Cadastrar

Entrar

Esqueceu a senha?

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por e-mail.

Desculpe!, Você precisa se logar para perguntar.

Você precisa se logar para postar no Blog

O futuro da telemedicina após a pandemia

O futuro da telemedicina após a pandemia

Uma modalidade que tem sido adotada e crescido muito, principalmente após o período de pandemia pelo coronavírus, é o teletrabalho, que consiste em um tipo de serviço que não é feito presencialmente. Muitas empresas adotaram esse estilo, que foi bem aceito pela maioria das pessoas, e alguns especialistas acreditam que no futuro esse tipo de trabalho seja ainda mais comum.

Devido à quarentena pela pandemia, o teletrabalho começou a ganhar espaço, pois as empresas, no intuito de proteger os seus funcionários, começaram a adotar essa modalidade para impedir a disseminação do vírus. Esse cenário fez com que as relações pessoais e profissionais mudassem, com diversos tipos de trabalho com essa modalidade, como a telemedicina, por exemplo.

A expansão da capacidade de cobertura das conexões trouxe uma facilidade para que o teletrabalho se disseminasse ainda mais, pois basta um computador com internet Wi-Fi no local que você pode trabalhar tranquilamente. Com o passar dos anos, essa tendência tende a aumentar, e o acesso à internet estará disponível para muitas pessoas.

Um exemplo que tem dado muito certo nessa modalidade é a telemedicina, que consiste em consultas médicas realizadas via chamada de vídeo. Em alguns países mais desenvolvidos, essa prática é mais comum, e aqui no Brasil tem se popularizado cada dia mais, sendo utilizada principalmente em convênios médicos.

Segundo uma pesquisa realizada pela Capterra e divulgada pelo portal Consumidor Moderno, os brasileiros gostaram desse tipo de consulta, e os que nunca utilizaram afirmaram que pretendem adotar para o futuro. Seis em cada dez pacientes entrevistados disseram utilizar e 55% dos entrevistados afirmaram já ter utilizado. A praticidade e a segurança é um dos motivos principais deste serviço ser tão bem aceito pelos brasileiros.

A aceleração mundial da telemedicina ocorre desde 2020 e passa a ser uma tendência de cenário que só irá aumentar. Para os profissionais médicos, foi necessário entender e estudar sobre tecnologias e comunicações para seus pacientes e para as pessoas entenderem como isso funciona na prática, principalmente para os mais velhos, que não estão acostumados.

Tanto pacientes, como médicos, se adaptaram bem às possibilidades que a telemedicina oferece, porém ainda possuem algumas questões que devem ser analisadas. O Ministério da Saúde deixou claro que essa modalidade de consulta só esteve disponível devido à pandemia, então ainda não está totalmente disseminada.

O futuro é animador e indica que a telemedicina possa ser regulamentada e permitida permanentemente como um recurso para todos. Trabalhando com essas ferramentas, é possível ter ganhos, credibilidade e confiança nas consultas em geral.

You must login to add a comment.

Posts relacionados