CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

O desafio das marcas é serem humanas

É fato: o mercado hoje vê as marcas como se pessoas fossem. Por isso, qualquer uma que chegar demonstrando atitudes mais humanas será melhor percebida por consumidores. As dificuldades que as pessoas comumente têm em estabelecer um elo verdadeiro, em se aproximar ou em confiar naquelas que fingem não ter fraquezas, defeitos ou erros estão sendo observadas também em seus relacionamentos com as marcas que consomem. O público espera que as marcas assumam suas falhas, que sejam uma “pessoa” flexível. Esse conceito, em inglês, é representado pela expressão FLAWSOME.  Um termo que combina “flaw” e “awesome” e, traduzido para o português, significa “defeito” e “fantástico”. Ou seja, é como se o ...

Ler mais ou responder

Surge uma nova safra de consumidores. São os integrantes da chamada geração G (de generosidade), detectados pela Trendwatching – uma empresa holandesa de pesquisa de tendências que alerta: para eles, não bastam bons produtos nem preços atraentes. O que chama a atenção dos consumidores generosos são empresas dispostas a fazer tudo por eles e também pela sociedade. “’As pessoas estão descontentes com a ganância dos empresários e suas consequências para a economia”, diz o relatório publicado pela Trendwatching. Crises financeiras fazem com que o cidadão queira maior proteção, não só sobre seu dinheiro guardado, como também em relação aos empregos e aos parceiros. E assim, dar, doar, dividir e colaborar ...

Ler mais ou responder