CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Plataformas de pagamento online facilitam as transações e reduzem riscos

As plataformas de pagamento via internet disponibilizam diversas ferramentas para que o empreendedor possa ampliar sua receita e realizar transações com rapidez e segurança. Elas operam, de forma vinculada, a sistemas de comércio eletrônico e são contratados por sites que comercializam produtos pela internet.

Para garantir maior segurança aos clientes dos sistemas de comércio eletrônico, estas plataformas funcionam com ferramentas de criptografia de dados que são praticamente à prova de fraudes.

Outra vantagem é que as plataformas de pagamento possuem acordos com diversos bancos e bandeiras de cartões de crédito e por isso são capazes de oferecer uma variedade de soluções e produtos para maior comodidade dos clientes. Entre as várias opções de pagamento, as plataformas comumente aceitam cartões de crédito, débito, transferência bancária e eletrônica e pagamentos por meio de boletos.

Para um empreendedor começar a utilizar esta ferramenta de pagamento e recebimento em seu website, é necessário realizar a interação da plataforma com o seu sistema de comercio eletrônico, o que pode ser feito, em alguns casos, pela própria empresa que desenvolveu o site da empresa.

Quanto custa

As taxas cobradas pelas empresas prestadoras deste serviço costumam ser uma porcentagem sobre as transações totais realizadas e podem variar de acordo com o valor, volume e a forma de pagamento utilizada pelo cliente.

Para escolher a plataforma de pagamento e recebimento, o empreendedor deve levar em consideração alguns aspectos:

– Variedade de meios de pagamentos;
– Se há parcelamento para os pagamentos;
– Custo de cada operação;
– Reputação da empresa;
– Qualidade técnica oferecida ao sistema.

Edição: Fernanda Peregrino, da F&C Comunicação e Projeto

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae