CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Os cuidados ao adquirir uma franquia virtual de baixo custo

Os cuidados ao adquirir uma franquia virtual de baixo custo

Baixo custo de investimento, possibilidade de retorno rápido e um
mercado que fatura bilhões de reais anualmente. Falando assim, esse modelo de
negócio se torna tentador aos olhos de novos empreendedores. No entanto,
tornar-se um franqueado desse tipo requer cuidados. É imprescindível que os
interessados pesquisem e questionem o tipo de suporte oferecido pelos
franqueadores. “Os cuidados e os riscos para se tornar um franqueado virtual são os mesmos
que em qualquer outro tipo de franquia,
por isso é essencial que o interessado tenha todos os detalhes necessários que
os auxiliem em sua tomada de decisão”, diz a advogada Melitha Novoa Prado.
Os franqueados virtuais precisam estar atentos a como se dará a
transferência de know-how para que os novos empreendedores não comecem a
trabalhar “no escuro”.
Ouça quem já tem
uma franquia virtual

Outra dica para fazer uma boa escolha
em termos de franquia virtual de baixo custo é conversar com membros da
mesma rede. “O novo franqueado virtual tem liberdade de conversar com os outros franqueados da rede e acesso a todo
know-how e tecnologia estabelecido pelo franqueador, através de processos e
ferramentas desenvolvidos pela rede”, afirma Melitha.
Para a advogada, os franqueadores têm
a responsabilidade de escolher bons parceiros.
Qual o perfil
esperado de um franqueado virtual
Afinidade com ferramentas de marketing online para ajudar na
divulgação de seu novo empreendimento é uma das principais qualidades que os
interessados devem ter. “O negócio tem mais chances de emplacar nas mãos de
pessoas que possuem um conhecimento mais técnico e profissional dos recursos
tecnológicos. A capacitação
é essencial.”, diz Camargo. As qualificações
ainda incluem o perfil de um empreendedor arrojado, que não tenha medo de
enfrentar novos desafios e esteja capacitado para trabalhar em um segmento
dinâmico, que se renova e inova a todo o momento. É por isso que a maioria dos
interessados em se tornar um franqueado virtual é formada por jovens
universitários já familiarizados com as novas tecnologias.
O mercado oferece muitas opções de franquias virtuais de baixo custo. Basta
você escolher o segmento que mais se adapta ao seu perfil e colocar a mão na
massa. 

Fonte: Empreendedor Online

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae