CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Projeções para o mercado de orgânicos

Projeções para o mercado de orgânicos

121

A maioria da produção orgânica nacional ainda deverá ser destinada ao mercado externo. Porém, a rápida elevação da demanda interna, impulsionada pelo crescente número de consumidores que tem procurado alimentos mais saudáveis, de melhor sabor e que preservem o meio ambiente, sinalizam para o aumento da produção e consumo interno destes produtos.

Os analistas avaliam que a longo prazo a indústria orgânica terá um crescimento anual otimista. A agropecuária brasileira é atualmente uma das mais competitivas do mundo, sem subsídios.

De acordo com a Organização Mundial do Comércio (OMC), o mercado mundial de produtos orgânicos ultrapassou os US$ 26 bilhões em 2004, dos quais US$ 100 milhões de produtos brasileiros.

Alimentos certificados

O crescimento da agricultura orgânica certificada será determinado a partir das forças de mercado, que incluem o interesse da sociedade com a segurança do alimento, o interesse de empresas multinacionais em produtos orgânicos e a ênfase no papel da agricultura em fornecer bens públicos.

Em 2010, o mercado cresceu cerca de US$ 94 bilhões nos países com mercados orgânicos certificados ou entre 3,5 e 5% no mercado global de alimentos. Se as vendas de produtos orgânicos têm crescido rapidamente nos últimos anos, em razão das questões de segurança alimentar, é provável que as taxas de crescimento sejam mais lentas nos próximos anos.

Mercado internacional

Os mercados consumidores são afetados pela dinâmica populacional e pela evolução da renda. Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), em 2050, a população mundial será de aproximadamente sete bilhões de pessoas. O processo de envelhecimento da população na Europa deverá continuar, sendo que a Europa Oriental deverá apresentar reduções em sua população.

Quanto à evolução da renda no mundo, estima-se que em 2050, o Produto Interno Bruto (PIB) das economias da China, Índia, Rússia e Brasil juntos atingirão a soma de US$ 84,5 trilhões. Assim, a região asiática deverá ser o polo concentrador do crescimento econômico e populacional, continuando a exercer papel fundamental no comércio internacional e no mercado de produtos agrícolas.

Os países da União Europeia, os Estados Unidos e o Japão deverão contribuir positivamente para o setor de agronegócio, não tanto pelo crescimento de seus mercados consumidores, mas sim pela redução dos seus mecanismos de proteção às importações.

Os países em desenvolvimento estão começando a se beneficiar com as oportunidades do mercado de produtos orgânicos. Porém, sob as circunstâncias atuais, os grandes produtores estão mais preparados para alcançar os mercados internacionais. A quantidade limitada de produtos orgânicos, os padrões de qualidade e as normas governamentais para a produção orgânica de países em desenvolvimento podem limitar o atendimento à demanda para alimentos orgânicos em mercados como Estados Unidos, Europa e Japão.

O acesso à inspeção e à certificação e a necessidade de desenvolver novas formas de processamento do alimento orgânico são os principais desafios para que as empresas se mantenham bem colocadas no mercado orgânico nos próximos anos.

 

Quer saber mais sobre a maturidade do mercado de orgânicos? Veja em: http://www.sustentabilidade.sebrae.com.br/Sustentabilidade/Not%C3%ADcias/A-maturidade-do-mercado-de-produtos-org%C3%A2nicos

 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae