Cadastrar

Entrar

Esqueceu a senha?

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por e-mail.

Desculpe!, Você precisa se logar para perguntar.

Você precisa se logar para postar no Blog

Saiba como funciona o ciclo PDCA

Saiba como funciona o ciclo PDCA

Quando decidimos empreender, podemos encontrar diversos desafios pelo caminho que precisam ser superados. Para se fazer uma gestão empresarial eficiente, é preciso contar com algumas ferramentas eficazes para que todas as ações fiquem mais assertivas e evitar prejuízos constantes. Você conhece o ciclo PDCA? Se a resposta for negativa, gostaríamos de te convidar para ler todo esse artigo que vai te mostrar o funcionamento desse importante recurso, que é essencial na gestão de qualquer empresa. Bora lá!

O que é o ciclo PDCA? 

Trata-se de uma das ferramentas mais versáteis e eficazes para fazer uma gestão empresarial de forma eficiente. Com ela, o gestor pode implantar programas que visam melhorar a execução das tarefas no dia a dia e até implementar processos mais inovadores dentro da sua empresa. Todas as etapas que formam o ciclo PDCA precisam ser bem implementadas para que aconteça uma gestão eficiente. Vamos entender melhor o que cada letra quer dizer:

(P) Plan: planejamento das ações

Não existe uma gestão empresarial eficiente sem um bom planejamento das ações que serão executadas. Além disso, o empreendedor precisa ter muita resiliência para superar os obstáculos do cotidiano, que não são poucos. Por isso, o primeiro passo do ciclo PDCA é a definição de tudo aquilo que deverá ser feito para que os objetivos sejam alcançados efetivamente.

O planejamento é um processo complexo e pode ter diversas etapas envolvidas. Todas as ações precisam ser bem pensadas para que sejam as mais assertivas possível, já que os erros de planejamento podem sair bem caro. Nessa fase, é necessário fazer uma análise minuciosa dos objetivos, que precisam ser realistas e possíveis de serem alcançados. Se for o caso, conte com a ajuda de uma consultoria especializada no assunto.

Um bom curso de PNL pode te ajudar a fazer o planejamento das ações. Essa metodologia aprimora a sua comunicação no dia a dia, deixa os seus comportamentos mais assertivos e elimina da sua mente todos os obstáculos emocionais que impedem o seu progresso profissional. Vale muito a pena!

(D) Do: faça o que foi planejado

Depois que todas as ações foram bem planejadas, chegou a hora de executá-las. O gestor deve colocar tudo em prática como forma de garantir mudanças positivas no dia a dia da organização. De nada adianta gastar um tempo demasiado no planejamento das ações, se ele não for executado conforme deveria. Tudo pode ir pelo ralo, certo? Por isso, planeje, depois execute.

Nessa etapa, é preciso contar com ferramentas que vão apontar se tudo está saindo conforme o previsto ou se é necessário fazer pequenas alterações para que todas as ações previstas no planejamento sejam executadas da melhor forma possível. Durante a execução, o gestor e os responsáveis devem ter o máximo de atenção para que erros não aconteçam. Uma boa dica é fazer o uso de indicadores-chave de desempenho (KPIs).

(C) Check: verifique os resultados obtidos

Depois que as duas primeiras etapas foram devidamente concluídas, é hora de verificar se os resultados foram satisfatórios ou se houve falhas em determinados momentos. Essa verificação pode ser feita de diversas maneiras e fica a critério de cada empresa. O gestor pode optar apenas por fazer uma mera observação ou uma pesquisa mais aprofundada. Mais uma vez: é preciso ter o máximo de atenção para não tirar conclusões equivocadas.

Vale salientar que todos os resultados devem ser registrados, pois a intenção deve ser criar um banco de dados que possa ser consultado no futuro, além de servir de comparação com outros resultados. A análise dos indicadores é fundamental para estipular metas mais realistas e ter uma noção daquilo que pode ser mudado para que os números sejam mais expressivos. Sem uma análise fria dos resultados concretos, nada vai fluir como deveria.

O gestor precisa ter em mente que, alcançar o sucesso pode até ser complicado e demandar um considerável esforço da sua parte. Mas quando se alcança pode ser extremamente recompensador. Ter uma mente milionária pode ser o trampolim para ter o sucesso esperado, independente do nicho de atuação de um negócio.

(A) Act: ação com base nos resultados

Por fim, a última etapa do processo consiste em agir com base nos resultados alcançados, para que as melhorias sejam constantes na gestão da sua empresa. Os indicadores é que vão determinar quais serão as ações do gestor. Se eles forem satisfatórios, é necessário manter o que está sendo feito e aprimorar as ações no dia a dia, para que tudo aconteça sem imprevistos, o que é sempre bem-vindo.

Agora, se porventura os resultados forem negativos ou aquém do esperado, é fundamental identificar as falhas e resolvê-las o mais depressa possível. Afinal de contas, é preciso que os resultados no futuro sejam maiores, pois eles são os principais responsáveis pela competitividade de qualquer empresa. Sem resultados satisfatórios, o progresso pode passar bem longe. Por isso, é essencial que todas as ações sejam baseadas exclusivamente neles.

É preciso ter o amadurecimento necessário para entender que a ferramenta PDCA é um ciclo, ou seja, não há um final estabelecido. Quando a organização atinge os resultados desejados, o gestor deve buscar o constante crescimento através de desafios ainda maiores. Sendo assim, todo o negócio ficará no lucro, já que estará bem mais consolidado e competitivo no mercado, além de se tornar um chamariz para os investidores.

Viu como o ciclo PDCA pode ser um recurso eficaz para uma organização que almeja o crescimento e se tornar uma referência de sucesso? Agora é com você!

Venha para o IBND

Os cursos do IBND são ministrados por profissionais altamente capacitados e com larga experiência no mercado. Aqui, o nosso compromisso é a sua realização como ser humano.

O IBND oferece soluções personalizadas que podem contribuir para o seu sucesso profissional e pessoal. Em nossa instituição, cobramos um preço justo e priorizamos o seu aprendizado. Esperamos você!

Rodrigo Huback de Azevedo

Rodrigo Huback de Azevedo

Entrou no jogo
Mais de 10 anos dedicados ao desenvolvimento humano; Mais de 15 anos empreendendo em alta performance; Pedagogo; Master Trainer em PNL; Master Trainer em Coach; Membro Trainer de Excelência na NLPEA; Membro Trainer da ANLP; Trainer Comportamental; Hipnoterapeuta.

You must login to add a comment.

Posts relacionados