Quais os primeiros passos para a criação de uma empresa de reformas residenciais e comerciais?

I> Denunciar
Pergunta

Por favor explique as razões pelas quais esse conteúdo merece ser revisto pela moderação do site.

I> Denunciar
Cancelar

Sou engenheiro civil e operei durante alguns anos uma empresa de reforma, encerrei esta atividade mas quero retoma-la porém de uma forma mais planejada e estruturada. Quais os primeiros passos e para onde olhar diante desta pandemia?

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!
respondida 0
, , Rogerio Carrijo 1 mês 1 Resposta 69 visualizações Novo na comunidade 0

Resposta ( 1 )

  1. Por favor, explique brevemente por que você acha que essa resposta deve ser relatada.

    I> Denunciar
    Cancelar

    Boa tarde Rogerio. Abrir empresa de reformas residenciais e empresariais, na maioria dos casos, é a garantia de projetos durante o ano inteiro, já que as reformas fazem parte da cultura brasileira e são muito procuradas por indivíduos em diferentes faixas de renda.

    1. Revitalização de ambientes

    Dentro do segmento de reformas residenciais e empresariais, um serviço muito requisitado é o de revitalização de ambientes. Neste serviço, um ambiente deteriorado e/ou antigo é renovado, incluindo sua fachada, levando em consideração os desejos do cliente, custos de matéria-prima e prazo estipulado. É o trabalho realizado com o objetivo de dar uma cara nova a determinado ambiente.

    Neste caso, a comunicação com o cliente é essencial, e está comunicação clara e objetiva com seu cliente deve sempre ser parte primordial de sua empresa ao abrir empresa de reformas residenciais e empresariais.

    2. Instalações e reparos residenciais e empresariais

    Instalações e reparos são, geralmente, serviços mais simples, que são solicitados e podem ser realizados tanto em residências quanto em empresas. Em relação a volume de procura, é o serviço mais realizado por aqueles que trabalham com reformas residenciais e comerciais. Neste caso, também, é necessário avaliar o tipo de reforma requerida e os custos para sua realização.

    3. Construções residenciais e empresariais

    Algumas reformas residenciais e empresariais exigem a construção de ambientes ou parte de ambientes como complemento às reformas realizadas. É comum que a própria empresa especializada em reformas residenciais e empresariais se dedique a construção desses ambientes. É preciso, no entanto, contar com profissionais capacitados para esse tipo de atividade, que geralmente é mais complexa e demanda um conhecimento mais aprofundado, por isso, certifique-se de qualificar todos os seus funcionários antes de abrir empresa de reformas residenciais e empresariais

    Além das informações sobre os serviços mais comuns no segmento, separamos algumas dicas que, seguramente, serão muito importantes para o sucesso do seu negócio no ramo de reformas residenciais e empresariais.

    4. Estrutura de uma empresa de manutenções residenciais e empresariais

    O imóvel escolhido para instalar a empresa de pequenos reparos residenciais pode ser uma loja, sala comercial ou mesmo uma residência adaptada para a atividade (validado pela prefeitura), conforme abordado no capítulo “Localização”. Sugere-se um espaço com cerca de 50m², pois entende-se ser suficiente para os serviços administrativos da empresa e guarda de material.

    O local, preferencialmente, deve possuir uma área destinada para o escritório da firma e contatos comerciais (reuniões com fornecedores, por exemplo), além de uma área operacional com armários para guarda dos equipamentos e ferramentas de trabalho. É indicado que haja um vestiário para os empregados e também uma copa para refeições e guarda de alimentos.

