CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Pais ativos surpreendem consumindo e comentando mais

Pais ativos surpreendem consumindo e comentando mais

Pais 3Com a entrada cada vez maior de mães no mercado de trabalho, os pais vão se reposicionando e demonstrando uma participação mais ativa na vida dos filhos.

Muito mais que provedores, eles surpreendem como consumidores e comentaristas, com uma participação que se dá antes mesmo da prole vir ao mundo. Basta fazer uma breve busca pela internet com palavras como “pai”, “paternidade”, “filhos” para encontrar blogs nos quais pais de primeira viagem, ou não, compartilham a experiência de “paternar”.

O movimento abre excelentes oportunidades de segmentação de mercado para empreendedores e empresas. Especialmente porque a impressão que se tem é de que os produtos e serviços voltados ao mercado infantil ainda não se deram conta que esse comportamento de maior participação do pai já é uma realidade para milhares de famílias brasileiras.

Pesquisas têm demonstrado que são as mulheres que detém maior poder decisão na hora das compras. No entanto, os pais ativos vêm evidenciando de modo mais enfático os gostos e as suas opiniões quando se trata de bens que serão adquiridos para os filhos, reforçando o alerta de que tais comportamentos podem estar sendo ignorados pelo mercado.

De acordo com os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) relativos à Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, neste ano, 42,4% de mulheres estão ocupadas com trabalho e 57,6% de homens.  Ressalva-se, entretanto, que nem todos os homens não ocupados estão desempregados, mas estão, de fato, cuidando do lar e dos filhos.

No blog Pai de Primeira Viagem, Roberto Faria, publicitário e pai de primeira viagem compartilha com homens e mulheres como tem sido essa experiência desde o teste de gravidez. Ao falar de sua história, ele faz críticas e sugestões a uma série de produtos e serviços, o que, de certa forma, acaba servindo de referência para outros pais e mães que o acompanham.

Um concurso recente publicado na internet também fortalece a inferência de que o mercado está subestimando a presença dos pais na vida dos filhos desde tenra idade. A comunicação do concurso foi totalmente voltada para as mães, cujo propósito era selecionar os melhores depoimentos delas sobre o sling – produto utilizado para carregar os filhos junto ao corpo em segurança e com postura similar à época que estavam no ventre. O resultado foi que entre ganhadores, os dois primeiros classificados eram pais.

Em outro blog, também produzido por um pai nerd, que além de aproveitar a visibilidade do espaço para vender seguros, compartilha sua opinião sobre produtos e serviços, não se restringindo apenas a produtos infantis.  Por ter um filho com mais idade, ele cita, inclusive, suas experiências com novos produtos, como uma fritadeira.

As mudanças estão no ar

Em resumo, esses pais estão fazendo divulgação pela internet, favoráveis ou não, dos produtos e serviços que consomem.  e vale a pena saber o que eles estão falando. Afinal, a entrada das mulheres no mercado de trabalho é um caminho sem volta, assim como a participação crescente na vida dos filhos pelos homens.

Uma boa notícia é que, para saber um pouco mais sobre esse perfil masculino, não é necessário gastar muito dinheiro com pesquisas. Basta dedicar tempo para acompanhar os blogs. Veja algumas dicas:

 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae

Esse é o perfil institucional do Sebrae nessa comunidade. Quer saber mais sobre o Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas? Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/o_que_fazemos

Me siga