CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Enviar mensagem

Adicionar pergunta

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Como investir em minimercados?

Antes de um estabelecimento de minimercado, é importante pensar na variedade possível de mix de produtos, fluxo de loja e perfil de público. Com isso, o(a) empreendedor(a) terá condições de buscar no mercado profissionais, modelos de equipamentos e produtos que estejam de acordo com os serviços que serão ofertados.

Ler mais ou responder
Como investir em minimercados?

Antes de um estabelecimento de minimercado, é importante pensar na variedade possível de mix de produtos, fluxo de loja e perfil de público. Com isso, o(a) empreendedor(a) terá condições de buscar no mercado profissionais, modelos de equipamentos e produtos que estejam de acordo com os serviços que serão ofertados.

Ler mais ou responder
BOLETIM TENDÊNCIAS – Estabelecimentos pet friendly recebem animais de estimação

O Boletim de Tendência apresenta dados do mercado pet, oportunidades relacionadas aos estabelecimentos pet friendly, iniciativas possíveis de serem implantadas e a legislação relacionada ao tema. "Presentes em 41% de seus lares, o Rio de Janeiro é a sexta cidade com mais animais de estimação no Brasil. Atentos ao aumento dos direitos dos pets e o crescimento deste mercado, diversos estabelecimentos abrem suas portas também para os bichinhos. O Balada Mix de Ipanema, localizado na capital fluminense, é um exemplo pet friendly que está preparado para receber bem os animais de estimação de seus clientes." - Sebrae Inteligência Setorial Tenha acesso ao conteúdo completo se cadastrando e fazendo ...

Ler mais ou responder
BOLETIM TENDÊNCIAS – Regulamentação dos food trucks

O Boletim de Tendência de junho apresenta as principais questões sobre a regulamentação da atividade de food trucks no Estado do Rio de Janeiro – em específico na capital fluminense, onde encontra-se mais desenvolvida. "Era exatamente o que faltava para o Rio de Janeiro. A gastronomia de rua está presente em várias cidades do mundo, oferecendo uma diversidade de produtos com preços mais acessíveis e uma qualidade inquestionável. A comida sobre rodas é a cara do Rio de Janeiro." - Andreia Constantino, diretora da Acaso/RJ e proprietária do Nômade Truck, em entrevista para o Sebrae Inteligência Setorial. Tenha acesso ao conteúdo completo se cadastrando e fazendo o download

Ler mais ou responder
BOLETIM TENDÊNCIAS – Agricultura Comunitária: parceria entre produtores e consumidores

O Boletim de Tendência de abril, apresenta aos produtores um modelo de parceria, que estimula a produção de alimentos orgânicos e cria uma conexão entre agricultores e consumidores, além de potencializar oportunidades para o setor de alimentos, de forma sustentável e ecologicamente correta. "A parceria deve ser vista como uma estratégia de mercado e desenvolvimento individual [...]. Como cada negócio tem suas estratégias individuais, os parceiros devem levar para a mesa de parceria aquelas ações que não têm força suficiente para serem realizadas de forma individual." - Israel Oliveira, consultor do Sebrae-RJ Tenha acesso ao conteúdo completo se cadastrando e fazendo o download

Ler mais ou responder
Agricultura familiar e alimentação escolar de mãos dadas

A venda de verduras e hortaliças produzidas pela agricultura familiar para escolas da rede pública ajuda o pequeno produtor a desenvolver culturas, manter a mão de obra no campo e se organizar em cooperativas. Em vigor desde 2009, uma lei federal determina que todas as escolas da rede pública devem adquirir produtos da agricultura familiar para compor a alimentação escolar. A compra deve ser feita diretamente com o produtor rural, sem intermediário ou necessidade de licitação, e paga com verba do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A medida resulta em múltiplos benefícios: fortalece os agricultores, coloca alimentação de melhor qualidade no prato dos estudantes e ...

Ler mais ou responder
14 dicas para ter uma franquia de sucesso no setor de alimentação

Matéria publicada no site da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios destaca o fato de que o mercado das franquias de alimentação continua sendo um dos mais procurados por empreendedores interessados pelo franchising. Sendo assim, a revista conversou com dois especialistas, Ricardo Camargo e Filomena Garcia, diretor executivo da Associação Brasileira de Franchising (ABF) e diretora da Franchise Store, respectivamente, para listar os ingredientes de sucesso na hora de abrir uma unidade franqueada ou uma rede de franquias. Para quem quer criar uma rede de franquias, as dicas são: Conheça o mercado. Analise o sucesso da sua empresa Faça tudo dentro da lei Dedique tempo aos manuais e padronização Converse Defina o papel de cada ...

Ler mais ou responder
Fábrica de conservas

Montar uma fábrica de conservas requer planejamento e atenção para com as exigências e normas, que legislam a manipulação de alimentos. Oportunidades para esse tipo de empreendimento são grandes, bastando observar as prateleiras dos supermercados para constatar a oferta abundante desses produtos.  Hoje, é praticamente impossível cozinhar sem contar com eles. O setor de alimentação no Brasil tem sido um dos que mais cresce e reflete a ampliação do mercado de consumo, assim como o ciclo virtuoso da economia do país. Além desse aspecto, vale ressaltar a diversidade de legumes e vegetais da agricultura brasileira, com suas cores e aromas encantadores, e que são a matéria-prima das conservas. A procura por alimentos ...

Ler mais ou responder
Minimercados: comportamento de consumo

Apesar da desaceleração econômica que começou a afetar o País em 2012, o rendimento disponível continuou a aumentar no País. Muitos consumidores, pela primeira vez, foram capazes de diversificar a gama de produtos comprados em supermercados. Como ressalta o Estudo Setorial Minimercados, produzido pelo Sebrae Nacional, em vez de comprar apenas itens básicos como: arroz, óleo e feijão, os consumidores brasileiros começaram a comprar produtos e novidades de valor agregado, aumentando o consumo de produtos de origem alimentícia e de cuidados com a higiene. Esses produtos podem ser facilmente encontrados em pequenas lojas de bairro como mercearias e supermercados independentes. Constam como itens mais consumidos, além do básico, ...

Ler mais ou responder