Oswaldo Moratas
  • 0
Novo na comunidade

Como vender marmita fitness?

  • 0

Estou iniciando com empreendimento de marmita Fitness, qual dica vocês tem para que eu possa começar com o pé direito?

Obrigado.

Perguntas relacionadas

1 Resposta

  1. Essa resposta é editada.

    Boa tarde Oswaldo. Sabor e praticidade são ingredientes básicos para o negócio. Outro fator de atratividade da refeição pronta é o seu baixo preço, em relação a um restaurante self service, por quilo, buffet ou a la carte. O prato já vem montado, com uma quantidade padrão de comida. Apesar do baixo preço, os clientes exigem boa qualidade nos ingredientes e um eficiente serviço de entrega.

    Neste tipo de negócio, o empreendedor não precisa se preocupar em oferecer um ambiente com mesas, cadeiras e garçons. A atividade exige do empreendedor um bom conhecimento do ramo e disposição para pesquisar novas receitas. Virtudes como capacidade de atendimento a clientes, negociação com fornecedores e gerenciamento de estoque também são necessárias para desenvolvimento do negócio.

    1- Conheça as necessidades do público

    Existem diferentes cardápios fitness. Há pratos pouco calóricos, voltados às pessoas que querem emagrecer. Outras dietas contêm mais proteínas e carboidratos de baixo índice glicêmico, pois o objetivo dos seguidores é ganhar massa muscular. Antes de definir qual será o perfil da sua empresa, cabe analisar quem será o público-alvo.

    2- Monte um cardápio atrativo

    O segredo está em unir valor nutricional, aparência e sabor. Os culinaristas são unânimes em dizer que comemos não só com a boca, mas também com os olhos e o nariz. As refeições devem ser prazerosas a todos os sentidos do corpo. Se você não tiver formação na área, contrate um nutricionista para elaborar as combinações ideais de ingredientes.

    3- Organize o esquema de entregas

    Veja o que é vantajoso para seu público-alvo. Se você morar numa região de fácil acesso, talvez possa produzir as quentinhas em casa e vendê-las ali mesmo. Caso seus clientes não consigam se deslocar, é provável que prefiram um serviço por encomenda ou tele entrega.

    Cada uma dessas modalidades exige um esquema diferente de produção. Deve-se pensar na contratação de equipe, na compra ou no aluguel de um veículo que comporte os marmitex, nos horários de saída e no roteiro que o entregador fará todos os dias. Inclua no cálculo, ainda, o próprio período de preparo dos alimentos.

    4- Regularize o empreendimento

    Qualquer negócio pode começar pequeno. Você mesmo pode se encarregar da produção e da entrega das encomendas. No entanto, por mais amador e inicial que seja o serviço, a regulamentação é um passo importante. Além de reconhecer firma e abrir uma empresa nos órgãos competentes do seu município, atente para as exigências da Vigilância Sanitária. Alimentos devem ser preparados em ambientes limpos e acondicionados em lugar adequado, como um freezer industrial.

    O Sebrae possui uma ideia de negócio completa, com um guia detalhado sobre custos, pessoas, investimentos, divulgação, exigências legais, CNAE, planejamento e outros sobre como montar uma fornecedora de refeições em marmita.

    Acesse a Ideia de negócios em: https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias/como-montar-uma-fornecedora-de-refeicoes-em-marmita,be887a51b9105410VgnVCM1000003b74010aRCRD

     

    Fonte: https://viacarreira.com/marmita-fitness-para-vender/

    • 1

Deixe uma resposta

Você precisa se logar para responder