CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Enviar mensagem

Adicionar pergunta

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Porque o comércio de moda esportiva é um bom negócio?

Porque o comércio de moda esportiva é um bom negócio?

Comercio Moda Esportiva

Entre as atividades do comércio, a loja de moda esportiva se apresenta como um mercado promissor diante de um elevado potencial de crescimento. Uma das razões é a grande adesão da população brasileira à prática esportiva. A Associação Brasileira da Indústria do Esporte (Abriesp) estima que em 2011, 80 milhões de brasileiros já praticavam pelo menos um tipo de atividade esportiva.

São várias as modalidades de esportes que atraem os brasileiros. Depois do futebol, atividades como vôlei, futsal, tênis, natação, judô, basquete e esportes de aventura, também movimentam um contingente considerável de adeptos no país. A evidência disso tudo está nos números dos segmentos que atuam nesse mercado.

Dados da Associação Brasileira da Indústria do Esporte (Abriesp) revelam que o Brasil tem mais de sete mil lojas especializadas (e outras 14 mil que vendem algum item esportivo). O faturamento anual do varejo neste segmento é de R$ 4,73 bilhões. Para que se tenha ideia da dimensão desse tipo de comércio, em termos de quantitativo de produtos,são vendidos, no país, mais de 85 milhões de pares de tênis e 13 milhões de bolas de futebol, por ano.

A corrida também tem contribuído consideravelmente para as vendas de artigos. A grande adesão de praticantes se revela no aumento de 85% no número de provas oficiais de 2011 para 2012. As marcas globais especializadas em corrida ampliaram sua participação de 15% em 2011 para 21% em 2012.

Pesquisa realizada em 2013 pela Corpore, clube de corredores com sede em São Paulo, e a Fundação Instituto de Administração da Universidade de São Paulo (FIA/USP) mostra que o esporte cresce cerca de 20% por ano e gera receita anual de 3 bilhões de reais.

O fitness é outro mercado que está cada vez mais aquecido. O crescimento da modalidade fez do Brasil o segundo país do ranking mundial em números de academias, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e à frente de países como Itália, Coreia do Sul, Alemanha e Canadá.

Ao mesmo tempo, outra pesquisa (Consultoria Deloitte, 2011) aponta que as artes marciais crescerão 16% no país nos próximos anos. O único esporte a superá-las é o rúgbi, com um ponto percentual a mais. Nem mesmo futebol, vôlei, basquete e o ascendente futebol americano possuem a mesma expectativa de crescimento como as artes marciais mistas (MMA, do inglês mixed martial arts), segundo o estudo.

As lojas que investem na moda esportiva, portanto, têm grande potencial, pois atingem um público amplo, não apenas praticantes de um esporte em específico.

A realidade é que, cada vez mais, os cuidados com a saúde e o bem-estar farão parte do dia a dia dos brasileiros, jovens e idosos. Isso implica diretamente no aumento do número de potenciais clientes e da procura por serviços e produtos ligados ao esporte. Esse contexto se amplia com a realização dos megaeventos, tornando-se uma oportunidade singular para a economia no segmento.

 

 

Deixe um comentário

Sobre Sebrae RespostasDeixa eu ver qual é

Esse é o perfil institucional do Sebrae nessa comunidade. Quer saber mais sobre o Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas? Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/o_que_fazemos

Me siga