CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Pesquisa registra aumento no consumo de suplementos e traz números animadores para o mercado

Pesquisa registra aumento no consumo de suplementos e traz números animadores para o mercado

A segunda edição da pesquisa “Hábitos de Consumo de Suplementos Alimentares no Brasil”, realizada pela Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (Abiad), registrou o aumento de consumo deste tipo de produto em 2020. De acordo com o estudo, o percentual de lares em que há pelo menos uma pessoa consumindo suplementos alimentares é de 59% em 2020, o que representa um crescimento de 10% em relação ao ano de 2015.

Os resultados da pesquisa são animadores para o mercado e mostram o amadurecimento do consumo dessa categoria de alimento. Além do crescimento, a pesquisa também revelou que 90% dos indivíduos que fazem uso de suplementos utilizam os produtos para complementar a alimentação e 85% têm como objetivo a melhora da saúde e do bem-estar. 

Outro dado interessante ressaltado por Tatiana Pires, presidente da Abiad, é que 51% das recomendações para o consumo de suplementos são feitas por profissionais da área de saúde. “Isso demonstra uma maior adesão desses profissionais aos suplementos alimentares como forma auxiliar de prevenção de doenças e promoção da saúde”, disse. 

A pesquisa também aponta uma relação entre a prática de esporte e o consumo de suplementos, já que 69% das pessoas que incluem esses produtos na dieta praticam atividades esportivas e tendem a utilizar suplementos como Whey Protein, BCAA e maca peruana para melhorar o desempenho nos treinos ou acelerar a conquista de resultados. A pesquisa foi realizada em sete capitais, nas cinco regiões do Brasil, no primeiro trimestre de 2020. 

Consumo durante a pandemia 

O estudo também verificou que entre as pessoas que já consumiam suplementos de forma regular, 48% aumentaram a ingestão durante a quarentena causada pela pandemia do novo coronavírus. Deste total, 91% apontou como motivação para o aumento o desejo de fortalecer a imunidade e 70% disse que pretende manter o consumo dos produtos mesmo após o fim da pandemia.

De acordo com Tatiana, as tendências apontadas no estudo podem ser encaradas como oportunidade para os mercados fitness e de suplementos, que podem investir na pesquisa de novos produtos com a perspectiva de aumento permanente das vendas. “De todos os respondentes, mesmo os que ainda não consumiam regularmente suplementos alimentares, 76% declararam ter feito mudanças nos cuidados com a saúde. De forma geral, o brasileiro passou a ficar mais atento a esses cuidados, o que pode incluir o consumo de suplementos”, afirmou. 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Debora RamosBoas respostas