CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Olimpíadas 2016: oportunidades de negócios para 5 capitais

Olimpíadas 2016: oportunidades de negócios para 5 capitais

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 complementam a agenda dos megaeventos que se iniciam no Brasil a partir de 2013, quando ocorre a Copa das Confederações – integrante da Copa do Mundo da FIFA 2014. O fato mais relevante é que a Olimpíada, embora sediada na cidade no Rio de Janeiro, proporcionará um efeito integrador no País. Isso porque os jogos de futebol masculino e feminino ocorrerão em quatro cidades: Belo Horizonte, Brasília, Salvador e São Paulo.

O Rio de Janeiro e as outras quatro cidades onde os jogos olímpicos de futebol ocorrerão também são cidades-sede da Copa do Mundo. Por isso, a cooperação e a integração no planejamento de obras de infraestrutura e mobilidade urbana entre os Comitês Organizadores da Copa e do Rio 2016 são fundamentais, seja no nível técnico, seja nas discussões e troca de informações, sempre seguindo as orientações dos organizadores (FIFA e COI) e os interesses das representações públicas e privadas das cidades.

Essa mesma convergência é fundamental quando se avalia o universo de oportunidades que um e outro evento proporcionam ao País. As iniciativas que atenderão a demandas de investimentos para a Copa poderão ter na Olimpíada consistência que justifique decisões de fortalecer negócios existentes e ou programar novos investimentos.

Determinará o êxito das iniciativas a percepção empresarial sobre a contribuição de megaeventos desta natureza para o crescimento dos países que o sediam e as agendas econômicas em seu contexto conjuntural. Também é essencial observar o que motivou estas oportunidades e sob que pretexto. Esse é um dos caminhos para o tão desejado legado.

Caminhos de oportunidades das Olimpíadas

Serão 28 esportes olímpicos, sendo dois novos: o rúgbi e o golfe. Este último terá como local de realização uma área pública que, após os jogos, a população da cidade utilizará, ensejando a formação de novos talentos e significando oportunidades de ocupação e geração de renda.

A realização dos jogos envolverá 100 mil pessoas diretamente na organização, sendo 70 mil voluntários. Serão 10.500 atletas representando 205 nações. Nesta conta não entra os profissionais de imprensa, que também estarão trabalhando. Além disso, há os visitantes do país e de todos os cantos do mundo. Todo este volume de pessoas significa um efeito econômico ainda não dimensionado, mas que implicará em investimentos que impactarão positivamente a economia da cidade-sede e repercutirá em todo o País.

A repercussão ainda vai longe, pois pela primeira vez os Jogos Olímpicos acontecerão na América do Sul, é como se o evento pertencesse a todos os países do Cone Sul. Será um efeito de caráter integrador e que certamente provocará impacto socioeconômico e de orgulho para os povos.

Locais de Treinamento

Durante os jogos, as empresas de vários segmentos contratadas para atender às demandas dos jogos contratarão cerca de 35 mil colaboradores, além de mais 4 mil pessoas contratadas diretamente pelo Comitê Organizador.

Para perceber o quanto todo o País se beneficiará com os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos é só avaliar os efeitos determinados pelos Locais de Treinamentos Pré-Jogos, espaços onde as delegações das diversas modalidades se hospedarão e treinarão. Em todas as cinco regiões haverá locais de treinamentos, isto é, cerca de 140 locais de treinamento e hospedagem das delegações.

Os Locais de Treinamento Pré-Jogos equivalem aos Centros de Treinamento de Seleções, espaços onde se concentrarão os times que disputarão a Copa do Mundo da FIFA 2014.

Conheça esses locais de treinamento no site do Rio 2016.

Eventos pré-Olimpíadas e produtos oficiais

Em 2015, um ano antes dos jogos, cerca de 40 eventos acontecerão em todo o País. A maioria deles campeonatos mundiais oficiais das várias modalidades olímpicas. Estes eventos têm como objetivo testar as estruturas oficiais e aquelas que apoiarão as delegações. Guarda similaridade com a Copa das Confederações, que também é realizado um ano antes da Copa do Mundo.

Em breve, haverá o lançamento do programa de licenciamento de produtos oficiais, o que proporcionará oportunidades de negócios, inclusive para micro e pequenas empresas. O EI – Empreendedor Individual também será demandado, considerando o elenco de ocupações requerido pelos jogos.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário