CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Otimizando seu site: O que saber para deixar sua loja virtual mais rápida

Otimizando seu site: O que saber para deixar sua loja virtual mais rápida

Antigamente as pessoas diziam que a pressa é inimiga da perfeição. Entretanto a relação entre velocidade e qualidade mudou de uns tempos para cá. Principalmente quando se trata de tecnologias e internet. Cada vez mais se exige sites mais rápidos.

Otimizar seu site vai diminui a taxa de rejeição e aumentar seus lucros. Mesmo com o aumento da banda larga no Brasil, as pessoas ainda não gostam de esperar mais que oito segundos e quando não são atendidos buscam em outros sites o que procuram. Por isso, você deve investir em um site mais rápido.

Existem outros dois fatores que forçam a otimização de sites: posicionamento no Google e o crescente do uso de redes de dados móveis como os smartphone e tablet. Ignorar estes fatores vai te fazer perder audiência e muito dinheiro.

Dicas valiosas para deixar o seu site mais rápido

*Lembre-se de contar sempre com um profissional para os ajustes nos códigos do site e em partes onde o painel de administrador não te possibilitar acesso.

1º Criar um layout limpo

É preciso ter muito cuidado na hora de criar o layout do seu site, ele pode atrair ou espantar seus internautas. É preciso deixa-lo com um visual limpo e objetivo. Seguindo esses passos o site não cansa o internauta e faz com que ele fique por mais tempo navegando.

2º Comprima tudo

Habilite o GZIP, todos os servidores têm esta opção. Agindo assim, você comprimi todo conteúdo de texto, os códigos HTML, CSS, JS e etc. Esta simples ação pode cortar até 50% do tráfego total, deixando o site mais rápido.

3º Retire trechos desnecessários do código do seu site

Manifique JavaScript e CSS, trata-se de deixar um arquivo mais leve, removendo trechos desnecessários para que o código rode mais rápido.

4º Comprima HTML

Outra ação é comprimir o código HTML. É só remover espaços, comentários, algumas aspas e fechar tags desnecessárias e você ainda economiza bytes.

5º Otimize suas imagens

As imagens costumam ser a parte mais pesada de uma página. Cuidar delas é muito importante na hora de otimizar site.

Recomendamos que reduza o peso de suas imagens. Esse processo é chamado de lossless, ou seja, uma otimização sem a perda de qualidade visual.

6º Não redimensione as imagens no HTML

Nunca deixe para diminuir a imagem através do width e o height do seu código HTML ou CSS.

Redimensione as imagens antes de inserir em seu site, com essa prática você ganhará em velocidade.

7º Junte os arquivos

A otimização de sites também passa por juntar os arquivos JavaScript. Quando um site tem muitos arquivos lincados separadamente, ele aumenta o número de requisições e isso faz com que demore para ele abrir por completo. O ideal é ter no máximo cinco arquivos. É mais rápido abrir um arquivo grande do que muitos pequenos. O ideal é não juntá-los manualmente e sim utilizar uma aplicação ou build time.

8º Coloque o arquivo CSS no topo e o JavaScript no fim

O CSS em baixo causa o efeito conhecido como FOUC – Flash of Unstyled Content. A página é renderizada sem estilo e, quando o CSS acaba de baixar, ela é redesenhada com o estilo. Isto faz com que a página comece a ser mostrada antes para o usuário, mas sem os elementos organizados, o usuário não tem muito o que fazer. Por isso é melhor colocar estes arquivos no topo.

Já o código JavaScript deve ser colocado no fim, logo antes de fechar o body. Assim, a otimização de sites é nítida. Colocá-lo antes do head por exemplo, como muitos o fazem, a espera para renderizar o site é de até cinco segundos e ainda pode deixar a página branca por mais de vinte segundos. Seguindo esta dica, a renderização não passa dos dez segundos.

9º Contrate uma boa hospedagem de sites

De nada adianta otimizar site e seguir as dicas acima, se você não contrata uma hospedagem de qualidade. Além de guardar as informações, a hospedagem processa os arquivos e entregam ao internauta. Se a conexão não for de qualidade, ele demora a entregar estes arquivos, o que irrita o usuário.

10º Use ferramentas de diagnóstico

Monitore suas páginas constantemente com ferramentas de diagnóstico. Um exemplo dessas ferramentas é o Google Analytics – essa ferramenta não pode faltar em seu site. Além de monitorar ações de visitantes, ela pode ser configurado para guardar estatísticas da velocidade do site.

Conhecendo esses fatores você pode ficar atento a possíveis problemas que podem afetar a velocidade do seu site e organizar ações e esforços para melhoria do seu ecommerce.

Acesse mais matérias e informações como essa em nossa seção “E-commerce”.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae

Esse é o perfil institucional do Sebrae nessa comunidade. Quer saber mais sobre o Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas? Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/o_que_fazemos

Me siga