Autônomos, da área da estética, sem MEI recebem auxílio?

Pergunta

Nas medidas econômicas mencionadas, não ouvi dizer como os profissionais autônomos ficam nessa situação em casa sem atendimento . Trabalho na área da estética e não tenho MEI, estou sendo prejudicada com essa situação. Do meu trabalho diário, eu tenho minha renda para sobreviver, sem ela eu não tenho outro recurso. Teremos algum apoio ?

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!
respondida 0
, , , , Géssica Gusmão 1 ano 2020-03-27T15:32:40-03:00 1 Resposta 493 visualizações Novo na comunidade 1

Resposta ( 1 )

  1. Essa resposta é editada.

    Prezada Gessica

    A Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei nº 9236/17, que estabelece o pagamento de um auxílio emergencial por três meses, no valor de R$ 600,00, a pessoas de baixa renda, incluindo MEI.

    Terá direito ao benefício quem preencher TODAS essas condições:

    – ser maior de 18 anos de idade;
    – não ter emprego formal;
    – não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família;
    – possuir renda familiar mensal por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00); e
    – não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70.

    A pessoa candidata deverá também cumprir UMA dessas condições:
    – exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI); ou
    – ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS); ou
    – ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico); ou
    – ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020.

    O Projeto de Lei nº 9236/17 ainda terá que ser aprovado pelo Senado para poder valer.

    Fique ligado no Sebrae para se manter atualizado. Acesse: sebrae.com.br

    Estar junto é mais do que estar perto. O Sebrae está com você! Conte conosco.

Deixe uma resposta

Desculpe, você não tem permissão para responder a esta pergunta.