Planejo o lançamento de uma marca fitness, os processos burocráticos já estão resolvidos mas encontro dificuldades na parte de marketing… Não tenho ideia de como lançar um produto?

I> Denunciar
Pergunta

Por favor explique as razões pelas quais esse conteúdo merece ser revisto pela moderação do site.

I> Denunciar
Cancelar

Planejo o lançamento de uma marca fitness, os processos burocráticos já estão resolvidos mas encontro dificuldades na parte de marketing… Não tenho ideia de como lançar um produto.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!
respondida 0
Glauber Pedroni 4 meses 1 Resposta 95 visualizações Novo na comunidade 0

Resposta ( 1 )

  1. Por favor, explique brevemente por que você acha que essa resposta deve ser relatada.

    I> Denunciar
    Cancelar

    Glauber, tudo bem?

    O primeiro passo é entender o mercado e o consumidor.

    Com a pandemia do coronavírus, as academias de ginástica, de forma geral, foram muito afetadas e devem ser um dos segmentos que vai demorar mais a se recuperar.

    Agora as pessoas precisam fazer ginástica em casa. Algumas pessoas, mesmo com o fim do distanciamento social, ainda podem continuar optando em não voltar a frequentar academias.

    Será que o consumo de moda fitness é o mesmo? Possivelmente, não. Muitas pessoas podem decidir “não investir tanto” em moda fitness, uma vez que estarão praticando as atividades físicas sozinha. Outras, podem continuar investindo bastante, principalmente, para aqueles segmentos que precisam de equipamentos e vestimentas especiais (como bicicleta).

    Além disso, o consumo de “roupas confortáveis” foi muito intensificado nesse período. Aspecto que também é preciso acompanhar.

    Então, para decidir como e onde lançar um produto, primeiro é preciso entender como (e se) esse produto é demandado no mercado. Quanto melhor ele se adaptar a alguma necessidade do consumidor, menos esforço precisará ser feito.

    E aí? Quem é seu consumidor (público, persona)? O que ele precisa agora? E como seu produto pode ajudar?

    Espero ter contribuído.

    Um abraço!

Deixe uma resposta