Belen Cortez
  • 0
Novo na comunidade

Como iniciar una loja virtual de roupas para bebés?

  • 0
Como iniciar una loja virtual de roupas para bebés?

Perguntas relacionadas

4 Respostas

  1. Bom dia!

    Pergunta similar já havia sido respondida pela colega Thamires. Uma resposta completa, a qual vou compartilhar com você, já com minha solicitação de permissão dela:

    ¨Para se ter uma dimensão do setor, segundo a  IEMI Inteligência de Mercado – entidade especializada em estudos de mercado de vestuário – relatam que o vestuário infantil que incluem o vestuários dos bebês movimentou em cerca de R$ 53 bilhões em 2018. O mercado para bebês é muito amplo e tem crescido continuadamente. Uma das novas vertentes que este mercado apresenta são os produtos ecologicamente corretos. A preocupação com o meio-ambiente tem aumentado no Brasil e com isso a tendência em se adquirir produtos que se enquadrem nessa categoria.

    1- Analise as tendências do segmento

    Bebês e crianças adoram super-heróis e desenhos animados e, por esse motivo, é interessante que você conheça o personagem do momento — ou seja, qual é o popstar infantil que está fazendo sucesso na mídia. Se você não se atentar a detalhes como esses, certamente correrá um grande risco de perder uma boa quantidade de clientes.

    2- Esteja por dentro do mercado

    No Brasil, segundo o IBGE, nascem aproximadamente 5 bebês a cada minuto. Além disso, a maioria das famílias desses recém-nascidos gastam cerca de 5 mil reais apenas com o enxoval. Agora, pense você o quanto esse mercado se mantém em um crescimento constante. Esse dado é positivo e valioso para o seu negócio, mas lembre-se de manter os pés no chão.

    Estude o máximo de informações que você conseguir sobre o seu público. Vale pesquisar na internet, em sites que apresentem pesquisas confiáveis e verdadeiras, perguntar a outros lojistas que você conhece (concorrentes similares ou diretos) e consultar o máximo de profissionais que você puder, como administradores, contadores e analistas de mercado.

    3- Busque fornecedores dentro deste segmento

    Saiba quais serão os seus fornecedores para que você seja capaz de determinar os custos com o seu empreendimento e o seu investimento inicial. É importante saber que alguns fornecedores vão exigir um número mínimo de compra.

    O primeiro passo para escolher os seus fornecedores é procurar empresas que tenham objetivos e visão que estejam alinhados aos da sua própria loja. Assim, a relação comercial será bem mais fácil, uma vez que vocês terão pontos em comum em termos de negócio.

    4- Estruture o melhor modelo de estoque

    Algumas ferramentas podem ajudá-lo na gestão do seu estoque. O registro de itens é fundamental para que você conheça os produtos, podendo analisar a demanda e considerar as categorias. Uma planilha de controle de estoque começa pela documentação das características, preço, quantidades e volume armazenado. Portanto, você precisará usar uma identificação precisa para cada tipo de produto, como um código numérico, por exemplo.

    – Planilha de entrada e saída de materiais: o fluxo de entrada e de saída de materiais do inventário é outra dimensão do controle, afinal, diz respeito a controles de compras e vendas, além de itens como perdas;

    – Planilha de giro de estoque: a rotatividade ou o giro de estoque é um indicador que aponta o ritmo de renovação do inventário. Uma planilha como essa vai permitir que você calcule o tempo médio de permanência de cada produto nas prateleiras e a velocidade de renovação;

    – Sistema online de estoque: a tecnologia acaba tornando tudo mais fácil. Com um sistema de gestão integrado às diferentes áreas da empresa e ao estoque, você vai muito mais longe e bem mais rápido.

    5- Defina os métodos de pagamento

    Receber pagamentos é fundamental para manter a sua loja virtual funcionando de forma saudável. Dessa forma, o ideal é que você dê uma atenção especial a essa escolha. Há três formas de você receber pagamentos online: intermediadores de pagamentos, gateways de pagamento e integração direta com a adquirente.

    6- Crie uma logística

    A logística da sua loja virtual é imprescindível para o sucesso do seu negócio, uma vez que uma experiência ruim, sem dúvidas, marcará fortemente o cliente, fazendo com que ele não volte a comprar da sua marca. Por isso, é preciso dedicar tempo de planejamento para escolher o melhor modo de entrega da sua loja virtual. Existem duas maneiras de fazer isso: por meio dos Correios e por meio de transportadoras.

    7- Monte a sua loja virtual para bebê

    Para montar a sua loja virtual para bebê, você deve escolher uma plataforma de venda. Ela será a base da sua loja, ou seja, tudo o que você fizer estará apoiado nela. Portanto, é fundamental escolher uma plataforma flexível e de qualidade para que se consiga alterar as suas preferências e necessidades.

    Um dos primeiros itens que um consumidor sempre procura é a segurança do site — e isso é algo que não se pode deixar de lado. Afinal, é muito importante que as informações dos seus clientes estejam sempre protegidas. Para uma pessoa leiga, montar uma loja virtual para bebê pode parecer algo impossível de ser conquistado. Porém, depois de todo esse passo a passo que preparamos para você, percebe-se que não é uma tarefa tão difícil assim.

    Lembre-se de que um estudo feito pelo Sebrae apontou que o mercado de roupa infantil apresenta um crescimento médio de 6% ao ano. Então, vai uma dica para você: montar uma loja virtual de vestuário infantil é extremamente lucrativo.

    Sebrae possui uma ideia de negócio completa, com um guia detalhado sobre custos, pessoas, investimentos, divulgação, exigências legais, planejamento e outros sobre como montar uma uma loja de artigos para bebês.

    Acesse a Ideia de negócios em: https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias/como-montar-uma-loja-de-artigos-para-bebes,e4d87a51b9105410VgnVCM1000003b74010aRCRD

    Fonte: https://www.escoladeecommerce.com/artigos/oja-virtual-de-produtos-para-bebe/

    Vender na internet: conheça 10 dicas de sucesso.

    Conheça todas as etapas da venda virtual.

    Curso gratuito Como Vender pela Internet.

    Curso gratuito Como criar um site para sua empresa.

    Desejo-lhe sucesso!

    • 0
  2. Olá Belen

    Montar uma loja virtual é um processo que envolve uma série de passos que precisam ser muito bem alinhados para que o negócio realmente funcione.

    Por isso, recomento que acessem o link que estou indicando aqui, onde poderão ver um roteiro completo com o passo a passo para criar uma loja virtual. O link é https://www.cursodeecommerce.com.br/como-montar-uma-loja-virtual/

    Um grande abraço e sucesso!

    • 0
  3. Olá Belen

    Estou de volta aqui para te avisar que inclusive, em função da sua pergunta, publiquei recentemente aqui no Sebrae um artigo com todas as dicas para quem deseja vender pela Internet. Você poderá acessar este artigo através deste link https://respostas.sebrae.com.br/como-vender-pela-internet/

    Um grande abraço e sucesso!

    • 0
  4. Olá Belen

    A criação de um e-commerce envolve diversas etapas, como planejamento, escolha da plataforma, marketing digital, logística e atendimento.

    Para conhecer todas estas etapas e como implementá-las, sugiro que você leia o artigo Como Montar Uma Loja Virtual, onde você encontrará um roteiro completo sobre este assunto.

    • 0

Deixe uma resposta

Você precisa se logar para responder