Cadastrar

Entrar

Esqueceu a senha?

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por e-mail.

Desculpe!, Você precisa se logar para perguntar.

Você precisa se logar para postar no Blog

Pequenos negócios geram 47 mil empregos em janeiro

TrabalhoOs pequenos negócios foram os principais responsáveis pelo saldo positivo no mercado de trabalho brasileiro no mês de janeiro. As pequenas e micro empresas registraram um saldo líquido – descontadas as saídas no mês – de 47,7 mil novos empregos, enquanto que as médias e grandes empresas fecharam 19,3 mil vagas. Os dados fazem parte da análise feita mensalmente pelo Sebrae com base nas informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

O saldo positivo, considerando o registrado entre as empresas privadas e a Administração Pública (que criou 1,2 mil postos de trabalho), foi de 29,6 mil vagas em janeiro, superando em 2,4% os números do mesmo mês de 2013. “O resultado da criação de novas vagas mostra que os pequenos negócios respondem melhor e mais rapidamente às sinalizações do mercado consumidor interno”, afirma o presidente do Sebrae, Luiz Barretto.

O setor de Serviços contabilizou no primeiro mês do ano 29,4 mil novas vagas nas micro e pequenas empresas, puxado pelo segmento de Administração de Imóveis (19,1 mil postos). Já entre os pequenos negócios da Construção Civil foi computada a abertura de 25.935 postos no mesmo período. “A alta sazonal dos investimentos em infraestrutura durante o ano eleitoral, as concessões, as parcerias público-privadas e o aumento na quantidade de lançamentos imobiliários devem manter as contratações no setor de Construção Civil lá em cima este ano”, destaca o presidente do Sebrae.

Na Indústria da Transformação, as micro e pequenas empresas foram as responsáveis pela criação de 25.690 vagas. Os segmentos que registraram os maiores saldos líquidos foram o de Calçados (4.437), o de Mecânica (4.154) e o de Têxtil e Vestuário (3.930). O único setor a mostrar retração no saldo de empregos em janeiro foi o Comércio, por conta da readequação do quadro de pessoal e de ter passado o período de contratação de trabalhadores temporários para atender ao crescimento da demanda durante as festas de fim de ano. O estado de São Paulo criou 12.980 novas vagas no período, Santa Catarina, 11.043, e Paraná, 9.367 postos.

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

You must login to add a comment.

Posts relacionados