CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Negócios devem ser incomuns em 2010

As empresas devem acompanhar as mudanças culturais, apostando no inusitado, para se destacar no mercado.

Empresas devem abraçar a noção de cidadania e também se mover no ritmo das mudanças sociais e culturais

Estudar tendências significa olhar para frente, sair do dia-a-dia. Sua empresa precisa entender muito bem seu negócio e seu consumidor para correlacionar os comportamentos e transformá-los em tendência!

Todo ano é recheado de listas de tendências em diversos campos. Neste e nos próximos posts, detalharemos as tendências publicadas pela Trend Watching por serem relacionadas a consumo, ainda que não sejam aplicadas a todos os consumidores. A primeira tendência é sobre negócios incomuns.

Negócios incomuns

Esqueça a recessão! As mudanças sociais que dominarão 2010 começaram muito antes de nós temporariamente olharmos para elas. O capitalismo cruel saiu de moda antes da crise…

Em 2010, prepare-se para o ‘negócio como incomum’. Pela primeira vez, há uma compreensão global, se não um sentimento de urgência, que a sustentabilidade, em todos os sentidos possíveis da palavra, é o único caminho a seguir. Como isso deve ou não impactar nas sociedades de consumo é, naturalmente, parte de um debate acalorado, mas pelo menos há um debate.

Enquanto isso, em sociedades de consumo maduro, as empresas terão de fazer mais do que abraçar a noção de ser uma boa empresa cidadã. Para verdadeiramente prosperar, eles terão de ‘mover-se com a cultura’. Isto pode significar que devem exibir maior transparência e honestidade ou opor-se a uma forma de publicidade ou colaborar em vez de defender-se da mentalidade deles. Ou ainda, poderia ser sobre generosidade versus ganância ou sendo um pouco ousado invés de seguro e agradável.

Como sempre, o futuro é desigualmente distribuído: é só preciso um olhar nos Googles nos Amazons e nos Zappos e nos Virgins deste mundo para ter uma sensação de ‘negócio como incomum’. Portanto, não surpreende que as tendências apontem para fazer as coisas de forma diferente, impulsionado pela evolução das preferências e desejos dos consumidores.

É necessário tempo para estudar e aprender com as marcas que você acha que já estão espelhando uma atualidade mais diversificada, caótica, sociedade em rede e, em seguida superá-los.

Com informações de www.trendwatching.com
Tradução: Luciana Furtado

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae