CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Planejando o orçamento de design do seu site: o que deve considerar?

Planejando o orçamento de design do seu site: o que deve considerar?

Desenvolver um site que atenda aos seus objetivos não é fácil. Atender às demandas dos compradores e ficar à frente da concorrência é ainda mais difícil. Antes de projetar um único pixel ou escrever uma linha de código, aqui estão alguns itens considerações que você precisa fazer ao planejar o orçamento de criação de site.

1) Propriedade do Projeto

Seu site é fundamental para o sucesso de seu negócio. Deve ser fácil para sua equipe de marketing atualizar o conteúdo, realizar campanhas e se comunicar com os clientes.

A TI é dona da segurança online, do software da web e das decisões de hospedagem tomadas no início do projeto. O marketing possui tudo relacionado ao design, usabilidade, conteúdo e comunicação do site.

Há momentos em que os dois interesses se sobrepõem. Tenha um plano para quando isso acontecer.

2) Estratégia

Antes de começar a trabalhar nos detalhes, descreva o propósito do seu site. Isso é quando você considerará o que as pessoas ganharão ao visitar seu site.

Comece com um questionário ou uma reunião de descoberta. Defina as metas do projeto e os objetivos do site no início para preparar você e sua agência digital para o sucesso.

Durante esta reunião, você deve discutir as seguintes questões:

  • Quem são os usuários do seu site e com o que eles se importam?
  • O que seus concorrentes estão fazendo online? O que está funcionando para eles e o que não está?
  • O que você quer que seu site faça? O que seus usuários finais precisam que o site faça?
  • Como você gerenciará o conteúdo do seu site? Você quer gerenciar isso? Você quer que sua agência administre isso?
  • Que fatores significam que o projeto é um sucesso?

Escreva as respostas a essas perguntas e dê uma cópia a todos os que trabalham no projeto.

3) Branding

Já faz algum tempo que você não olha de perto como sua empresa se apresenta? Nesse caso, é provável que novos fatores tenham surgido desde que você estabeleceu sua marca.

Mesmo que uma revisão de suas mensagens e recursos visuais possa empurrar o projeto para fora, agora é a hora certa se:

  • você superou sua marca atual e está parecendo desatualizada,
  • você está se aventurando em novos mercados e deseja se conectar com novos clientes,
  • você está falhando em se diferenciar da concorrência, ou
  • seu modelo de negócios ou estratégia mudou.

A marca que você estabelecer para sua empresa guiará o design do seu site. Deixe as pessoas saberem que você fala sério. Conecte os pontos em todos os seus esforços de marketing, digitais e tradicionais.

4) Mapa do site de conteúdo

Agora que você sabe o que deseja que seu site faça, como ele será organizado?

Os compradores de hoje procuram informações detalhadas fáceis de encontrar e que respondam às suas perguntas. Não afaste clientes em potencial de seu site tornando sua navegação complicada.

Pense no mapa do seu site como um índice, um esboço das páginas do seu site. Inclua páginas que estarão ativas quando o seu site for lançado e também páginas futuras. Isso ajuda o desenvolvedor a estruturar seu conteúdo e a criar uma experiência amigável e fácil de navegar.

5) Desenvolvimento de Conteúdo

Como você está trabalhando na criação de um site, também deve trabalhar no seu conteúdo. Esta fase de um projeto da web é demorada e muitas vezes subestimada, mas é crítica para o sucesso do seu site.

Copiar – Assim como o criação de um site segue as diretrizes de marca visual, o seu texto na web também deve ter diretrizes. Antes de começar a redação, defina a voz da sua marca. É calmo e estimulante; energizado e fortalecedor; ou sério e profissional? Fazer isso com antecedência torna mais fácil para diferentes pessoas escreverem conteúdo no futuro. Um bom site ilustrativo dessas características é o Paribar
site rápido, responsivo e de bom conteúdo.

Depois de definir sua voz, comece a escrever uma cópia para as páginas do mapa do site. Isso pode ser opressor e você pode querer contratar um redator profissional para ajudá-lo.

Fotografia comercial – a fotografia de qualidade é crítica para um site de qualidade. Seu site vai cair no chão e parecer amador se você usar imagens de baixa qualidade ou se basear muito na fotografia de banco de dados. Se possível, peça a um fotógrafo comercial experiente que tire fotos para você.

Vídeo – o vídeo pode contar histórias de uma maneira cativante que textos e imagens estáticos não podem reproduzir.

Exemplos de como usar vídeo em seu site incluem:

  • Vídeos explicativos: explique quem você é e o que faz em 2 minutos ou menos
  • Passeios virtuais: permita que os visitantes vejam como é sua localização física
  • Vídeos de produtos: mostre às pessoas que usam seus produtos e serviços
  • Vídeos educacionais: informações detalhadas relacionadas ao seu setor
  • Vídeos de depoimento: clientes falando sobre sua experiência com sua empresa

Conteúdo que educa – pense sobre um problema que você gostaria de resolver. Você procurou a internet para obter uma resposta? Ebooks, artigos de instruções e white papers provam aos visitantes do seu site que você entende seus problemas e pode ajudá-los.

6) Design

Esta fase geralmente começa com o wireframe do mapa do site de conteúdo. Com um wireframe, você experimenta o layout, a navegação e a usabilidade antes de iniciar o design. Isso dá a você uma imagem clara de como seu site funcionará, sem se distrair com sua aparência.

Depois de aprovar o wireframe, o design visual começa. É quando o site realmente começa a tomar forma.

7) Desenvolvimento

Os custos de desenvolvimento podem variar muito dependendo do que você deseja que seu site faça. É importante não fazer suposições sobre custos sem antes falar com sua agência da web. As coisas que parecem simples na superfície podem não ser nada simples.

Aviso de alerta de nerd! A próxima parte aborda coisas técnicas que podem soar como um monte de besteiras, vai acabar rápido, eu prometo.

Alguns desenvolvedores usam software de código aberto como Joomla ou WordPress para construir sites. Outros usam sistemas proprietários que desenvolveram internamente. Existem vantagens e desvantagens em ambos.

CÓDIGO ABERTO

Benefícios:

  • O software é grátis
  • Apoiado por uma comunidade de desenvolvedores
  • Completamente personalizável

Desvantagens:

  • Alvejado por hackers
  • Pode ser difícil encontrar bons desenvolvedores de código aberto
  • Risco de projeto de código aberto ser abandonado

SOFTWARE PROPRIETÁRIO

Benefícios:

  • Desenvolvido para atender às suas necessidades específicas
  • Você possui o software
  • Suporte personalizado

Desvantagens:

  • Pode ser significativamente mais caro em comparação com o código aberto
  • Os contratos são frequentemente necessários
  • Você é 100% dependente de seu desenvolvedor permanecer no mercado

Tanto o software de código aberto quanto o proprietário permitirão que você integre ferramentas de terceiros ao seu site. Incorporar tecnologia comprovada pode ser uma ótima maneira de economizar custos. Alguns exemplos são serviços de processamento de pagamentos como o PayPal; plataformas de comércio eletrônico como WooCommerce e software de marketing por e-mail como MailChimp.

Quando você estiver montando seu orçamento, entre em contato com o parceiro do site o quanto antes. Eles o ajudarão a avaliar o tamanho e o escopo dos esforços de desenvolvimento necessários.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Sobre Gabriel LafetaSabe das coisas

Analista de sistemas, desenvolvedor web. Apaixonado por tecnologia, SEO e marketing digital Este sou eu. Vivendo e aprendendo a cada dia. Meu site: https://www.gr3web.com.br

Me siga

Deixe um comentário