CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Impressão 3D na educação

Como utilizar impressoras 3D na sala de aula Você deve utilizar impressoras 3D em suas aulas? As impressoras 3D estão recebendo muito interesse da área de educação e são frequentemente citadas como um novo catalisador para o estudo. Certamente, essa tecnologia inovadora está ajudando os professores a atingir um grau de envolvimento dos alunos. Isso é praticamente impossível de recriar a partir de um livro didático. No entanto, não é só engajamento. Na realidade, um relatório do Departamento de Educação (DfE) descobriu que a impressão 3D nas universidades oferece muitas vantagens atraentes para professores e alunos. As vantagens de utilizar impressoras 3D na sala de aula As impressoras 3D estão ajudando a inspirar alunos de uma nova geração, combinando habilidades relacionadas ao trabalho com inovação ...

Ler mais ou responder
Inscrições para o Prêmio MPE Brasil foram prorrogadas até 17 de agosto

Atenção interessados em participar do MPE Brasil – Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas! As inscrições foram prorrogadas e, agora, o prazo para participar da edição deste ano vai até o dia 17 de agosto. A iniciativa consiste em um reconhecimento estadual e nacional às micro e pequenas empresas que promovem o aumento a qualidade, da produtividade e da competitividade, pela disseminação de conceitos e práticas de gestão. A iniciativa é destinada a empresas que se enquadram nas seguintes características: a) Receita bruta anual de até R$ 3.600.000,00 (três milhões e seiscentos mil reais), incluindo a soma dos orçamentos de filiais e matriz, segundo o Estatuto Nacional das Microempresas e das Empresas ...

Ler mais ou responder

Com o objetivo de divulgar e conectar soluções inovadoras e empreendimentos criativos da América Latina e do Caribe com o mundo, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) selecionará as 15 startups mais inovadoras de 2014. Os ganhadores participarão de um dos eventos mais inovadores do BID, o Demand Solutions, em Washington (EUA), de 1º a 3 de dezembro. Para participar, é preciso atender a alguns requisitos, como: Os candidatos devem ter entre 18 e 35 anos de idade em 1º de outubro de 2014 e devem ser fundadores ou co-fundadores da startup; As startups devem estar em operação há pelo menos um ano e no máximo dois; As startups precisam ter um enfoque tecnológico ...

Ler mais ou responder
MPE Brasil: inscrições vão até 1º de agosto

Estão abertas, até 1º de agosto, as inscrições para o MPE Brasil - Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas, um reconhecimento estadual e nacional às micro e pequenas empresas que promovem o aumento a qualidade, da produtividade e da competitividade, pela disseminação de conceitos e práticas de gestão. A iniciativa é destinada a empresas que se enquadram nas seguintes características: a) Receita bruta anual de até R$ 3.600.000,00 (três milhões e seiscentos mil reais), incluindo a soma dos orçamentos de filiais e matriz, segundo o Estatuto Nacional das Microempresas e das Empresas de Pequeno Porte; b) Ter completado pelo menos 1 (um) ano fiscal completo, ...

Ler mais ou responder
Educação financeira é a base do sucesso

Ser dono de um pequeno negócio requer dominar diferentes competências para controlar, analisar, planejar e simular um conjunto de dados e informações para uma tomada eficiente de decisões.  Para a sobrevivência do seu negócio, o empresário precisa utilizar ferramentas adequadas que possibilitem a organização e o controle financeiro para a melhor gestão do capital da empresa, bem como analisar custos, despesas e investimentos. Nesse sentido, para ter sucesso e enfrentar um mercado cada vez mais competitivo, é preciso se educar financeiramente. A importância da educação financeira para os pequenos negócios foi debatida durante o Encontro Sebrae Banco Central sobre Educação Financeira. Na ocasião, Carlos Alberto dos Santos, diretor-técnico do Sebrae, e Luiz ...

