CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Os empreendedores e pequenas empresas da indústria do turismo ganharam um canal exclusivo para relacionamento com o Banco do Brasil, instituição que irrigou o setor com financiamentos da ordem de R$ 4,28 bilhões no ano passado. Trata-se de uma nova área no site Empreendedor (bb.com.br/empreendedor), lançada nesta semana, com informações direcionadas a micro e pequenos empreendimentos. O espaço traz informações sobre produtos, serviços oferecidos e soluções oferecidas pelo banco ao microempreendedor e pequenas empresas. Entre elas, operações de recebimentos, pagamento de salários, aplicações, cartões, seguro e previdência e crédito. Em destaque, a linha FAT Turismo Investimento, reforçada este ano com R$ 260 milhões do Fundo de ...

Ler mais ou responder

A Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil foram as instituições financeiras públicas que mais financiaram o mercado de turismo em 2013. Juntos, foram responsáveis por 85% do volume de crédito liberado para as empresas do setor, o que representa R$ 11,45 bilhões. No total, os empréstimos somaram R$ 13,5 bilhões no ano passado, considerando também as operações realizadas pelo Banco Nordeste e Banco da Amazônia e parte das computadas pelo BNDES. Foram beneficiados vários setores da indústria do turismo como hotéis, restaurantes, empresas de transportes e agências de viagens. A Caixa, que oferece também linha de crédito para o consumidor final, fechou 2013 com R$ 7,16 bilhões em financiamentos para o ...

Ler mais ou responder
Alternativas de financiamentos para fornecedores do governo

O mercado das micro e pequenas empresas no mundo cresce em ritmo acelerado. Para se ter uma ideia de sua importância, nos Estados Unidos elas são responsáveis por 50% do PIB nacional, na China por 60% e no Brasil já chegaram à casa dos 21%, afirma Augusto Athayde, Assessor de Mercado do Banco do Brasil. Ainda dentro deste cenário é possível mensurar que de todas as empresas abertas no país, 99% são MPE que juntas empregam 52% dos colaboradores formais brasileiros. Números que despertam o empresário para o desenvolvimento do mercado, da concorrência e consequentemente da sua necessidade de crescimento. Para crescer é preciso investir. No boletim

Ler mais ou responder

O crédito produtivo é fundamental para o desenvolvimento de qualquer economia mundial. Não só no Brasil, mas em diversos países espalhados pelo planeta há grandes dificuldades de acessar o crédito em condições adequadas e de boa qualidade, principalmente pelas vias tradicionais dos mercados financeiros locais. Um dos grandes impedimentos que os setores produtivos enfrentam, principalmente o segmento de empresas de micro e pequeno porte, é falta de garantias. Estudos da Federação Latino-Americana de Bancos (Felaban) evidenciam que se trata de um dos os principais impeditivos dos bancos em disponibilizar operações ao segmento. De fato, os sistemas de garantias são uma realidade e uma necessidade fundamentais para alavancar negócios e também as economias pelo mundo. Existem praticamente em todos os continentes e ...

Ler mais ou responder
Utilize os meios eletrônicos de pagamentos para beneficiar o negócio

Sebrae Nacioinal participa de evento em Minas Gerais e mostra como os meios eletrônicos de pagamentos podem gerar competitividade para o negócio   A utilização do celular para a captura de vendas está crescendo No último dia 20, o Sebrae MG realizou o II Workshop de Aperfeiçoamento e Serviços Financeiros em Belo Horizonte (MG), que tratou sobre garantias e serviços bancários. O encontro reuniu consultores de finanças e marketing que atuam em todo o estado e também contou com a participação do Banco do Brasil, da Caixa, do Sebrae/NA e do Sebrae/ES, e ...

Ler mais ou responder
Linhas de crédito fortalecem negócios de Empreendedores Individuais

Sebrae Nacional faz levantamento sobre a oferta de produtos e serviços bancários voltados para estes empresários   Empreendedores Individuais contam com produtos e serviços financeiros exclusivos Desde a criação da figura do Empreendedor Individual (EI), mais de 1,5 milhão de empreendedores informais legalizaram seus negócios e conquistaram alguns direitos, como a aposentadoria, mediante contribuição previdenciária. Também alcançaram vantagens para o seu empreendimento, como o registro do CNPJ, que torna possível a abertura de conta corrente pessoa jurídica e a análise diferenciada quando na solicitação de crédito e serviços financeiros para ampliar, modernizar  e expandir seu ...

Ler mais ou responder