CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Enviar mensagem

Adicionar pergunta

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Design no varejo da moda – organizando o estoque

[caption id="attachment_36366" align="alignleft" width="436"] Confira dicas para gerir o seu estoque[/caption] O varejo de moda é formado por uma cadeia extensa. O empreendedor investe consideravelmente em compra de mercadorias ao abrir seu negócio. Após vendê-las, o que pode demorar vários meses, ele quita seus débitos, calcula seu faturamento e, por fim, identifica seu lucro (ou prejuízo). Por esse motivo, o gerenciamento e a manutenção do estoque é de vital importância. Saiba como o design pode ajudar o seu negócio a gerenciar o estoque: Espaço físico A compra planejada de uma coleção e a devida organização do estoque é o ponto de partida para uma estação rentável de uma empresa de varejo de ...

Ler mais ou responder
O que fazer quando vendo mas não vejo a cor do dinheiro?

[caption id="attachment_34414" align="alignleft" width="351"] Fique de olho na gestão financeira do seu negócio[/caption] Sua loja anda vendendo, mas no fim do mês você não vê a cor do dinheiro? Então, o alerta vermelho está acesso! A saída é identificar para onde o dinheiro está indo e, assim, adotar medidas para que você possa receber o pró-labore e ainda o lucro. 1) Está fazendo o controle financeiro? Se você não sabe para onde o dinheiro do seu negócio está ainda, é bem provável que não faz o controle financeiro. A partir deste monitoramento, é possível conhecer o ciclo financeiro da empresa, assim como calcular se o que ela fatura hoje paga todos os seus gastos, ou seja, ...

Ler mais ou responder
Como transformar o estoque parado em vendas?

O estoque é o que garante o abastecimento de materiais na produção, eliminando demoras e/ou atrasos, sazonalidades de suprimentos e riscos de faltas de fornecimento, o que impactaria na lucratividade da empresa. Em média, uma mercadoria não deve ficar mais do que 45 dias parada no estoque. Mais que isso, pode significar prejuízo. Por isso, a empresa deve controlar o seu estoque, e preferencialmente diariamente. A sua máxima deve ser: planeje o estoque hoje, para zelar pelo capital de giro de amanhã. Entre as vantagens de gerir o estoque, identificar produtos que estão sem giro e conhecer a influência de estoque nos resultados financeiros. O estoque não deve estar alto quando o caixa (dinheiro ...

Ler mais ou responder
Como adquirir peças para seu brechó? (pt. 2)

Comprar peças de pessoas físicas em lotes é mais rentável para os brechós Algumas medidas simples são essenciais para os brechós conquistarem a clientela. Um dos principais segredos é garimpar bem as peças que levará para suas araras. Conhecer as marcas existentes (brasileiras e estrangeiras) e os estilos e épocas também pode servir como diferencial competitivo. Por isso, é um bom negócio investir em livros de Moda, cursos e oficinas. Dessa forma, você poderá repassar informações interessantes para seus clientes. No post de hoje da série “Melhores práticas para o comércio de brechó” vamos te ajudar a garimpar peças de pessoas físicas a fim de compor o estoque da sua loja. A ...

Ler mais ou responder
Como adquirir peças para seu brechó?

Para conquistar mercado, antes de mais nada, é preciso investir na aquisição de um estoque que atenda o público que você escolheu em seu plano de negócios. Umas das melhores formas para adquirir peças para comercializar em seu brechó (físico ou on-line) é o regime de consignação. Confira dicas para adquirir produtos consignados: 1) Contrato de consignação: a fornecedora deixará suas peças em seu brechó, após assinatura de um contrato em que você informará o prazo e as condições da consignação. 2) Prazos: os prazos de devolução variam entre 30 e 90 dias. Após esse prazo, as roupas não vendidas serão devolvidas e você fará o acerto de contas com sua fornecedora. 3) Comissão: o mercado ...

Ler mais ou responder
Tendências e oportunidades em estudo de minimercados

As pessoas dão grande importância para o descanso e o lazer e não gostam de perder tempo com atividades como fazer compras e muito menos ter uma experiência ruim ou estressante no momento da compra. Por isso, é imprescindível oferecer uma boa experiência de compra aos consumidores. Uma vez que o cliente do pequeno varejo vai várias vezes ao ponto de venda fazer compras de poucos itens, não quer perder tempo procurando produtos; pelo contrário, deseja encontrar o que quer da forma mais fácil e ágil possível. Essa é a primeira dica do Estudo Setorial Minimercados com relação à experiência de compra nesses estabelecimentos. De ...

Ler mais ou responder
10 dicas para fazer seu comércio vender mais

Segundo Fred Rocha, especialista em comércio eletrônico e varejo, “as estratégias que praticamos para vender nossos produtos e serviços estão perdendo a eficácia”. Isso porque houve mudanças nos hábitos de consumo, ou seja, há uma nova maneira de consumir. “Os consumidores estão mudando. E a sua empresa está?”, pergunta Fred Rocha, em artigo. Para ajudar os lojistas começarem a reavaliar seus métodos de vendas, e assim lucrar com os novos costumes de consumo, Fred Rocha listou algumas iniciativas que podem fazer a diferença no seu negócio. Confira: 1 – Saia para vender Não fique esperando que a venda ocorra, seja mais ativo. Escolha os horários de ...

Ler mais ou responder
Gestão do back office no e-commerce: sistemas de gestão

Neste último post da série baseada em cartilha sobre gestão do back office no e-commerce, elaborada pelo Sebrae Nacional, vamos focar na união dos diversos processos em poucas ferramentas. Além de facilitar a execução das rotinas, a prática ajuda na redução de gastos e na redução de erros como a venda de produtos esgotados nos estoques, por exemplo. O sistema Enterprise Resource Planning ou Sistema de Integração de Gestão Empresarial (ERP) é uma ferramenta que, quando bem desenvolvida e, de acordo com o negócio do lojista, agrega valor aos processos, promove a automação comercial e otimiza o tempo e a troca de informações, proporcionando segurança, redução de custos e uma visão geral do negócio, ...

Ler mais ou responder
Gestão do back office no e-commerce: responsabilidades

Para que tudo funcione bem no e-commerce, a equipe precisa trabalhar como em qualquer outro tipo de negócio: organizada e com funções bem definidas. Para garantir que o pedido do consumidor seja entregue dentro do prazo acordado, e que o produto encaminhado seja exatamente o solicitado, é preciso estar atento para dividir a equipe em três etapas: gestão do pedido, gestão do estoque e gestão de logística e entrega. Abaixo, apresentamos as principais responsabilidades de cada uma dessas áreas: Gestão de pedido: engloba a recepção do pedido, avaliação financeira do cliente e a validação do pedido feito na loja virtual. É de responsabilidade dessa área avaliar e gerar um diagnóstico da compra efetuada, verificando ...

Ler mais ou responder
Gestão do back office no e-commerce: fluxo e dicas

Já sabemos que a operação de uma loja virtual é executada pelo back office. Geralmente, o fluxo de pedidos em um e-commerce tem a seguinte sequência: Pedido realizado > Análise de fraude > Cobrança do cartão > Separação dos produtos > Faturamento do pedido > Embrulho e envio do pedido. A gestão do estoque e do abastecimento é o pulmão de qualquer operação de e-commerce e deve ser executada com atenção pela equipe do back office. Por isso, fique atento a algumas dicas: Exibir somente os itens com disponibilidade no estoque. Utilizar um sistema de gestão de estoque pode ajudar a evitar erros, principalmente quando há um único estoque para as lojas física e virtual. Manter ...

Ler mais ou responder