Resposta ( 1 )

  1. Por favor, explique brevemente por que você acha que essa resposta deve ser relatada.

    I> Denunciar
    Cancelar
    Essa resposta é editada.

    Olá!

    A Glovo encerrou a sua operação no Brasil. Confira algumas diferenças entre os aplicativos iFood, UberEats e Rappi:

     

    iFood para entregadores

    É o aplicativo de delivery de comida mais famoso e utilizado pelo mundo.
    O aplicativo iFood para Entregadores está disponível apenas para celulares Android.

    É necessário ter uma moto ou bicicleta, no caso da moto, também é exigida a CNH.
    o iFood possui um seguro gratuito para os parceiros que irá cobrir todas as viagens enquanto você trabalhar com a plataforma além da volta para a casa chegando a R$100.000,00 para casos de invalidez permanente ou morte.

    Se o entregador não consegue entregar a comida para o cliente, o pacote pode ser entregue ao restaurante.
    O entregador pode escolher como quer realizar as entregas, pelo modo Nuvem (pedidos de todos os restaurantes da área cadastrados) ou pelo modo Fixo (pedidos de apenas um estabelecimento em que você é cadastrado).

    A taxa mínima da plataforma para pagamentos é de R$4,00 sem a quilometragem, a partir do limite de KM estipulado pela plataforma você ganha R$0,85 por quilômetro rodado. Mas esses valores podem ser diferentes quando acontecerem promoções.

     

    Uber Eats para entregadores

    É o segundo aplicativo mais requisitado, ou seja, também apresenta uma demanda alta pelos usuários configurando uma boa oportunidade.
    É necessário  ter uma moto ou bicicleta, para moto é necessário ter CNH regulamentada e com a opção de atividade remunerada escolhida. É importante saber que você não pode cadastrar moto e bicicleta na mesma conta, se quiser utilizar as duas opções podem ser criadas uma conta para cada.
    A fase de cadastro da Uber Eats é muito mais complicada do que de outras plataformas, sendo muito mais burocrática e demorada.

    A plataforma oferece pagamento da seguinte forma, se forem percorridos até 3,9KM serão pagos R$5,00, mas existem vezes em que a plataforma estipula promoções em determinadas regiões em que os valores podem até ser o dobro do que foi descrito logo acima.
    Nesse sistema, se forem percorridos 1 KM, o entregador ganha R$5,00, se forem percorridos 3,3 KM, também são ganhos R$5,00. Se ocorrer promoções, há uma fator multiplicativo sobre esses valores.
    A plataforma tem a opção de pagamento em dinheiro.

     

    Rappi para entregadores

    O aplicativo Rappi Entregador está disponível apenas para sistemas Android 4.1 ou acima.

    É necessário possuir 18 anos de idade ou mais e ter uma moto ou bicicleta, no caso da moto, também é exigida a CNH.

    Não é solicitado o EAR para fazer entregas.

    Um ponto positivo da Rappi é a próprio slogan deles como delivery de tudo, existem muitas entregas a serem feitas.

    O aplicativo trabalha com níveis de motoristas, quando você começa no app, você é nível 1 podendo entregar para restaurantes, conforme o seu nível cresce mais categorias você pode entregar e assim mais entregas podem ser faturadas em consequência.

    Quando o entregador não consegue entregar a comida para o cliente, ele precisa deixar o pacote na Central da empresa.

    O pagamento é feito através de um aplicativo chamado Smart Mei de forma mensal na primeira quarta-feira do mês e também permite a transferência do saldo para outros cadastros bancários.

    A Rappi também conta com um sistema de gorjetas e apresenta incentivos para os entregadores parceiros.

    A tarifa mínima cobrada é de R$8,90 por até 4KM em até 30 minutos. Do 4° ao 10°KM são R$0,10 adicionados a cada 100 metros, e a partir do 10° são adicionados R$0,20 a cada 100 metros.
    Já na parte de “qualquer coisa” é adicionado para a taxa de frete 14% do valor da compra sendo que R$50,00 é o valor máximo a ser cobrado.

    Fonte: https://www.opcaoconsultoria.com/post/ifood-uber-eats-rappi-qual-escolher

Deixe uma resposta