CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Enviar mensagem

Adicionar pergunta

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Super franqueados são valorizados no mercado de franquias

Fonte: Suafranquia.com

Na contramão de um momento de baixo crescimento do varejo brasileiro, o setor de franquias vem desafiando a lógica do mercado e conseguindo expandir-se significativamente. Inserido nesse cenário, está um grupo de empresários que vem transformando pequenos negócios em empresas solidificadas. A evolução acima da média está chamando a atenção dos franqueadores. Esses são os super franqueados – um mesmo empresário que se torna responsável pela abertura de duas ou mais lojas –, que recebe destaque pela participação direta no crescimento de uma rede de franquias.

Valorizado pelo seu franqueador por ser um ótimo caminho para o crescimento físico e o fortalecimento do branding da marca, o “super franqueado” tende a ser uma figura mais exigente. Por saber de sua relevância no negócio, ele passa a ter um poder de negociação maior na rede, ganha força e poder de influência, podendo ser visto como formador de opinião pelos demais franqueados. A rede Megamatte possui no casal Christiane Bonan e Raul Bonan um exemplo de super franqueados. Eles abriram, em 2008, uma unidade da marca no shopping Cittá América, na Barra da Tijuca (RJ). Hoje, eles têm quatro franquias da rede na Barra e no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste da cidade, e estão montando a quinta unidade, na mesma região.

A construção de um planejamento é fundamental para consolidar o sucesso da empresa, segundo o casal de empresários. “O segredo é muito trabalho e organização financeira. Também precisamos estar sempre à frente no negócio, motivando e incentivando nossa equipe”, afirmam Christiane Bonan e Raul Bonan. “Na hora de escolher a franquia participamos de várias palestras sobre franquia e nos identificamos com a Megamatte por oferecer produtos de alta qualidade e propiciar aos clientes produtos mais saudáveis”, completam.

Para o diretor-executivo da rede Megamatte, Julio Monteiro, a responsabilidade de formar super franqueados é também das empresas franqueadoras. “Manter uma rede satisfeita é o maior desafio de uma franqueadora. Para que esse objetivo seja alcançado com excelência, cabe à detentora do know-how atuar de forma horizontalizada, entendendo as necessidades e planejamento de suas ações. Processos realizados em sinergia com a marca é o grande diferencial que uma rede de franquias pode oferecer, consolidar todos os interesses é o grande desafio” esclarece.

“A Megamatte tem muito cuidado ao aprovar novos franqueados. Esse zelo se dá pelo fato de que para se ter uma Rede saudável, o primeiro passo é termos fraqueados competentes e com afinidade com nosso negócio”, exemplifica Julio Monteiro.

O diretor-executivo afirma que o cenário econômico vivido no Brasil era muito favorável para novos investidores até o final de 2014, visto que o fomento para viabilizar investimentos era um dos objetivos das instituições financeiras, diferente dos dias atuais. “O grande desafio é atrair investidores de uma classe inferior, que buscam uma independência financeira com o cenário econômico presente. Mesmo com todas essas dificuldades, o segmento de franchising por estar no auge e mantendo a constância de crescimento ainda possui condições e parcerias com instituições parceiras atrativas para esses investidores-franqueados”, aponta o executivo.
Apesar das atuais interpretações sobre o varejo brasileiro, a expectativa no setor de franchising é bastante otimista. Segundo Julio Monteiro, o setor apresenta um crescimento relevante nos últimos, anos superando a economia global do país, o que fortalece a expansão da Megamatte que tem como objetivo abrir mais de 25 unidades no Brasil até o final de 2015. “As metas são grandiosas e a Rede espera um aumento de 20% no faturamento em relação ao ano anterior. Atualmente, a Megamatte conta com 118 unidades, distribuídas por sete estados brasileiros (RJ, SP, MG SC, DF, CE e PR). Em 2014, a rede inaugurou 14 unidades, incluindo a primeira microfranquia. Com um faturamento de R$101 milhões em 2014, a empresa obteve um aumento de 17% na receita frente ao ano de 2013”, conclui.

Para o economista Fabrício Tepedino, o rendimento de suas unidades fraqueadas é mais relevante que o número de franquias em si. Fabrício comanda duas das 35 lojas da rede de Colchões Sonobello e mantém a visão realista para administrar seu negócio. “O segredo é trabalho e dedicação. Algumas pessoas têm uma visão um pouco distorcida e acham que, quando abrem seu próprio negócio, trabalharão menos. Mas, para que o negócio tenha sucesso, o franqueado precisa estar presente no dia a dia da loja e trabalhando lado a lado com seus funcionários”, explica o empresário.

Formado em Economia, Fabrício Tepedino utiliza diariamente seus conhecimentos para tomar as melhores decisões possíveis para ver sua empresa crescer. “Entrei na Sonobello para participar do processo de transformação da empresa em franqueadora junto à Associação Brasileira de Franchising (ABF). Diante do sucesso, também me tornei franqueado e, hoje, possuo a unidade que é a primeira em número de vendas em toda a rede” comemora. “No Brasil, qualquer empreendedor terá dificuldade, seja franqueado ou não. A diferença é que, quando nos tornamos um franqueado, temos todo o suporte técnico, além de que operamos uma marca já testada e reconhecida no mercado”, esclarece.

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosDeixa eu ver qual é