Como escolher localização?

Pergunta

Boa tarde, estou abrindo uma pequena empresa de beneficiamento de castanha, minha principal atividade é o fornecimento para supermecados porém ainda não tenho um local ideal, qual seria um local mais apropriado para começar a trabalhar ?

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!
respondida 0
, , Gustavo Pismel 11 meses 2020-04-08T18:21:21-03:00 1 Resposta 166 visualizações Novo na comunidade 0

Resposta ( 1 )

  1. Boa tarde Gustavo. O público-alvo representa os potenciais clientes, ou seja, aqueles consumidores que podem ter interesse nas soluções apresentadas, vindo a se tornar clientes. Definir, entender e conhecer seus alvos são etapas necessárias para criar uma sinergia entre empresa e consumidor e, dessa forma, poder atender suas necessidades. O sucesso do negócio depende de sua localização. Mas, antes de decidir onde será a loja, é importante que o empreendedor esteja atento a questões como acessibilidade, número de concorrentes nas proximidades e condições de estacionamento. Algumas perguntas são norteadoras na hora de escolher o ponto comercial:

    – A loja é acessível aos clientes?

    – O local favorece a venda por impulso? Mesmo sem intenção de compra, os clientes sentem-se estimulados a comprar apenas ao ver o produto?
    – Qual o fluxo de pedestres no local?
    – A área em questão concentra mais atividades comerciais e/ou concorrentes?
    – Estacionamento é necessário?
    – O público-alvo tem acesso garantido à loja?

    A escolha do local precisa considerar a coerência entre os 4 P’s de marketing: ponto, produto, preço e propaganda.

    1- Pesquise o mercado

    Conhecer e entender o mercado lhe dará conhecimento para que você enxergue as oportunidades e as opções que seu público-alvo já tem acesso. Pesquise como a concorrência atua, como são seus produtos, os diferenciais, como é a forma de atendimento ao público, onde os funcionários estão presentes, quais canais de comunicação utilizam, a concentração geográfica do público e a forma de linguagem. Feiras e exposições são interessantes, pois reúnem a maioria das empresas do ramo e mostram como os consumidores se interessam pelas soluções.

    2- Converse com as pessoas interessadas

    Quando se tem o objetivo de definir o público-alvo, é muito importante fazer uma boa pesquisa com as pessoas, de forma a encontrar quem realmente pode se interessar pelos seus produtos ou serviços. Se você já tem um produto definido e quer conhecer as melhores formas de divulgá-lo, essa pesquisa vai ajudar bastante. O primeiro ponto é imaginar quem seriam os maiores beneficiados com o item criado. Então, você pode utilizar as redes sociais para encontrar esses grupos de pessoas e fazer contato.

    3- Crie grupos de segmentação

    Imagine que você desenvolveu um produto bom, que pode ser a solução para muitas pessoas. Para divulgá-lo, você observou que será necessário educar o mercado, mostrando as aplicações do produto e o que ele é capaz de proporcionar. Porém, você observou que dentro do seu público-alvo há consumidores que já têm esse conhecimento e que anseiam por conteúdo mais específico, para tirar dúvidas. Como então gerar materiais para esses dois grupos? O primeiro passo é realmente criar a segmentação. Ela pode ser pelo nível de conhecimento da solução proposta, como comentado acima, ou alguma outra característica, como idade, profissão, linguagem, etc.

    4- Defina a sua persona

    Apesar da definição do público-alvo ser extremamente importante para a eficiência de suas campanhas, só esse conhecimento não basta para aprofundar o conhecimento sobre os hábitos e costumes dos consumidores. Vamos usar um exemplo:

    Seu público-alvo corresponde a engenheiros de 30 a 40 anos que trabalham em grandes empresas, e cuja renda mensal varia de R$5.000,00 a R$15.000,00. Só com essas informações, você acha que é possível customizar suas campanhas de marketing para atingir esses consumidores? Provavelmente não. Mas e se formos mais a fundo? Seu alvo trabalha em uma empresa com chefes autoritários, que não aceitam novas propostas, e ele precisa mostrar dados concretos para gerar mudanças de pensamento e, assim, aplicar novas tendências.

    Ele tem muita facilidade com números e constrói relatórios convincentes; é casado, pai de um filho e quer alcançar uma posição de destaque na empresa para aumentar os seus vencimentos e conseguir comprar uma casa maior. Percebeu como a segunda definição foi mais específica e detalhada? Pois essa é a construção de uma persona, ou seja, a personificação de um cliente ideal.

    5- Conheça seu público ideal para otimizar suas ações

    Como vimos em nosso artigo, definir o público-alvo é uma etapa importante do planejamento de um negócio e possibilita a criação de estratégias mais eficientes a partir do conhecimento das características e interesses dos consumidores. Como parte do processo de definição, você deve pesquisar o mercado, conversar com as pessoas interessadas, criar grupos de segmentação e definir a persona. É importante que fique bem clara a definição de persona, que difere-se do público-alvo: ela traz informações mais específicas, que ajudarão nas tomadas de decisão.

    Como escolher a melhor localização para o seu negócio.

    Fonte: https://www.agenciainsideout.com/como-definir-seu-publico-alvo/

Deixe uma resposta

Desculpe, você não tem permissão para responder a esta pergunta.