Enzo Silva
  • 0
Novo na comunidade

Sou MEI e gostaria de vender no mercado livre, devo criar a conta pessoa física ou jurídica de início?

  • 0

Olá, tudo bem ? Eu sou mei e gostaria de saber qual seria o correto para vender em marketplaces como o mercado livre, criar contas PJ com o cnpj do mei ou pessoa física ?
Caso eu crie a conta pj eu tenho a obrigação de emitir NF-E em todas as vendas ?

Perguntas relacionadas

2 Respostas

  1. Boa tarde Enzo. No Mercado Livre por um bom tempo desde sua origem havia uma restrição ao valor que era possível ser sacado por mês, este valor era de R$ 10.000,00 , somente como pessoa jurídica é que era possível se ter saque de quantias maiores. Com o tempo o Mercado Livre precisou mudar essa regra, e isso ocorreu no final de 2015, onde o Mercado Livre passou a liberar a venda como pessoa física sem restrição de valor, a partir deste momento não existe mais limite de saque mensal.

    Depois dessa mudança, o Mercado Livre criou outros mecanismos de avaliação de fluxo e renda de conta de usuário, um dos mecanismos que é empregado por ele atualmente se baseia na estipulação de um valor “x” de movimentação financeira, onde quando um vendedor ultrapassa essa margem de fluxo de caixa o Mercado Livre exige do vendedor dados fiscais da empresa e a partir desse momento é necessário que se abra pelo menos um MEI(Microempreendedor Individual) ou uma SIMPLES NACIONAL.

    O recomendável é que se inicie vendendo no Mercado Livre como pessoa física, assim vai se adquirindo conhecimento do marketplace e principalmente você começa a ter uma freguesia e a conhecer quem são seus potenciais clientes. Aos poucos você ira movimentando mais e mais renda na sua conta, com isso irá surgir a necessidade de você avaliar o momento certo de se lançar como empresa, para iniciativas assim, o governo fornece soluções fáceis para que qualquer pessoa possa hoje mesmo ter sua empresa, tanto é que existem dois principais programas do governo para a iniciação de uma pessoa jurídica no Mercado Livre, que são o MEI e o SIMPLES NACIONAL.

    É importante destacar que não existe a obrigatoriedade do vendedor começar desde o inicio no Mercado Livre já como pessoa jurídica e que tão pouco é recomendável. Apenas em casos específicos como o de alguém que já possua uma loja concreta e estruturada é que se aconselha dar esse passo inicial já como pessoa jurídica.

    Fonte: https://academiadoecommerce.com/artigo/vender-como-pessoa-fisica-ou-pessoa-juridica-no-mercado-livre

    • 1
  2. Olá Enzo tudo bem?

    Para vender no Mercado Livre é preciso fazer seu cadastro como vendedor. As opções de vendedores no Mercado Livre podem ser pessoas física com CPF, MEI (Micro Empreendedor Individual) e CNPJ que é ME Micro Empresas.

    Para vender no Mercado Livre é preciso fazer seu cadastro como vendedor. As opções de vendedores no Mercado Livre podem ser pessoas física com CPF, MEI (Micro Empreendedor Individual) e CNPJ que é ME Micro Empresas.

    Uma pessoa física que não tem empresa constituída não é obrigada a emitir nota fiscal, desde que o valor de vendas por mês não ultrapasse R$ 12.000,00. Caso isso aconteça, será solicitado que entre com os seus dados fiscais. Uma outra restrição acontecerá caso você queira utilizar o Mercado Coletas, que é um serviço do Mercado Livre no qual a transportadora exige a nota fiscal para transportar.

    A solução é abrir um MEI (Micro Empreendedor Individual) que não exige nota fiscal (no caso de venda para pessoa física) e também possibilita faturamento anual de R$80.000,00. Assim você começa da forma certa, sem dores de cabeça. Isso faz toda a diferença!

    Vale lembrar que o custo do MEI é R$ 50,00 por mês. Embora a emissão de NF-e seja opcional para empresas do tipo MEI, a participação no Projeto NF-e é aconselhada.

    Espero ter ajudado!

    • 0

Deixe uma resposta

Você precisa se logar para responder