CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Como Aderir ao PIX?

Pagamento online é muito comum em restaurantes, principalmente quando tem serviço de delivery, mas quem realmente veio para revolucionar as formas de pagamento é o PIX, pagamentos instantâneo. O Banco Central, está para liberar uma nova forma de pagamento o PIX que possibilitará fazer pagamentos instantâneos em transações bancarias, como transferências. O intuito do PIX é substituir as transações por TED/DOC, afinal, com ela o pagamento cai na conta em segundos e podem ser feitos em qualquer hora do dia. Porque Aderir ao PIX? O Pix é um sistema de pagamento e transferências instantâneo, ou seja, as movimentações acontecem instantaneamente.

Ler mais ou responder

A publicação Governança Cooperativa: Diretrizes e mecanismos para o fortalecimento da governança em cooperativas de crédito, elaborada pelo Banco Central, tem como objetivo primordial aprofundar o conhecimento sobre as diretrizes para boas práticas de governança nas cooperativas de crédito e sobre os resultados dos estudos desenvolvidos. O livro parte do pressuposto de que não pretende propor soluções universais, mas, sim, oferecer um leque de oportunidades que leve cada uma das cooperativas à reflexão, de acordo com suas características e especificidades. "O melhor benefício que se pode esperar é que todos tenham a convicção de que a prática da boa governança pereniza a organização e confere a ...

Ler mais ou responder

Os estrangeiros nunca gastaram tanto no país quanto na Copa do Mundo. De acordo com balanço divulgado nesta sexta-feira (25) pelo Banco Central, os visitantes internacionais deixaram no Brasil US$ 1,406 bilhão, se somados os meses de junho completo e julho até o dia 23. O valor é 41,59% superior aos gastos feitos nos dois meses completos do ano passado (US$ 993 milhões). A Copa do Mundo reverteu o déficit registrado até maio na conta do turismo. Nos cinco primeiros meses deste ano, o acumulado era 5,87% inferior à soma de janeiro a maio de 2013. Se colocados nessa conta os meses do torneio (junho e julho), a soma do ano (US$ ...

Ler mais ou responder

Em conversa com o jornalista Carlos Sardenberg durante o programa dele na rádio CBN, a também jornalista e especialista em finanças Mara Luquet destacou as cooperativas de crédito como instrumentos de negociação com bancos. Além disso, para quem quer conhecer melhor o movimento, que estimula a concorrência entre instituições bancárias, ela indica a leitura do livro Governança Cooperativa – diretrizes e mecanismos para fortalecimento da governança em cooperativismo de crédito. A publicação foi elaborada pelo Banco Central e está disponível para download gratuito. Para ouvir a íntegra do bate-papo dos dois, acesse o site da CBN.

Ler mais ou responder

Pesquisa realizada pelo Banco Central do Brasil ouviu mais de 1.000 pessoas em todo o Brasil entre abril e maio de 2013 com o objetivo de compreender como se dá a relação da população brasileira com o dinheiro. O levantamento perguntou às pessoas, por exemplo, onde elas costumam guardar as cédulas e constatou que, embora 57% façam uso de carteiras, 15% das pessoas deixam as notas soltas na bolsa (o que não contribui para a conversação delas). Com relação aos hábitos de uso, a pesquisa verificou que 100% dos entrevistados fazem uso de dinheiro como forma de pagamento. Meios eletrônicos, como os cartões de crédito e débito, são utilizados com uma frequência bem ...

Ler mais ou responder

Levantamento do Instituto Brasileiro de Economia (FGV/IBRE) indica que os sinais de desaceleração do mercado de trabalho, a antecipação de compras a prazo devido ao aproveitamento do IPI (Imposto sobre Produto Industrializado) reduzido, a alta da inflação e as taxas de juros mais elevadas têm motivado os consumidores a se endividarem. De acordo com a coordenadora da Sondagem do Consumidor do IBRE, Viviane Seda, os consumidores não estão conseguindo pagar suas contas. Em junho, 11,4% dos consumidores ouvidos estavam com dívidas atrasadas há mais 30 dias. De acordo com o quesito especial sobre comprometimento e endividamento da renda das famílias brasileiras, entre junho de 2012 e junho de 2013 essa taxa havia se mantido ...

