CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Novas tecnologias do setor de moda: implementação e gerência de e-commerce

Para conquistar um espaço cada vez maior nesse mercado existem algumas tendências que os empresários das micro e pequenas empresas (MPE) devem estar atentos, pois são essenciais para uma boa atuação no comércio eletrônico. Nesse contexto, este Boletim apresenta as novas propostas de melhorias trazidas pela tecnologia e algumas formas de gerenciar o e-commerce para ter sucesso no mundo virtual.

As oportunidades no e-commerce são somente uma das razões pelas quais as empresas estão construindo presença cada vez maior no meio digital. Elas devem considerar a estratégia de venda eletrônica móvel não apenas como um complemento às vendas do website e sim como um canal ativo. É previsto aumento da receita em 100% por ano nas vendas realizadas por dispositivos móveis.

No Brasil, essa nova forma de mercado ganha, cada vez mais, adeptos e aprovações, o que permite um crescimento acelerado dessa tecnologia no país. São mais de 51 milhões de brasileiros comprando, principalmente, eletrodomésticos e moda pela internet; sendo o Rio de Janeiro o 2º estado com mais receitas em e-commerce e 3º com maior taxa de conversão.

Acompanhe a seguir algumas ferramentas que podem lhe ajudar a ampliar e desenvolver o seu e-commerce:

  • iBeacon: ferramenta criada pela Apple, que substitui o antigo sistema Near Field Communication (NFC), usado na troca de informações entre dois dispositivos móveis sem contato. O NFC permite que seu smartphone funcione como um cartão de crédito, cartão de fidelidade e etc. O iBeacon possibilita que empresas ofereçam ofertas e promoções diretamente para o consumidor, desde que os mesmos já tenham o aplicativo da empresa baixado em seus aparelhos móveis. Ela é usada por empresas como Macy’s, American Eagle Outfitters e Timberland. O iBeacon também possibilita a interação entre o e-commerce e a loja física, pois os consumidores são lembrados dos seus looks favoritos vistos na loja e automaticamente redirecionados para o site ou para o aplicativo móvel da marca.
  • VMBeacon: possibilita que os manequins transmitam informações sobre as roupas que estão expostas para os consumidores, por meio dos smartphones dos clientes, enquanto eles passeiam pela loja física ou em frente à vitrine. Quando o cliente com o aplicativo estiver dentro da área de alcance do VMBeacon ele automaticamente recebe um alerta sobre as roupas e acessórios que o manequim está usando, além dos preços e de um link para que a compra também possa ser feita diretamente on-line, pelo site ou aplicativo da loja. A ferramenta também possibilita visualizar fotos e informações das peças e guardá-las para ver mais tarde ou mostrar para os amigos.
  • Tamanhos & provadores virtuais: Inovações que auxiliam o consumidor na escolha do tamanho certo: a Pesquisa de Grade de Tamanhos Virtual (2014) é um estudo que determina a medição do corpo com um BodyScanner, apresentando o melhor mix de tamanhos para cada região do país onde os produtos são vendidos. Esta pesquisa traçará um mapa da média de tamanhos para diferentes áreas do Brasil, de forma que uma loja virtual possa determinar que seu mix de produtos seja diferente para o Nordeste e para o Sul do país, por exemplo. Ferramentas como essa seriam de grande auxílio aos comerciantes online, já que 70% das roupas compradas virtualmente são devolvidas por problemas de tamanho.

Para saber mais, leia a matéria completa aqui e acompanhe outras como essa no Sebrae Mercados. Lá você irá encontrar sugestões dos nossos especialistas para inovar e impulsionar seu negócio, além de ficar por dentro das novidades do mercado de moda.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae