Andesson Cruz
  • 1
Novo na comunidade

Como montar um grupo de vendas coletivas entre minha família?

  • 1

Minha família é de empreendedores nato em diversos ramos temos um parente empreendedor, de fábrica de jeans a serviços de designer web. Entre tanto eu tenho uma ideia de formar um grupo com um nome que represente e reúne tudo o que podemos oferecer aos clientes. Por exemplo minha mãe tem um salão de beleza e eu tenho um loja de cosméticos e semelhantes. Juntaríamos os dois segmentos e trocaríamos clientes e serviços entre essa união.
Alguém pode me esclarecer um pouco mais sobre essa ideia? É arriscado ?

Perguntas relacionadas

1 Resposta

  1. Boa tarde. Um site de compras coletivas funciona da seguinte forma: o produto é ofertado em determinada quantidade e o cliente fará a compra online, que pode ser por débito em conta, com cartão de crédito ou ainda por pagamento de boleto bancário. O segredo está no que vai ser ofertado e os clientes irão vir aos poucos, uma vez que o funcionamento de tais sites deve ser inteiramente gratuito.

    Para quem curte Internet, computador e tem um bom tino para negociações, montar um site de compras coletivas pode ser uma boa ideia para lucrar e o melhor é que tudo pode ser feito sem sair casa, bastando apenas ter um telefone, um computador com acesso à Internet e uma boa conexão com a web para poder facilitar o serviço.

    1- Como montar?

    É preciso ter uma equipe básica de três pessoas trabalhando juntas: um programador que pode ser também web designer, um administrador e um profissional de marketing. Assim, terá tudo para funcionar bem. O primeiro passo é desenvolver o site em si, que irá contar com o trabalho do designer para criar o layout do site, o visual e o programador que juntamente com a imagem, irá fazer o tal site funcionar.

    O site de compras coletivas precisa ter um sistema de ofertas, que funcione com uma ferramenta de postagem de texto bem semelhante a uma plataforma de blog. Depois é preciso uma área para o cliente cadastrar seus dados e assim poder efetuar pagamentos e imprimir o cupom da compra.

    Além disso, deve haver um sistema de compras, também conhecido como carrinho de compras em que o cliente irá ser direcionado para o pagamento da oferta escolhida. O valor do site varia de acordo com o profissional que o desenvolveu, mas pode custar de R$ 800 a R$ 2 mil, a ser entregue em pleno funcionamento.

    2- Como conseguir?

    O segredo deste modelo de empreendimento é sem dúvida o que está sendo ofertado e por isso, os sites de compras coletivas fazem tanto sucesso no Brasil. O trabalho de conseguir as ofertas será todo do profissional de marketing, o responsável por fazer o contato entre site e empresas para ofertar o serviço.

    Este processo funciona de forma simples: um dos empregados do site entra em contato com a empresa e oferece a possibilidade de anunciar o produto e vender por um preço reduzido, mas em grande quantidade, cobrando um percentual por venda.

    A cada venda o site pode lucrar 5, 10 ou 20 por cento, varia conforme o produto e o preço do item ofertado. O lucro do ofertador será na quantidade e por isso ele deve abaixar a sua margem de lucro para vender mais itens e o site não deve cobrar muito acima do valor para ficar atrativo para o cliente.

    O segredo é oferecer uma variedade de serviços e produtos que agradem aos clientes. São bons serviços para vender em sites de compras coletivas os voltados à estética como salão de beleza, massagens e descontos em academias de ginástica. Outra dica é a venda de produtos eletrônicos como celulares, tablets, notebooks e netbooks. Pacotes de viagens também vendem bem, bem como descontos em bares e restaurantes.

    Fonte: https://novonegocio.com.br/ideias-de-negocios/como-montar-um-site-de-compras-coletivas/

    • 0

Deixe uma resposta

Você precisa se logar para responder