CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Experiência de consumo como diferenciação no negócio de beleza

O segmento de beleza vive um ponto de ruptura por exigência dos consumidores e pelo próprio modelo de negócio que foi se aperfeiçoando, transformando e especializando com o passar dos anos. De um lado, estão os grandes salões que reúnem serviço premium em um ambiente de alta classe com preços valorizados. De outro, surgem os espaços segmentados, como as esmalterias e as lojas de escovação dos fios, que priorizam um serviço eficiente, com a relação entre preço e tempo marcante.

Ler mais ou responder
Preço x Tempo de atendimento em negócios do Mercado de Beleza 

Beleza e bem-estar por dentro e por fora são as demandas dos consumidores brasileiros. Eles não querem apenas estar bonitos, mas ter a aparência saudável. Para os pequenos negócios, isso implica em extrapolar os limites dos serviços tradicionais e criar alternativas que valorizem a experiência e potencializem as diversas sensações vivenciadas pelos consumidores no empreendimento.    A relação do consumidor com o tempo que deseja passar em uma salão de beleza ou uma estética para a execução do serviço varia conforme sua necessidade e disposição. Um mesmo cliente pode, em determinado momento, optar pela realização do serviço no menor tempo possível, ...

Ler mais ou responder
Preço x Tempo de atendimento em negócios do Mercado de Beleza 

Beleza e bem-estar por dentro e por fora são as demandas dos consumidores brasileiros. Eles não querem apenas estar bonitos, mas ter a aparência saudável. Para os pequenos negócios, isso implica em extrapolar os limites dos serviços tradicionais e criar alternativas que valorizem a experiência e potencializem as diversas sensações vivenciadas pelos consumidores no empreendimento.    A relação do consumidor com o tempo que deseja passar em uma salão de beleza ou uma estética para a ...

Ler mais ou responder
Veja como aumentar o lucro do seu salão de beleza

Muito além de prestarem serviços, os salões de beleza podem funcionar como lojas e comercializar produtos de beleza, higiene e saúde.  Hoje, é comum associar salões a locais que exclusivamente prestam serviços de beleza. Mas, comercializar produtos diferenciados para dar continuidade a um tratamento pode ser uma estratégia para impulsionar esse negócio. Esta ação ajuda a empresa a fidelizar clientes, aumentar o faturamento e garantir a sustentabilidade do negócio. Uma maneira de comercializar esses produtos é através do e-commerce. Anúncios na internet tornam produtos mais acessíveis, como xampus, condicionadores e cremes utilizados por profissionais em salões, que não são facilmente encontrados pelo público em supermercados e farmácias. Confira, no portal do Sebrae, dicas para vender produtos de beleza na internet. Clique aqui ...

Ler mais ou responder
O papel da internet para o segmento de beleza

A pesquisa Sophia Mind, realizada com 1.311brasileiras, entre 18 e 60 anos, que teve como objetivo avaliar a satisfação das mulheres com a aparência e entender como ocorre o consumo de produtos, também revelou qual é o papel da internet para elas quando este é o assunto. Apenas 12% das mulheres entrevistadas não usam a internet para buscar informações sobre produtos de beleza. Para as demais (88%), a internet possui diversas finalidades, que vão desde a busca de informações até o processo de compra de produtos. A principal atividade realizada na internet é a leitura de dicas de como usar os produtos de beleza - encontrada em sites com conteúdos femininos, redes sociais, sites dos ...

