Cadastrar

Entrar

Esqueceu a senha?

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por e-mail.

Desculpe!, Você precisa se logar para perguntar.

Você precisa se logar para postar no Blog

Os erros mais comuns ao abrir uma loja virtual

Os erros mais comuns ao abrir uma loja virtual

Abrir uma loja virtual é um dos primeiros e principais passos para os novos empreendedores entrarem no mercado. Esse processo é conhecido por uma série de desafios que deverão ser superados.

Tendo o controle de uma loja virtual, o empreendedor já alcança uma série de vantagens, como, por exemplo:

  • Colocar sua marca na maior rede de relacionamentos do mundo;
  • Ganhar notoriedade do público-alvo;
  • Ganha notoriedade da concorrência;
  • Fazer propaganda na plataforma de forma gratuita;
  • Entre outros.

No entanto, produzimos esse artigo para falar sobre os erros mais comuns cometidos por empreendedores que querem estabelecer suas lojas dentro da web. Gostou do assunto? Então siga conosco e confira. 

Loja virtual não é somente site próprio

Um erro muito comum que pudemos constatar, são os empreendedores acharem que abrir uma loja virtual é necessariamente ter que fazer um site. 

Existem as vantagens de ter uma plataforma própria para fazer vendas online, no entanto, suponhamos que você venda bisnaga de plástico, por exemplo, caso não tenha condições de financiar uma loja virtual, é possível fazer anúncios no Marketplace (facebook), Instagram e em muitos outros canais.

Diversos empreendedores trabalham somente com anúncios em plataformas de terceiros e a grande vantagem que você tem com isso, é aproveitar a publicidade que essas empresas fazem na web para converter as vendas de sua loja, sem que você precise fazer investimentos ou pagar tarifas absurdas para isso. 

Não fazer marketing

Em alguns casos o empreendedor pensa que basta colocar um produto com preço competitivo e informações detalhadas que será o suficiente para que os interessados o encontrem.

Ter um preço competitivo é fundamental, mas propagar o produto é o que aumenta os níveis de conversão. Logo, se você tem um excelente preço para batedeira industrial, por exemplo, é fundamental que o público consumidor saiba disso. Portanto, exponha nos sites, nos blogs, nas redes sociais, faça vídeos no Youtube e utilize todos os mecanismos do marketing comercial para vendê-lo. 

Não ter fornecedores consistentes

Todo empreendedor que não é o fabricante e está apresentando determinado produto na sua loja virtual, é importante conferir se o fornecedor pode suprir as necessidades da demanda do seu cliente. 

Esperar que o cliente compre para depois cancelar por falta de estoque, é um marketing muito negativo, pois além de deixar o cliente totalmente insatisfeito, gera reclamação online e compartilhamento do ocorrido boca a boca.

Por isso, se você está fazendo a venda de amplificador de som na sua loja virtual, constate se o seu fornecedor tem disponível para entregar ao seu cliente a quantidade finita que ele quiser. 

Não transformar a loja virtual em responsivo

Falamos há poucos das soluções de um empreendedor que anuncia em plataformas de terceiros, mas muitas vezes, o jovem empreendedor pode criar o seu próprio site de vendas e não tem problema nenhum nisso.

A não ser se o site de vendas não for responsivo para dispositivos móveis, pois aí se caracteriza um erro gravíssimo.

Portanto, veja se o seu site está respondendo adequadamente a resolução dos tablets e smartphones, caso não, contrate um web designer para realizar os ajustes de HTML e enquadrar sua plataforma na nova era digital.

Gostou do conteúdo desse texto? Então compartilhe essa ideia e nos siga para receber mais conteúdos do tipo. 

Este artigo foi escrito pela equipe do Soluções Industriais.

You must login to add a comment.

Posts relacionados