CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Qual o melhor momento para fazer um empréstimo?

Qual o melhor momento para fazer um empréstimo?

O empréstimo bancário é uma das soluções de crédito mais conhecidas do mercado financeiro nacional. Amplamente divulgada e de fácil acesso para a maioria da população, esta oferta acaba sendo uma das principais saídas na hora de uma emergência ou para fazer o pagamento das dívidas mais altas. Mas qual é o momento ideal para solicitar um empréstimo?

Fazendo uma análise por época do ano, não há um momento certo para pedir empréstimo, em que a taxa de juros esteja mais baixa. Portanto, outros pontos precisam ser analisados antes de fazer sua solicitação, veja:

Para cobrir gastos maiores

O momento certo de fazer um empréstimo é quando há gastos maiores a serem cobertos. Em períodos emergenciais e situações em que é preciso ter dinheiro à vista, o acesso a empréstimo pessoal, consignado ou com garantia favorece o controle da situação. Portanto, em momentos em que o orçamento aperta, recorrer ao empréstimo pode ser uma ótima solução.

Quando o objetivo é sair da inadimplência

Em abril de 2020, o total de brasileiros negativados chegou a 62,83 milhões, o equivalente a 40% da população adulta do país. Portanto, se você quer deixar essa estatística, um dos caminhos possíveis é recorrer a um empréstimo bancário. Sabendo o valor total das dívidas em aberto, é possível negociar melhores condições pagando à vista. 

Quando a proposta cabe no orçamento

O melhor momento para pedir um empréstimo, seja por qualquer motivo, é quando o valor das parcelas faz sentido e cabe no orçamento. Calcular cuidadosamente o quanto precisa de dinheiro, por quanto tempo e quanto custará cada parcela é a melhor forma de optar ou não por uma solução de crédito bancário. Portanto, a cautela e os cálculos são os melhores companheiros de um orçamento organizado e livre de dívidas. 

A questão da Selic

A Selic, taxa básica de juros da economia brasileira, é o principal recurso do governo para controlar a inflação no país. Portanto, a Selic é a taxa de juros praticada em todas as operações de instituições financeiras que usam títulos públicos federais como garantia dos valores que emprestam a clientes.

Dessa forma, se a Selic cai, os bancos pagam menos pelos títulos do governo e, assim, emprestam dinheiro a clientes com juros menores. Isso significa que, um bom momento para recorrer a um empréstimo é quando a Selic está baixa. 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Sobre Carolina GlogovchanSabe das coisas

Jornalista por formação e profissional atuante em conteúdos para link building, redação comercial, institucional, releases e matérias jornalísticas, além de revisão. Domínio de técnicas SEO para posicionamento de termos e curiosa sobre diferentes assuntos.

Deixe um comentário