    5. Equipamentos para manutenções residenciais e empresariais

    Os equipamentos indispensáveis para a prestação de serviços de reparos residenciais são:

    – Enceradeira

    – Aspiradores de pó e líquidos;

    – Máquina de hidrojato;

    – Vassouras de diversos tipos, rodos, esfregões, mop’s pó e água, panos, escovas e discos para enceradeiras, esponjas de limpeza, baldes, escada e carrinho funcional;

    – Martelo;

    – Chaves de fendas e chaves Phillips;

    – Alicates;

    – Chave de parafuso ajustável e outros;

    6. Investimento para abrir empresa de reformas residenciais e empresariais

    Considerando uma empresa de serviços de reparos residenciais de pequeno porte, montada numa área de 50 m2, será necessário um investimento de cerca de R$ 50 mil. Com esse valor, é possível montar uma central com atendentes, comprar um carro para o transporte da equipe, assim como adquirir equipamentos e produtos para limpezas e reparos.

    7. Custos

    As despesas são os gastos realizados para operar o negócio, sejam fixos ou únicos, abaixo segue uma lista criada com base em pesquisas com empresas da área.

    – Aluguel, condomínio e IPTU: dependerá da localização e do tamanho do imóvel;

    -Água, luz, telefones e acesso a internet: R$ R$ 450,00;

    – Contabilidade R$ 400,00;

    – Despesas com armazenamento e transporte: de 5% a 10 % do faturamento;

    – Produtos para higiene dos funcionários e limpeza: R$ 700,00;

    – Despesas com vendas e divulgação: 3% das vendas;

    – Recursos para manutenções corretivas: 5% do custo do equipamento ao ano;

    8. Não se esqueça do cliente

    Em trabalhos de reformas residenciais e empresariais é muito comum que a reforma seja concluída e o cliente fique insatisfeito. Isso acontece porque, na maioria das vezes, as empresas do segmento não dão a atenção necessária ao cliente e suas solicitações.

    Antes de qualquer reforma, seja em residência ou empresa, é essencial que o cliente seja ouvido atentamente sobre qual sua ideia para o serviço que será realizado e o que ele espera do resultado final. Essas informações, coletadas por um profissional, devem ser transmitidas detalhadamente aos colabores que irão realizar o serviço. Comunicação é a chave do sucesso para qualquer revitalização de ambientes, instalação, reforma ou construção.

    9. Contrate profissionais qualificados

    No momento de contratar novos colaboradores, tenha em mente que a qualidade do trabalho e o conhecimento desses profissionais são determinantes para o sucesso da sua empresa. Contratar funcionários desqualificados por valores menores gera uma falsa sensação de economia, quando na realidade o prejuízo por trabalhos que deverão ser refeitos (ou mesmo que serão cancelados!), será motivo de dor de cabeça, prejudicando a imagem da sua empresa.

    10. Trabalhe com materiais de qualidade

    Utilize e recomende aos seus clientes, sempre que possível, os materiais de maior qualidade disponíveis no mercado. Trabalhar com materiais de qualidade inferior gera um risco para a qualidade do resultado final. Utilizar bons materiais é a garantia de que o cliente ficará satisfeito e recomendará seu serviço para outras pessoas. É claro que muitas vezes, pelo orçamento da obra, não é possível utilizar o melhor. Nesse caso o cliente precisa estar ciente, concordando com os riscos gerados pela utilização de materiais menos resistentes, por exemplo.

    11. Forneça prazos realistas

    Um dos maiores problemas no segmento de reformas residenciais e empresariais é o conflito entre profissional e cliente, gerado pelo não cumprimento de prazos previamente estabelecidos. Isso acontece porque, para agradar o cliente, muitos profissionais negociam prazos que, na realidade, não podem ser cumpridos, gerando insatisfação no cliente, que geralmente está ansioso para o término das obras. O ideal, quando se trata de estipulação de prazos, é fazer uma análise minuciosa das etapas da reforma, gerando um prazo de entrega realista, com folga para imprevistos. Isso evita constrangimentos com o cliente e trabalhos feitos às pressas.

    Fonte: https://ideianovonegocio.com.br/ideias-de-negocios/construcao-e-reformas/

Deixe uma resposta