CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

NÃO BASTA SER BONITINHO. TEM QUE TER CONTEÚDO

NÃO BASTA SER BONITINHO. TEM QUE TER CONTEÚDO

Por Thiago Borges

“Design de estética não gera resultado sozinho”. Essa é a fala de Sergio Barbi, diretor-executivo do escritório de design FRCH Brasil, que palestrou nesta quarta-feira (26/10) no Brazilian Retail Week, maior evento de varejo do País, que acontece em São Paulo.
Barbi aponta que não basta os varejista brasileiros se inspirarem em exemplos internacionais, com lojas bonitas, se não aplicarem a sua realidade quatro fatores do design que dá resultado de verdade – ou seja, que vai além da estética.
1.Beleza é fundamental: mas tem que ser mais que do que qualquer um. Steve Jobs entendeu isso e fez da Apple um ícone da moda. As lojas da fabricante falam com os produtos. Assim também acontece com a Tiffany, em que o luxo justifica o preço do quilate das joias comercializadas.
2.Eficiência: se o produto tem mais funções que seus similares, é na loja que o consumidor vai perceber isso. A loja de DVDs da Discovery vende descobertas, não só meros documentários.
3.Identidade própria: o consumidor percebe quando algo não soa verdadeiro. Por isso, sua marca tem que ter personalidade. A Harley-Davidson é tão querida que o pública faz tatuagens com seu logo. Já a Chilli Beans reflete sua força no jeitão dos colaboradores. Eles têm a cara da marca.
4.Turbine a competitividade: você pode ter todos os três atributos anteriores, mas precisa passar isso à frente. A Starbucks é vista como extensão da casa e do trabalho; a Apple conseguiu passar a mensagem de leveza do seu MacBookAir ao pendurar um exemplar num balão em uma vitrine.
Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae