Como seria possível operar como uma Startup dentro de uma empresa de saneamento que ainda tem um pé na gestão tradicional?

Pergunta

A Sabesp assumiu o saneamento do município de Mauá na grande São Paulo, e a equipe que tem a missão de realizar a gestão é relativamente jovem e animada, gostaríamos de fazer a gestão usando os métodos ágeis e com foco total nos clientes (internos e externos) haja visto os clientes desse município estarem completamente descontes com a prestação dos serviços e do atendimento (que era quase inexistente) por parte da autarquia que geria o saneamento .

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!
respondida 0
, jefferson moreira 3 meses 2020-11-16T10:01:13-03:00 1 Resposta 51 visualizações 0

Resposta ( 1 )

    0
    2020-11-16T10:47:37-03:00

    Bom dia!

    Antes de responder, gostaria de colocar alguns conceitos iniciais:

    1 – O que é uma startup?

    • Startup é uma empresa jovem com um modelo de negócios repetível e escalável, em um cenário de incertezas e soluções a serem desenvolvidas. Embora não se limite apenas a negócios digitais, uma startup necessita de inovação para não ser considerada uma empresa de modelo tradicional.
    2 – Para que serve uma startup?
    • As startups são úteis para renovar as atividades empresariais. “Quando você estimula o surgimento de startups você estimula o desenvolvimento e gera mais riqueza porque gera mais empresas.
    3 – Quais as características de uma startup?
    • As startups são pequenas empresas que buscam resolver um problema de determinado grupo social por meio de tecnologia e inovação. Elas crescem em ritmo acelerado, geram lucros inigualáveis e possuem baixo custo de manutenção.
    4 – Qual a diferença entre uma empresa e uma startup?
    • Pode-se dizer que uma startup será uma organização projetada para ser temporária e para atingir um modelo de negócios repetível e escalável. A pequena empresa é um empreendimento com propriedade e operações independentes, muito organizada para o lucro, e que não será dominante em seu campo de atuação.

     

    Diante do que inseri acima, conquanto o disposto no item 2, infiro que Vossa Senhoria está fazendo uma pequena confusão nos conceitos, pois o caso aqui não é a instalação de uma startup dentro de uma organização já existente, a não ser que fosse uma startup de consultoria, contratada para fazer um trabalho de revisão dos processos internos da empresa maior.

    Esse é o ponto onde quero focar a minha análise: revisão de todos os processos da empresa municipal de saneamento, pois essa avaliação, com o desenho de fluxos, identificação dos receptores e provedores de cada etapa mapeada, permitirá a identificação dos pontos de gargalos, permitindo que se projete as soluções adequadas para resolução dos problemas identificados. Em resumo, vocês devem inicar imediatamente a gestão dos processos da empresa para aplicar as soluções  de melhoria necessárias. Vou inserir um link abaixo com um conteúdo bem interessante sobre a gestão de processos:

    https://gestaodesegurancaprivada.com.br/gestao-de-processos-organizacionais/

    Criar uma startup para isso não é a solução, pois esse modelo de empresa tem uma vida efêmera – ela não vai ser startup por toda a vida – e o que vai solucionar efetivamente o problema da empresa absorvida é a continua gestão dos processos internos, revisão do planejamento e dos planos estratégicos e operacionais.

     

     

Deixe uma resposta

Desculpe, você não tem permissão para responder a esta pergunta.