Como precificar e vender artesanatos?

I> Denunciar
Pergunta

Por favor explique as razões pelas quais esse conteúdo merece ser revisto pela moderação do site.

I> Denunciar
Cancelar

Olá, me chamo Sandra e faço flores artesanais em e.v.a além de vasos de cartonagens de encomenda para venda avulsas.
Venho tendo muita dificuldade em precificar e vender meus arranjos após a conclusão do trabalho. Atualmente estou com um número considerado de arranjos de flores que não consegui vender devido os clientes considerarem o preço abusivo para peças aparentemente fáceis de serem produzidas.
Minhas flores, cujo material utilizado é o E V A, são pintadas e recortadas; além de modeladas manualmente, sem contar a montagens dos arranjos.
Então gostaria de uma orientação nesse aspecto, como realmente deve ser feito a precificação tanto para peças únicas a que são solicitadas pelas encomendas quanto para as que forem produzidas para uma venda avulsa. Realmente devo pegar o valor gasto multiplicado por três e aplicar a porcentagem desejada como lucro e pronto?

Desde já agradeço pela atenção e aguardarei pela resposta.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!
respondida 0
, SANDRA DOS SANTOS 8 meses 2 Respostas 145 visualizações Novo na comunidade 0

Respostas ( 2 )

  1. Por favor, explique brevemente por que você acha que essa resposta deve ser relatada.

    I> Denunciar
    Cancelar

    Oi Sandra,

    Essa prática é bem comum e eu mesmo cometi erros ao fazer peças e multiplicar o valor dos gastos por 3.

    O problema é que essa abordagem não é adequada pois não prever todos os aspectos relacionados a precificação.

    O indicado é que você conheça cada um dos custos e faça a conta na ponta do lápis para depois ajustar o seu preço de venda usando a margem de lucro para fazer variações e ver o valor mínimo que você pode vender sem ter prejuízos. Essa calculadora de preço de artesanato pode te ajudar com essa parte.

    Os principais custos envolvendo a precificação são:

    • Custo com materiais
    • Hora e trabalho
    • Depreciação
    • Custo com sua estrutura de trabalho (água, luz etc)
    • Despesas extras

    Com isso conhecido você terá o preço de venda mínimo (onde você não terá prejuízo). Agora você pode aplicar a margem de lucro a esse valor.

    Espero que tenha ajudado. Use a calculadora que te indiquei que vai te ajudar muito

     

  2. Por favor, explique brevemente por que você acha que essa resposta deve ser relatada.

    I> Denunciar
    Cancelar

    Olá Sandro.

    A sua dúvida é a mesma de centenas de empreendedores no Brasil.

    Vou te ajudar com sua pergunta

    Realmente devo pegar o valor gasto multiplicado por três e aplicar a porcentagem desejada como lucro e pronto?

    Considere o seguinte:

    1. Você tem um preço definido para cada tipo de produto já acabado e com entrega:
    2. Sabe o custos de cada material que compõe seu produto;
    3. Definiu seu salário (esse salário deve ser diluído no preço de cada peça);

    Suponho que está se referindo ao Mark-up, mas nem ele se calcula assim.

    No entanto, a melhor recomendação para você é encontrar a margem de lucro, por essa razão é que vou falar somente dessa margem.

    Margem de lucro = É a % de lucro que sobra após os descontos dos custos que teve na produção dos seus arranjos sobre o preço da venda.

    Fazendo a conta do tipo de padaria é assim:

    Exemplo:

    Suponha que vendeste um arranjo de flores mais top que tem.

    • Valor da venda = R$ 100
    • Custo total da venda (custo para produzir, frete, impostos, custos de pagamento (no caso de cartão), propaganda e etc.)= R$ 60
    • Lucro = R$ 40

    Margem de lucro = Lucro/ venda x 100  = 40%

    Espero ter ajudado, boa sorte 😉

Deixe uma resposta