CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Remarketing: ferramenta online para conquistar clientes indecisos

Remarketing: ferramenta online para conquistar clientes indecisos

A ferramenta online permite divulgar seus produtos e serviços em sites parceiros, lembrando o potencial cliente da oferta e reforçando a marca em suas mentes. Saiba como utilizar o retargeting ou o remarketing para aumentar as vendas do seu site.

alvo_mercadoVocê provavelmente já foi “perseguido” por banners de anúncios de algum produto ou serviço que estava pesquisando anteriormente: uma promoção de passagem para determinado destino, um tênis, um desconto na roupa que você estava procurando. Não, isso não é uma coincidência, e sim o retargeting ou o remarketing entrando em ação.

Você pode utilizar o retargeting ou o remarketing a favor de seus negócios – tanto B2B quanto B2C. O seu objetivo é aumentar a conversão, ou seja, a venda. É uma ferramenta de Marketing Virtual que visa conquistar o cliente que não realizou a compra, após acessar informações sobre o produto/serviço na Internet.

Boa parte das pessoas que veem uma oferta online pela primeira vez não realizam a compra imediatamente. Segundo o Google Adwords, nos casos de e-commerce, 97% dos visitantes de um site não fecham negócio na primeira visita.

O retargeting é uma possibilidade converter o cliente, lembrando-o da oferta e vantagens do produto/serviço e reforçando a marca em suas mentes. É usado logo após a visita do potencial cliente a seu site, para aproveitar a familiaridade com a marca. Esta exposição contínua da sua marca aumenta o recall/memorização da marca e reforça a sua credibilidade e notoriedade.

Como funciona?

O remarketing é uma ferramenta virtual. Para utilizá-lo, o site de venda precisa ativar essa opção colocando um bloco de código JAVA/HTML nas suas propriedades. Com isso, ao entrar no site com o código, um cookie (que funciona como se fosse um carimbo) é armazenado no computador do usuário, possibilitando que a ferramenta identifique o perfil do consumidor e exiba posteriormente anúncios deste mesmo site em outros sites parceiros da ferramenta ou nas páginas de resultados dos sistemas de busca.

Dessa forma, o internauta é impactado por novos anúncios durante algum tempo – geralmente 30 dias.

Conteúdos dos anúncios

Com a instalação do bloco de código JAVA/HTML no site ou adesão a uma plataforma – como o Google Adwords, AdRoll, Re Targeter e FetchBack –, o próximo passo é pensar em estratégias para criar anúncios atrativos e páginas que realmente convertam o usuário em cliente.

Como as ferramentas mapeiam o perfil dos usuários do site, os negócios podem elaborar os anúncios com base em dados como que URLs relacionadas a determinado produto foram acessadas; e quem entrou na página de preços e/ou realizou uma compra no site. A partir destas informações, é possível escolher para qual público os anúncios serão direcionados.

Não pode faltar na campanha de remarketing da sua empresa:

– Selecione bem o público-alvo, que deve ter um perfil com grande chance de ser impactados pelo remarketing;

– O conteúdo do anúncio deve ser produzido de acordo com o perfil do público-alvo. Deve trazer informações que atendam aos seu interesse. Por exemplo, se o potencial cliente entrou na página de preços de determinado produto de seu site, pode exibir para ele anúncios sobre o produto, com talvez um desconto atrativo;

– Os anúncios devem ser direcionados para páginas (URLs) atrativas esteticamente e com conteúdo interessante sobre o produto/serviço anunciado. É um erro linkar o banner para a home do site. A missão do anúncio é ajudar o usuário a encontrar seu objetivo – descobrir as vantagens de comprar o produto ou contratar o serviço;

– Acompanhe o resultado das campanhas, ficando de olho em métricas como  o CPC (Custo por Clique) e CPA (Custo por Aquisição). Com isso, é possível ir ajustando as estratégias de acordo com os resultados;

– Tome cuidado com o excesso de exibições para um determinado usuário para não cansá-lo. É recomendado não termos mais do que 10 visualizações por pessoa;

– Divulgue apenas um produto ou um serviço em cada anúncio.

Com informações dos blogs Resultados Digitais e WSI.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae

Esse é o perfil institucional do Sebrae nessa comunidade. Quer saber mais sobre o Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas? Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/o_que_fazemos

Me siga