CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Qual a diferença entre NF-e e NFC-e?

Qual a diferença entre NF-e e NFC-e?

Toda venda de um produto ou serviço, deve ter um meio de comprovar a transação, ou seja, a nota fiscal.

Mas, o sistema tributário brasileiro tem diversos modelos de notas fiscais diferentes e que podem confundir as pessoas na hora de as utilizar.

Como o caso da nota fiscal eletrônica e da nota fiscal do consumidor eletrônica, ambas com algumas funcionalidades em comum, mas feitas para serviços diferentes.

Portanto continue lendo para entender qual a diferença entre NF-e e NFC-e!

NFC-e – Nota fiscal do consumidor eletrônica

A nota fiscal do consumidor eletrônica ou NFC-e é um documento fiscal que serve para as transações realizadas entre uma empresa e o consumidor final.

Esta nota veio para substituir a nota fiscal modelo 2 e o cupom fiscal.

Sendo assim a NFC-e é muito utilizada pelo varejo.

Esse modelo eletrônico veio para agilizar o processo fiscal e reduzir os gastos, já que com a implantação da NFC-e deixa de ser necessário se ter uma impressora fiscal.

Contudo, em alguns casos pode ser que preciso emitir o DANFE, documento auxiliar de nota fiscal eletrônica, uma NFC-e simplificada que deve ser entregue ao consumidor.

A DANFE tem informações como chave de acesso da NFC-e, QR code para consulta de NFC-e e endereço, remetente e destinatário para casos de entregas a domicilio.

Afim de facilitar a entrega de NFC-e você pode utilizar um software emissor, como o Nota Varejo, que envia automaticamente a assinatura digital e a transmissão do XML para a SEFAZ.

Além de possibilitar o envio do XML por e-mail a seu cliente.

NF-e – Nota fiscal eletrônica

A nota fiscal eletrônica ou NF-e é um documento gerado digitalmente pela empresa que esta realizando transação comercial de venda do produto.

Ela é valida para auxiliar no recolhimento de impostos, além de funcionar como recibo. Auxiliando na segurança de todos os envolvidos no processo.

Deste modo a NF-e moderniza o sistema de emissão de notas fiscais, não sendo mais preciso haver a impressão e retira a possibilidade da nota se extraviar.

Contudo existem muitas duvidas pertinentes a qual nota emitir, pois, ambas as notas, NF-e e NFC-e, servem para venda de produto.

Logo, a grande diferença é que a NFC-e é destinada a venda para consumidor final e a NF-e para as demais operações.

Entenda melhor as diferenças a seguir!

NF-e X NFC-e

A maior diferença entre a NF-e e NFC-e é a quem as notas são destinadas.

Como já dito a NFC-e é destinada ao consumidor final enquanto a NF-e fica responsável pelas demais transações.

Sendo assim, enquanto a nota fiscal do consumidor eletrônica veio para substituir o documento fiscal emitido pelo ECF a nota fiscal eletrônica substitui as antigas notas fiscais impressas modelos 1 e 1A.

Ambas são muito confundidas na hora da utilização por terem um funcionamento parecido.

Ambas as notas são um documento fiscal transmitido do estabelecimento para a SEFAZ emitido via internet.

Além de as duas notas necessitarem das mesmas coisas para serem emitidas, como:

  • Inscrição Estadual;
  • Certificado Digital de Pessoa Jurídica (padrão ICP-Brasil);
  • Credenciamento na SEFAZ;
  • Código de Segurança do Contribuinte (CSC – token);
  • Software Emissor;
  • Impressora;
  • Acesso a Internet.

Entretanto existem mais algumas diferenças além do público destinado.

E nesse caso é a respeito do DANFE, o DANFE NFC-e é um documento bem mais simplificado do que o DANFE NF-e que apresenta relações de compra do produto.

Assim como, para o caso da NFC-e quando a entrega é realizada a domicilio é necessário ter a presença do DANFE.

Sendo assim, é muito importante que o comerciante varejista esteja ciente da função das duas notas para evitar falhas e prejuízos.

Com todas essas diferenças e afim de facilitar seu trabalho adquira um Software Emissor para lhe auxiliar.

Economize tempo e modernize seu negócio.

O Nota Varejo realiza o envio automaticamente da assinatura digital e transmissão do XML para a SEFAZ e por e-mail a seu cliente.

Sendo a solução para seu negócio, superando as expectativas e que não pesa no bolso.

Afinal se manter legalizado e trazer comodidade a você e seu cliente não tem preço!

O Nota Varejo emite todas as principais notas fiscais do mercado, para cerca de 600 cidades no país.

Por meio dele você será capaz de economizar tempo, pelo sistema armazenar e identificar os dados do cliente.

O Nota Varejo fornece planos mensais, semestrais e anuais, com um valor extremamente acessível.

Então não perca tempo, teste por 30 dias grátis e otimize seu trabalho.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Comentário ( 1 )

  1. E as notas triangulares? Por exemplo, um revendedor de Fita adesiva personalizada que compra o material de uma fabricante e vende para o consumidor final, fazendo apenas a intermediação.
    Falo deste tipo de negociação, por que pode ocorrer conflitos de nota fiscal.

Deixe um comentário

Sobre GrandChefEspecialista


Me siga