foram aposentadas."][/caption] A saúde pública é uma prioridade e os avanços na legislação de estabelecimentos que fornecem produtos alimentícios para consumo a contemplaram ao determinar a aposentadoria das velhas bisnagas. A decisão era de que o ketchup, a maionese e mostarda deviam ser servidos em porções individuais, impedindo a proliferação de agentes infecciosos.  As embalagens devassáveis permaneciam abertas após o uso, sem fornecer referências de data de fabricação, prazo ...

Ler mais ou responder