Ler mais ou responder

Há quem acredite que os blogs já não ocupam tanto espaço na vida das pessoas. Pensam que depois do seu boom, eles não são mais tão representativos como mídia social. Ledo engano! O Brasil ocupa o segundo lugar no mundo em relação ao alcance de blogs. Segundo Alex Banks da comScore – empresa mundial que mede o que as pessoas fazem à medida que navegam no mundo digital – a proporção da população brasileira online que visita pelo menos 1 blog durante 1 mês é muito alta, posicionando o Brasil atrás apenas do Japão. Por aqui, mais de três quartos da população online (77,3%) acessam mensalmente esses sites atrás de informações. Quando o assunto é moda e beleza, o ranking 2014

Ler mais ou responder

Há algum tempo o mercado de beleza cresce constatando que vaidade como exclusividade feminina é coisa do passado. Nos últimos anos, os produtos e serviços para eles começaram a ganhar mais atenção e tudo indica que essa tendência veio para ficar. Dados da consultoria britânica Euromonitor International demonstram que as vendas de produtos voltados para a beleza masculina vão continuar crescendo. Supermercados, farmácias e lojas de bairro são os locais preferidos para a aquisição de produtos por esses consumidores, conforme pesquisa Mintel Inspire: 81% deles compram seus produtos de higiene e cosméticos em lojas físicas, mesmo sem a existência de uma seção específica ou de estabelecimentos dedicados a esses itens. Em entrevista a um portal de notícias do ...

Ler mais ou responder
Beleza pode ser um bom negócio

[caption id="attachment_20788" align="alignright" width="300"] Foto: Samella Velez/Agência Sebrae de Notícias[/caption] As mulheres brasileiras têm conquistado cada vez mais espaço no mercado de trabalho formal e, consequentemente, alcançaram maior poder de compra. Esse novo cenário vem impactando diretamente o crescimento do segmento de beleza no país. De acordo com pesquisa do Instituto Data Popular, divulgada em junho deste ano, até o fim de 2013, os brasileiros deverão gastar R$ 59,3 bilhões com produtos, serviços de beleza e cuidados pessoais. A cada mês são abertos sete mil novos salões de beleza no país e, em um ano, o segmento cresceu 43%. A maioria desses estabelecimentos são de empreendedores individuais. Atualmente, a formalização é incentivada pelo governo ...

Ler mais ou responder

[caption id="attachment_2468" align="alignright" width="300"] Foto: Clayton de Souza/Estadão[/caption] O sonho de abrir um negócio esbarra, quase sempre, na falta do dinheiro necessário para transformá-lo em realidade. Na franquia, a situação não é diferente. A o empresário apostar em um negócio testado, precisará pagar uma taxa para ter direito aos benefícios desse modelo de sucesso. As opções à disposição são muitas, mas com uma boa pesquisa é possível encontrar alternativas interessantes e que exigem menos de R$ 100 mil de investimento. “O setor de franquias vem crescendo três vezes mais que o varejo em geral”, destaca Claudio Felisoni, atual presidente do conselho do Provar/Ibevar. Esse desempenho é resultado do consumo maior da ...

Ler mais ou responder

A união do café com a beleza Inovação é a palavra-chave para definir a Kapeh Cosméticos. Fundada em 2007 e sediada em Três Pontas (MG), é a única marca no Brasil de cosméticos feitos a base de café. Todos os produtos, desde xampu a óleos corporais e sabonetes, têm o grão como matéria-prima. O nome da empresa não foi escolhido à toa. Kapeh, no dialeto maia, significa café. A ideia de usar na indústria de beleza esse material partiu da farmacêutica e bioquímica Vanessa Vilela. Ela foi uma das dez finalistas do Empretec Women in Business Award 2010, premiação promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU). Vanessa resolveu unir o potencial econômico da sua cidade, que é o plantio de café, com uma ...

Ler mais ou responder

A revolução dos homens O mercado da beleza masculina ainda é pouco explorado Os grandes centros urbanos no país observam uma transformação nos homens, que se preocupam mais e mais com questões estéticas. O estudo “Man Revolution” (Revolução Masculina), realizado pela Kantar Worldpanel em 16 grandes cidades da América Latina, destacou que os cariocas e paulistanos declararam que cuidam da beleza diariamente. Os brasileiros conquistaram o título de mais vaidosos entre os latino-americanos. O estudo conclui que as empresas do país exploram pouco esse mercado e há espaço para vários: salões, spas, produtos como cremes, xampus... Luciana Pecegueiro Furtado, da Unidade de Acesso a Mercados do SEBRAE

Ler mais ou responder