Ler mais ou responder

Matéria publicada hoje no UOL destaca dois programas de incentivo à startups de tecnologia que estão com as inscrições abertas: o Start-Up Brasil, do MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação), e o Start-Ed Lab, da Fundação Lemann, com foco em startups de educação. As inscrições para o programa Start-Up Brasil, que apoia empresas nascentes de tecnologia com aceleração e recursos que podem chegar a R$ 200 mil, vão até 14 de julho. Para o Start-Ed Lab – que oferece R$ 20 mil, além de workshops e mentores – o prazo é 9 de junho. Start-Up Brasil Serão selecionadas cem empresas, em duas ...

Ler mais ou responder
Educação: cenários, tendências e oportunidades

Pesquisas na área educacional apontam que quase um terço dos brasileiros frequentam diariamente a escola (professores e alunos). São mais de 2,5 milhões de professores e 53 milhões de estudantes matriculados em todos os níveis de ensino. Estes números demonstram um crescimento no nível de escolaridade do povo brasileiro, fator considerado importante para a melhoria do grau de desenvolvimento do país. Como resultado desse alto índice de frequência escolar, o Censo de 2010 (IBGE) mostra uma queda no índice de analfabetismo no país nos últimos dez anos (2000 a 2010). Em 2000, o número de analfabetos correspondia a 13,63% da população (15 anos ou mais de idade). Esse índice caiu para 9,6% em ...

Ler mais ou responder

Estão abertas as inscrições para o programa Start-Ed nas Escolas 2014, iniciativa da Fundação Lemann que tem como objetivo levar o trabalho de startups inovadoras a escolas públicas. As startups de educação selecionadas receberão aporte de R$ 100 mil a R$ 300 mil para a implantação de programas pilotos nos colégios. O programa tem duração prevista de 18 meses e fornece, além do aporte, apoio no planejamento da distribuição e implementação das soluções no ensino, convites para participações em eventos da Fundação e divulgação das empresas selecionadas. Para participar, a startup já deve ter elaborado uma solução para educação, independente de ela estar ou não sendo utilizada. A inovação ...

Ler mais ou responder
Como se tornar um fornecedor do FNDE?

  A Resolução/CD/FNDE/Nº 027 de 2005, determinou que a gestão compartilhada de compras entre o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE e o Ministério da Educação – MEC passaria a ser de inteira responsabilidade do FNDE que agora gere as grandes compras do MEC e a utiliza somente o Pregão Eletrônico para suas aquisições. Dentro desta forma de compra está o Registro de Preços Nacional (RPN), que é um modelo gerencial em que é realizada uma única licitação para atendimento de toda rede educacional brasileira. Para melhor entender o RPN, a equipe da Diretoria Administrativa do FNDE resume que: Registro de Preços Nacional (RPN) se baseia na hipótese de que o governo ...

Ler mais ou responder

Estão abertas, e vão até o dia 31 de julho, as inscrições para o ciclo de 2013 do MPE Brasil - Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas. A iniciativa tem como objetivo incentivar as micro e pequenas empresas brasileiras, reconhecendo a importância e os resultados alcançados com a utilização dos conceitos de gestão, excelência e qualidade. Os interessados podem se inscrever pela internet ou nas unidades de atendimento do Sebrae. O prêmio tem o objetivo de promover o aumento de qualidade, produtividade e competitividade dos pequenos negócios em diversos setores, por meio da disseminação de conceitos e práticas de gestão. As empresas serão avaliadas pela qualidade da ...

Ler mais ou responder
Empresário escolarizado comanda negócios mais duráveis

Estudo inédito do Sebrae, baseado em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), constatou que, na última década, enquanto o percentual de empresas que sobreviveu até o segundo ano de atividade saltou de 51% para 73%, o retrato da escolaridade dos donos de negócio também passou por grande transformação. Em 2001, 62% dos donos de negócio tinham somente até o ensino fundamental e apenas 38% haviam atingido o ensino médio ou mais. Já em 2011, o número de empresários com ensino médio ou mais cresceu para 53%, em contrapartida à redução para 47% daqueles que pararam os estudos durante o ensino fundamental. A relação entre o aumento do índice de escolaridade ...

Ler mais ou responder