CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Simulador mostra supermercados mais baratos da cidade

Simulador mostra supermercados mais baratos da cidade

Ferramenta da Proteste possibilita ao consumidor descobrir onde as compras saem mais em conta em sua região.



A Proteste Associação de Consumidores publicou, nesta segunda-feira, a sétima edição de seu Guia de Preços de Supermercados, fruto de um levantamento realizado em 1.156 pontos de venda em 20 cidades de 13 estados mais o Distrito Federal. Um simulador de preços está disponível no site da Proteste, para que o consumidor possa pesquisar os supermercados mais baratos da sua região.
Existem duas maneiras de usar o simulador. Numa, o usuário pesquisa os supermercados mais baratos da sua região segundo cestas montadas pela própria Proteste. Na outra, é possível montar a própria cesta de compras e fazer uma pesquisa completamente customizada. Em ambas as modalidades, o consumidor pode personalizar a pesquisa priorizando preço ou marca dos produtos. Os resultados são listados em ordem de diferença de preços em relação ao supermercado mais barato da cidade. Neste sétimo ano de pesquisa, Brasília continua sendo a cidade com a maior conta de supermercado para quem prefere adquirir as marcas líderes de venda, enquanto Pernambuco apresenta o menor preço médio. A diferença entre as duas cidades é de 19%. A cesta que prioriza preço baixo, por sua vez, foi mais cara no Rio de Janeiro, onde o preço foi 25% mais alto do que na cidade mais barata, São Luís. O levantamento da Proteste mostra ainda que o consumidor pode encontrar diferenças de preço gritantes no simples ato de atravessar a rua. Por exemplo, no Rio de Janeiro, a diferença de preços da cesta de produtos mais completa chega a 22% entre dois supermercados que ficam na mesma rua em Copacabana – o Pão de Açúcar, mais caro, e o Mundial, mais em conta. Foram pesquisados pontos de venda em Belo Horizonte, Brasília, Campinas (SP), Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Guarulhos (SP), Jaboatão dos Guararapes (PE), João Pessoa, Natal, Niterói (RJ), Olinda (PE), Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Luis, São Paulo, Vila Velha (ES) e Vitória.

Os preços mais em conta foram encontrados nos mercados de atacado. O Atacadão foi o mais barato em nove cidades pesquisadas, enquanto o Makro foi o mais em conta em cinco delas. É claro que esses estabelecimentos apresentam o inconveniente de vender os produtos em embalagens enormes. Mas pelo simulador é possível descobrir quais varejistas apresentam preços próximos aos deles.

Alguns produtos chegam a apresentar diferenças de preços de até 200%. É claro que em cidades muito extensas não será vantajoso rodar grandes distâncias para comprar nos locais mais baratos. Mas muitas vezes, se deslocar um pouco mais até o mercado mais barato da sua região pode valer a pena. Acesse e simule: http://www.proteste.org.br/financas-pessoais/guia-de-supermercado-s520711.htm

Fonte: Exame.com
Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae