CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Enviar mensagem

Adicionar pergunta

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Como investir no segmento de salões de beleza?

Antes de abrir o salão de beleza é importante definir o seu estilo, público-alvo e localização. A partir dessas definições o(a) empreendedor(a) terá condições de buscar no mercado profissionais, modelos de equipamentos e produtos que estejam de acordo com os serviços que serão ofertados. A publicação do Sebrae/SP visa, portanto, orientar o(a) empresário(a) que pretende investir no segmento de beleza, sobre como fazer ...

Ler mais ou responder
Boletim – Mercado de Salões de Beleza

O segmento da beleza no Brasil foi favorecido pelo aumento da renda per capita que, segundo a Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) do Governo Federal, aumentou 32% na última década. Os números dispararam e hoje figuramos entre os principais países consumidores destes produtos e serviços de beleza. Os profissionais e produtos brasileiros tem boa reputação no exterior. Tornou-se cada vez mais comum ouvir sobre o sucesso deles mundo afora. Mesmo em tempos difíceis, os cuidados básicos com a aparência podem até diminuir, mas as pessoas não deixam de frequentar o salão de beleza. Para se destacar perante à concorrência, é preciso ter sensibilidade para identificar quais são os principais pontos ...

Ler mais ou responder
Boletim – Aplicando a sustentabilidade no Salão de Beleza

A preocupação com a sustentabilidade se torna cada vez mais necessária nos estabelecimentos. Além de agregar valor aos produtos e serviços, ela é enxergada como diferencial pelos clientes. Confira nesta Resposta Técnica a importância as sustentabilidade e sua aplicação nos serviços de salões de beleza. Para saber mais sobre o assunto, clique aqui.

Ler mais ou responder
Boletim – Serviços de beleza para empresas criativas

O segmento de beleza no Brasil é marcado por um forte crescimento e pelo amadurecimento do mercado que, motivado pelo aumento da concorrência, passou a tornar-se mais competitivo para conquistar um público cada vez mais exigente e diferenciado. Além disso, o segmento de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos revela alguns dados importantes sobre a distribuição do mercado de produtos e serviços de beleza, tendo por destaque as áreas com possibilidade de atuação pelos pequenos negócios de serviços. Esteja capacitado e conheça o mercado-alvo, planeje sua demanda, tenha parceiros, diferencie-se, prospecte seus clientes e ganhe a confiança. Para saber mais sobre o assunto, clique aqui.

Ler mais ou responder
Experiência de consumo como diferenciação no negócio de beleza

O segmento de beleza vive um ponto de ruptura por exigência dos consumidores e pelo próprio modelo de negócio que foi se aperfeiçoando, transformando e especializando com o passar dos anos. De um lado, estão os grandes salões que reúnem serviço premium em um ambiente de alta classe com preços valorizados. De outro, surgem os espaços segmentados, como as esmalterias e as lojas de escovação dos fios, que priorizam um serviço eficiente, com a relação entre preço e tempo marcante.

Ler mais ou responder
Preço x Tempo de atendimento em negócios do Mercado de Beleza 

Beleza e bem-estar por dentro e por fora são as demandas dos consumidores brasileiros. Eles não querem apenas estar bonitos, mas ter a aparência saudável. Para os pequenos negócios, isso implica em extrapolar os limites dos serviços tradicionais e criar alternativas que valorizem a experiência e potencializem as diversas sensações vivenciadas pelos consumidores no empreendimento.    A relação do consumidor com o tempo que deseja passar em uma salão de beleza ou uma estética para a ...

Ler mais ou responder
Preço x Tempo de atendimento em negócios do Mercado de Beleza 

Beleza e bem-estar por dentro e por fora são as demandas dos consumidores brasileiros. Eles não querem apenas estar bonitos, mas ter a aparência saudável. Para os pequenos negócios, isso implica em extrapolar os limites dos serviços tradicionais e criar alternativas que valorizem a experiência e potencializem as diversas sensações vivenciadas pelos consumidores no empreendimento.    A relação do consumidor com o tempo que deseja passar em uma salão de beleza ou uma estética para a ...

Ler mais ou responder
Veja como aumentar o lucro do seu salão de beleza

Muito além de prestarem serviços, os salões de beleza podem funcionar como lojas e comercializar produtos de beleza, higiene e saúde.  Hoje, é comum associar salões a locais que exclusivamente prestam serviços de beleza. Mas, comercializar produtos diferenciados para dar continuidade a um tratamento pode ser uma estratégia para impulsionar esse negócio. Esta ação ajuda a empresa a fidelizar clientes, aumentar o faturamento e garantir a sustentabilidade do negócio. Uma maneira de comercializar esses produtos é através do e-commerce. Anúncios na internet tornam produtos mais acessíveis, como xampus, condicionadores e cremes utilizados por profissionais em salões, que não são facilmente encontrados pelo público em supermercados e farmácias. Confira, no portal do Sebrae, dicas para vender produtos de beleza na internet.

Ler mais ou responder
O papel da internet para o segmento de beleza

A pesquisa Sophia Mind, realizada com 1.311brasileiras, entre 18 e 60 anos, que teve como objetivo avaliar a satisfação das mulheres com a aparência e entender como ocorre o consumo de produtos, também revelou qual é o papel da internet para elas quando este é o assunto. Apenas 12% das mulheres entrevistadas não usam a internet para buscar informações sobre produtos de beleza. Para as demais (88%), a internet possui diversas finalidades, que vão desde a busca de informações até o processo de compra de produtos. A principal atividade realizada na internet é a leitura de dicas de como usar os produtos de beleza - encontrada em sites ...

Ler mais ou responder

Há quem acredite que os blogs já não ocupam tanto espaço na vida das pessoas. Pensam que depois do seu boom, eles não são mais tão representativos como mídia social. Ledo engano! O Brasil ocupa o segundo lugar no mundo em relação ao alcance de blogs. Segundo Alex Banks da comScore – empresa mundial que mede o que as pessoas fazem à medida que navegam no mundo digital – a proporção da população brasileira online que visita pelo menos 1 blog durante 1 mês é muito alta, posicionando o Brasil atrás apenas do Japão. Por aqui, mais de três quartos da população online (77,3%) acessam mensalmente esses sites atrás de informações. Quando ...

Ler mais ou responder