Ler mais ou responder

A Copa do Mundo já causa impacto positivo no resultado das contas de viagens do Brasil. Um levantamento do Banco Central revela que nos 18 primeiros dias de junho os estrangeiros deixaram US$ 365 milhões no país. O montante é 24% superior ao mesmo período do ano anterior. O estudo revela ainda que as despesas de brasileiros no exterior (US$ 1,1 bilhão), até 18 de junho, caíram em 11% em relação a 2013. A informação foi divulgada pelo chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Tulio Maciel. Para o ministro do Turismo, Vinicius Lages, o impacto do Mundial na conta de viagens é representativo e, a longo prazo, os benefícios serão potencializados. ...

Ler mais ou responder

O Banco Central lançou hoje (11) um aplicativo para celulares e tablets que deve facilitar bastante a distinção das notas de Real entre verdadeiras e falsas. O Dinheiro Brasileiro já está disponível gratuitamente na App Store e na Google Play Store, para dispositivos móveis. A ferramenta fornece informações sobre os elementos de segurança do dinheiro brasileiro. O objetivo é facilitar o reconhecimento das cédulas do Real pela população brasileira e pelos turistas estrangeiros. Ao posicionar o smartphone ou o tablet sobre a cédula, o aplicativo identifica a nota por comparação de imagem. Em seguida, mostra os elementos de segurança que devem ser observados. O sistema está disponível em português, inglês e espanhol. As cédulas do ...

Ler mais ou responder

No último dia 06 de março, o Banco Central publicou dois documentos que tratam especificamente sobre o Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop). O primeiro, a Circular nº 3.700, explica detalhadamente sobre a apuração e o recolhimento das contribuições das instituições associadas ao Fundo. Já o segundo documento, a Carta Circular nº 3.636, divulga os títulos e subtítulos do Plano Contábil das Instituições do Sistema Financeiro Nacional (Cosif), usados como base de cálculo das contribuições ordinárias das instituições associadas ao FGCoop. A partir da publicação dos normativos, fica estabelecida a obrigatoriedade de as instituições financeiras associadas ao FGCoop apurarem os valores das contribuições mensais ordinárias com base nos saldos de determinadas ...

Ler mais ou responder

Pesquisa realizada no final de 2013 pelo Sebrae em Minas Gerais mostrou que, entre os microempreendedores individuais do estado que possuem conta bancária, a maioria (60%) possui conta de pessoa física e a metade desses utilizam essa mesma conta para fazer operações de finanças pessoais e empresariais. Por conta disso, os empreendedores não têm acesso a linhas de crédito específicas e a taxas mais atrativas. Além disso, misturar finanças pessoais e empresariais dificulta a análise financeira do negócio. Para esclarecer os microempreendedores individuais (MEI) sobre questões financeiras que podem ter impacto no resultado dos negócios, o Sebrae em Minas Gerais lançou uma cartilha elaborada em parceria com o Banco Central. A cartilha mostra que, ...

Ler mais ou responder

No ar desde 1999, a Calculadora do Cidadão é uma ferramenta disponibilizada pelo Banco Central do Brasil que permite simular situações do cotidiano financeiro, realizando cálculos de financiamento, correção monetária e outros, a partir de informações fornecidas pelo usuário. A última atualização da ferramenta foi feita recentemente e agora ela oferece um item que trata especificamente de custos no uso do cartão de crédito quando o usuário não pode pagar a fatura integral. A nova funcionalidade permite ao usuário comparar o custo de pagar parte da fatura do seu cartão de crédito com outros tipos de financiamento. Basta entrar com o valor da fatura, o juro ...

Ler mais ou responder

A educação financeira voltada para a tomada de decisões autônomas envolve a compreensão da linguagem do mundo financeiro. Por isso, o Departamento de Educação Financeira do Banco Central do Brasil elaborou um Glossário Simplificado de Termos Financeiros. O documento apresenta definições de palavras, siglas e expressões relacionadas a produtos e serviços do mercado financeiro, utilizando linguagem cotidiana. Todo o conteúdo foi elaborado para ajudar o cidadão a tirar, de forma rápida, suas principais dúvidas quanto ao significado de termos utilizados nesse mercado. No entanto, por se tratar de um universo muito amplo, a publicação destaca que as definições ali apresentadas não esgotam todos os conceitos, produtos e serviços disponíveis no mercado financeiro. Além disso, por serem ...

Ler mais ou responder