CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Quando a oportunidade encontra o sucesso

Uma pequena fábrica de chinelos de borracha que surgiu na garagem da residência da empresária Rosângela Golmia produz, atualmente, 22 mil pares de chinelos por mês.  Atendendo a eventos corporativos, formaturas, aniversários e casamentos, este correspondendo a 70% da demanda, a Só Chinelos tem obtido um crescimento de 50% ao ano.

De olho nas oportunidades de negócios da Copa do Mundo FIFA 2014, a empresa iniciou o desenvolvimento de peças temáticas, por considerar o Mundial uma chance a mais da consolidação das vendas de seus produtos no mercado. O resultado já está sendo colhido, pois a empresa está atendendo pedidos de muitas empresas.

Conhecer histórias de sucesso é uma etapa importante para a inspiração de empreendedores. Por isso, o Sebrae selecionou este caso da Só Chinelo, além de outros que contam um pouco da trajetória de empresas que atuam em setores econômicos diferentes.

Saiba mais sobre o setor de calçados

 Os calçados, especialmente os de plástico e borracha, revelam oportunidades tanto na produção brasileira como na comercialização para o mercado interno. Para essas categorias, que são os mais consumidos no País, quase não há importação.

Veja o volume da produção nacional em milhões de pares, por tipo, ocorrida entre 2009 e 2011.

Em média, o brasileiro consome 4,1 pares de calçados por ano, o equivalente a R$ 117,28 ou US$ 60,00 em valores de fábrica, sem o mark-up do varejo (valores de referência para o ano de 2012). Em quatro anos, este crescimento foi de 11% em número de pares por habitante no país, mesmo com um crescimento populacional superior a 6% no período.

A pesquisa Mercado Potencial de Calçados em Geral, realizada anualmente pelo Núcleo de Inteligência do Mercado do Instituto de Estudos e Marketing Industrial (IEMI), estima que o consumo aparente nacional (resultado da soma da produção com as importações, menos as exportações), tende a crescer 8,9% em 2013, em valores nominais (sem descontar a inflação).

A indústria de calçados tem um importante papel econômico e social para o Brasil e é um importante setor na constituição da indústria da transformação. O Brasil é o terceiro maior produtor em nível mundial e o oitavo maior exportador até 2010, segundo dados da World Shoe Review.  São mais de oito mil estabelecimentos dedicados à fabricação de calçados e cerca de 300 mil postos de trabalho.

 

 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae

Esse é o perfil institucional do Sebrae nessa comunidade. Quer saber mais sobre o Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas? Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/o_que_fazemos

Me siga