CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Centrais de negócios: união de forças para conquistar competitividade no mercado

No segmento da moda, empresas tem se unido para comprar insumos, adotar práticas sustentáveis e qualificar a equipe As redes ou centrais de negócios podem trazer bons resultados para os seus participantes, como, por exemplo, aumentar o poder de barganha. Por meio delas, empresários de todo o país vêm conseguindo, de forma coletiva, criar marcas inovadoras, fazer marketing e publicidade, capacitar seus funcionários, contratar serviços terceirizados e comprar insumos e equipamentos. E as possibilidades não param por aí. No segmento da moda, uma das centrais conhecidas é a Rede Sinvespar – Sindicato das Indústrias do Vestuário do Sudoeste do Paraná, que tem 104 associados – empresários que faturam desde R$100 milhões a ...

Ler mais ou responder

Do Sebrae/SP “Um por todos e todos por um”. O lema dos Três Mosqueteiros pode ser aplicado às micro e pequenas empresas (MPEs) que realizam compra conjunta. Essa modalidade de negociação equilibra as relações comerciais entre grandes e pequenas empresas, ao dar poder de barganha a estas últimas para que consigam preços reduzidos e melhores prazos de pagamento. Para dar certo, uma central de compras precisa seguir o conceito do associativismo, ou seja, todos os integrantes devem ter um objetivo comum ou o mesmo público-alvo. Também é fundamental ter organização. Um bom jeito de começar é buscar itens não tão necessários, como os de escritório, e que não fazem parte da principal atividade da empresa.

Ler mais ou responder
Associativismo: aumente suas oportunidades de negócio

A cooperação entre as empresas é uma forma de torná-las mais competitivas em um mercado muito disputado. Por meio de parcerias, é possível fortalecer o poder de compras, compartilhar recursos, combinar competências, dividir o ônus de realizar pesquisas tecnológicas, partilhar riscos e custos para explorar novas oportunidades e oferecer produtos com qualidade superior e diversificada. Associação é qualquer iniciativa formal ou informal que reúne pessoas físicas ou outras sociedades jurídicas com objetivos comuns, visando superar dificuldades e gerar benefícios para os seus associados. Ou seja, é uma forma jurídica de legalizar a união de pessoas em torno de seus interesses. Como formar uma associação? Em uma associação não existe remuneração para seus dirigentes nem ...

Ler mais ou responder

Com mais de 40 anos de experiência em micros e pequenos negócio, o Sebrae já desenvolveu uma série de soluções para ajudar o empreendedor a alavancar o seu negócio. São ações e informações que trabalham diversos temas - e dúvidas - relacionados ao universo da microempresa. Agora, ele juntou todo esse conhecimento em um amplo conjunto de soluções voltado para o microempreendedor. Trata-se do projeto namedida, elaborado a partir de pesquisas nas 5 regiões do Brasil. Foram coletados dados e informações com colaboradores da empresa e também com empresários, que contaram em detalhes quais são os maiores desafios que enfrentam no dia a dia para gerir uma microempresa. Como ...

Ler mais ou responder
Conheça o namedida, o projeto ideal para a sua microempresa

Com mais de 40 anos de experiência em micros e pequenos negócio, o Sebrae já desenvolveu uma série de soluções para ajudar o empreendedor a alavancar o seu negócio. São ações e informações que trabalham diversos temas - e dúvidas - relacionados ao universo da microempresa. Agora, ele juntou todo esse conhecimento em um amplo conjunto de soluções voltado para o microempreendedor. Trata-se do projeto namedida, elaborado a partir de pesquisas nas 5 regiões do Brasil. Foram coletados dados e informações com colaboradores da empresa e também com empresários, que contaram em detalhes quais são os maiores desafios que enfrentam no dia a dia para gerir uma microempresa. Como lido ...

Ler mais ou responder
É possível cooperar e competir com a concorrência?

No meu último post – Segredos para abrir um negócio e lidar com a concorrência –, falei sobre a concorrência e a importância do empreendedor ou empresário conhecerem seus concorrentes. Neste texto, trago outra abordagem: é possível competir e ao mesmo tempo cooperar com meus concorrentes? A resposta para esta pergunta tenho de pronto: sim. Existem muito modelos de negócios associativos entre empresas, como associações, redes e centrais de negócios. Na maioria dos casos, as associações atuam representando seus membros, que geralmente são de um mesmo setor ou segmento. No entanto, podem ir além e fazer negócios em conjunto, como compras e vendas coletivas, campanhas de comunicação, desenvolvimento de ...

Ler mais ou responder
Sebrae capacita os estados para o Projeto para Revitalização de Espaços Comerciais

Oficinas de capacitação serão oferecidas em Curitiba nos dias 13 e 14 de setembro, para os representantes dos Sebrae estaduais Foto: Sebrae/NA O Comércio Varejista e seu dinamismo são fatores importantes no crescimento econômico do país. A evolução do comércio vem sendo constante no mundo e no Brasil. E para isso, os centros comerciais têm como desafio atualizar-se quanto às necessidades e desejos dos consumidores, agregando valor aos negócios. Para isso, é necessária uma ação conjunta dos empresários desses centros, para que assim ...

Ler mais ou responder
Juntos é mais negócio

Em 2005, um grupo de supermercadistas da Bahia participou de um evento e teve acesso a informações sobre a metodologia de implantação da Central de Negócios, ferramenta desenvolvida pelo SEBRAE, por meio de uma palestra realizada pela Suely Carvalho Santana de Paula, técnica do Sebrae/BA. A ideia de cooperar com o seu concorrente e ainda ganhar com isso chamou atenção desses empreendedores. A partir daí, colocaram em prática suas características empreendedoras e foram em busca de mais informações sobre o assunto, se reuniram e iniciaram o trabalho de construção do grupo. Muitos foram os desafios ao longo do caminho, mas graças ao forte espírito empreendedor e a sedimentação da cultura de ...

Ler mais ou responder

[caption id="attachment_1483" align="alignleft" width="238" caption="Centrais de negócios ajudam pequenas empresas a obterem sucesso compartilhando custos"][/caption] As redes Construtop (Construção Civil) e Superpharma (Farmácias) mostram que o modelo central de negócio pode ser muito vantajoso para empreendedores. Por meio de práticas modernas de gestão e inovação de serviços, essas redes conseguem disponibilizar competitivamente para seus associados diversos benefícios: - Publicidade dos produtos e serviços por meio da distribuição de encartes publicitários e mídia nos principais veículos de comunicação; - Capacitação para os empresários e funcionários; - Melhores condições de negociação com fornecedores; - Padronização do lay out das lojas da rede; - Fardamento/uniformização de funcionários; - Utilização de cartão de crédito próprio (private label). Em São Paulo, a rede Andorinha Hiper Center – que começou como um mini mercado ...

Ler mais ou responder