CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Plano Agrícola e Pecuário 2011/2012 amplia o acesso de produtores rurais ao crédito

Por João Augusto Pérsico
Da Unidade de Acesso a Mercados e Serviços Financeiros

O Plano Agrícola e Pecuário 2011/2012 disponibiliza R$ 107,2 bilhões para os produtores rurais, um aumento de 7,2% em relação à safra passada. Deste total, R$ 80,2 bilhões são destinados para o custeio e comercialização: R$ 64,1 bilhões são ofertados a juros controlados (com taxa fixa de 6,75% ao ano); R$ 20,5 bilhões para  Investimento; e R$ 6,5 bilhões para linhas Especiais  (PSI-BNDES).

O objetivo do Plano é estimular a produção, aquisição e exportação de bens de capital e a inovação tecnológica. Além disso, o estão previstas medidas de apoio à pecuária, cana-de-açúcar, agroenergia e a estocagem de suco de laranja. Também foi consolidado o Programa para Redução da Emissão de Gases de Efeito Estufa na Agricultura.

Destacam-se as seguintes alterações nos programas, que compõem o Plano:

Pronamp
O Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) disponibiliza R$ 8,3 bilhões para a safra 2011/2012, 48,2% a mais que na safra passada. O limite de renda para enquadramento  passou para R$ 700 mil e os de financiamento também foram ampliados para  R$ 400 mil no custeio e R$ 300 mil para investimento.

Agricultura de Baixo Carbono (ABC)
Lançado na safra 2010/2011, o Programa para Redução da Emissão de Gases de Efeito Estufa na Agricultura (Programa ABC) está sendo contemplado com um montante de R$ 3,15 bilhões para financiar práticas adequadas, tecnologias adaptadas e sistemas produtivos eficientes que contribuam, em última instância, para a mitigação da emissão dos gases causadores de efeito estufa.

Moderagro
O crédito individual passou de R$ 300 mil para R$ 600 mil e o coletivo de R$ 900 mil para R$ 1,8 milhão. O prazo de reembolso passou de oito anos para 10 anos.

Moderinfra
Foi autorizado o financiamento de armazéns destinados a insumos agrícolas e de galpões para guardar as colheitadeiras, tratores e implementos agrícolas.

Prodecoop
Ampliado o limite de crédito por cooperativa de R$ 50 milhões para R$ 60 milhões.

Saiba mais sobre o Plano Agrícola e Pecuário 2011/2012.

Com informações do Ministério da Agricultura.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae