Resposta ( 1 )

  1. Por favor, explique brevemente por que você acha que essa resposta deve ser relatada.

    Reportar
    Cancelar

    Olá Bruno!

    Que pergunta curiosa!!!

    Sou pai de três meninas ainda pequenas e sua pergunta me faz refletir sobre a natureza de “projeto” de empreendedores de nossos filhos rsrsrs.

    Nossos filhos podem ser visualizados como projetos de empreendedores ou profissionais de sucesso. E qual seria o nosso papel? E o papel da escola?

    Nós somos uma espécie de “investidores-anjo”. Investimos sem esperar retorno para nós mesmos. Geralmente o nosso “Lucro” é a felicidade dessas criaturas.

    Portanto, a responsabilidade é grande! Não podemos ser responsáveis sozinhos. Precisamos de parcerias de outros profissionais e empresas.

    Descobrir o sonho do filho ou da filha ou o seu propósito de vida pode ser algo que nos ajuda. Embora ainda seja cedo, descobrir os interesses que eles possuem pode ser algo mais fácil. Basta analisar, por exemplo, do que eles gostam de conversar, de fazer e de postar nas redes sociais.

    Alinhar os projetos de vida aos conteúdos e ferramentas voltados para a educação parece ser algo que ajudaria nessa consultoria/mentoria aos nossos filhos. Mas a educação tradicional (como as escolas) possuem dificuldade em conectar projetos de vida com programas e ferramentas. Mas há instituições e profissionais inovando nessa linha.

    Escolher uma escola mais alinhada ao perfil do(a) filho(a), contratar profissionais como psicopedagogos ou professores particulares com metodologias inovadoras são exemplos disso.

    Qual idade de seu filho? O que você acha que ele “gostaria de ser quando crescer”?

Deixe uma resposta