CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Produção de cafés certificados cresce no Brasil

Produção de cafés certificados cresce no Brasil

Segundo matéria divulgada pelo Sebrae Minas, o Brasil é líder na produção de cafés com certificações internacionais.

sebrae mercado, Produção de cafés certificados cresce no Brasil

O consumo de café durante a Copa do Mundo da FIFA 2014 foi uma tendência tanto pelos turistas nacionais quanto pelos estrangeiros, dessa forma, para conquistar o público, o produto teve que apresentar qualidades diferenciadas de seus concorrentes, como: sabor, aroma, torra, região de origem, etc. Dessa forma, as certificações para o segmento surgem como uma possibilidade de garantir ao consumidor a qualidade do café que será adquirido, além de melhorar a visibilidade do produto no mercado e possibilitar um valor de venda maior.

Segundo matéria divulgada pelo Sebrae Minas, o Brasil é líder na produção de cafés com certificações internacionais, e a previsão é de que até 2015 o país seja responsável pela produção de 25% dos cafés certificados, contra 8% em 2013. Dessa forma, além de ser uma tendência, comercializar um café certificado poderá garantir a presença da pequena propriedade rural entre as marcas a serem consumidas tanto pelo público interno quanto pelo externo, além de criar a oportunidade de negócios futuros advindos do consumo deste produto durante a competição.

Contudo, cabe destacar que o processo de certificação em propriedades rurais já estruturadas ocorre em um tempo menor que em propriedades que ainda precisarão adequar grande parte de sua estrutura.

Como exemplo, você pode conferir algumas das certificações que podem ser conquistadas pelos pequenos negócios do setor:

Indicações Geográficas (Procedência e Origem): Permite a valorização de produtos regionais veiculados à determinada região do país, ou seja, esta certificação busca garantir notoriedade e exclusividade ao café produzido na região. Como exemplo de uma certificação regional de destaque, o Certifica Minas Café tem como objetivo colocar o café mineiro em evidência no mercado mundial, fortalecendo assim as marcas certificadas.

Comércio Justo: O “Fair Trade” sintetiza a responsabilidade social, sustentabilidade e competitividade para os produtores rurais, buscando integrar as relações comerciais duradouras, transparentes e justas. Além disso, esta certificação é uma forma de inserir cooperativas de empreendedores de pequenas propriedades rurais no mercado internacional. O conceito do comércio justo é divulgado pela Fairtrade International e a certificação pode ser conquistada FLO-CERT, certificadora independente.

PCS – Programa Cafés Sustentáveis do Brasil: Administrado pela Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC), a certificação aborda a sustentabilidade econômica, ambiental e social. Para receber o selo PCS, o café deverá ter uma certificação de organismos reconhecidos como Fair Trade, 4C, Rainforest, Orgânicos ou Selo do Café do Cerrado.

Outras certificações podem ser consultadas no portal da ABIC.

Para o empreendedor de pequenas propriedades rurais, o café possui um grande potencial de consumo voltado para o turismo em época de megaeventos, como exemplo a Copa do Mundo que aconteceu em Junho deste ano, porém para vender mais o produto precisa apresentar qualidade. As certificações são uma das formas de entregar ao consumidor um produto de qualidade e com relevância tanto nacional quanto internacionalmente. Por fim, como o processo de obtenção de uma certificação interfere na estrutura da propriedade rural, é essencial que o produtor busque auxílio na ABIC e no Sebrae de seu estado.

 

Ficou interessado? Então, veja mais oportunidades como está no Sebrae Mercados

 

Fonte: Sebrae 2014

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae